Últimas

Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2007, 13h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EDUCAÇÃO

Diretores do Liceu e do Médici criticam o provão

    Os diretores das escolas estaduais Presidente Médici e Liceu Cuiabano se dizem indignados com a reportagem divulgada no Fantástico (Rede Globo) deste domingo em que as duas instituições foram consideradas as piores do país, a partir de um provão feito nas capitais - veja mais aqui. O caso ganhou repercussão e começa a suscitar debates sobre a qualidade do ensino público em Mato Grosso. Eles alegam que a aplicação das provas realizadas pelos repórteres da TV Centro América (afiliada a Rede Globo) foram "às escondidas".

   "Discordamos do resultado dessa prova. Eles (TVCA) deveriam terem pegos ao menos 10% dos alunos da nossa escola para poder divulgar esse resultado", critica o diretor do Presidente Médici, Aluísio Guimarães, ao informar que somente dois dos 4,8 mil alunos da instituição fizeram a prova. Dentro da tese segundo o qual o resultado deve ser questionado, o diretor observa que "os estudantes do Liceu Cuiabano selecionados para a prova estudam no período noturno, o que geralmente influencia no nível de aprendizagem".  "A maioria desses alunos trabalham durante o dia e o rendimento escolar acaba sendo inferior. Portanto, essas questões devem ser consideradas".

Rosaneide Sandes, secretária-adjunta de Políticas Educacionais da Seduc    Na tentativa de reverter a situação caótica, Aluísio, juntamente com os adolescentes que responderam aos questionamentos se reuniram nesta segunda (12) com as secretárias-adjuntas de Políticas Educacionais e de Recursos Humanos da Seduc, respectivamente, Rosaneide Sandes e Verinha Araújo. De acordo com Rosaneide, a pasta encaminhará um ofício à TV Centro América com o intuito de esclarecer os fatos. Ela afirma que o resultado do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica é de 3,6 pontos, o que coloca Mato Grosso próximo à média nacional de 3,8. "Nosso índice é consideravelmente bom, ou seja, dentro da média nacional", enfatiza Rosaneide.

   Logo cedo, o diretor encaminhou um nota ao secretário Ságuas Moraes, solicitando que divulgue os fatos oficiais a respeito da matéria. No documento, o diretor reclama que ninguém tinha conhecimento da prova e que os alunos foram abordados na portão da unidade escolar. A prova foi aplicada no escola Liceu Cuiabano, o que ele também julga incorreto. "Se os alunos são do Médici teriam que fazer a prova lá (no Médici) e não no Liceu", questiona. Nesse caso, foram escolhidas as duas maiores escolas do Estado. O Liceu é a segunda. Possui cerca de 1,8 mil alunos.

   Já a adjunta Verinha (PT), ex-deputada estadual, disse que "a Globo não tem condições para aplicar uma prova desse tipo". Reconhece, porém, que a Universidade Federal Fluminense, responsável pela elaboração do provão, é conceituda nacionalmente, mas entende que esses índices são insignificantes pela forma como foram coletados. "Temos dados oficiais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que possui uma metologia de trabalho especiliazada", contesta. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PAPA GREGÓRIO MAGNO HÁ SÉCULOS ATRÁS DIZIA:
    -SE DA NARRAÇÃO DE UM FATO VERDADEIRO RESULTAR ESCÂNDALO,É PREFERIVEL DEIXAR NASCER O ESCÂNDALO DO QUE RENUNCIAR A VERDADE.
    E HOJE A VERDADE É QUE TANTO A SOCIEDADE COMO UM TODO QUANTO O PODER PÚBLICO HÁ MUITO TRATA COM NEGLIGÊNCIA O PRINCIPAL INSUMO DE CIDADANIA QUE É A EDUCAÇÃO ,TANTO QUE VIROU CHACOTA NACIONAL O SENADOR CRISTOVAN BUARQUE QUE FOI CHAMADO DO HOMEM DE UMA NOTA SÓ POR DEFENDER UM PROGRAMA DE GOVERNO ATRELADO À EDUCAÇÃO DE QUALIDADE DURANTE A ÚLTIMA CAMPANHA PRESIDÊNCIAL.OS MEMBROS DO PT DÃO TANTO VALOR A EDUCAÇÃO QUE O PRESIDENTE LULA DESPEDIU ESTE GRANDE EDUCADOR POR TELEFONE PORQUE COMO MINISTRO DA EDUCAÇÃO TER COBRADO MAIS VERBA PARA SUA PASTA CONFORME PROMESSA DE CAMPANHA E DO PROGRAMA DO PT PARA A EDUCAÇÃO,SE NÃO BASTASSE O PRESIDENTE VÊM EM PÚBLICO DESESTIMULAR O JÁ COMBALIDO ENSINO COM A SEGUITE INDAGAÇÃO:
    -PARA QUÊ ESTUDAR SE ELE COM A QUARTA SÉRIE CHEGOU A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA!
    EM ESPECIAL AQUI EM MATO GROSSO VEJO QUE O AGUERRIDO SINTEP´SÓ ENTRA EM CENA NA ÉPOCA DAS CAMPANHAS ELEITORAIS PARA APOIAR A "COMPANHEIRADA" , PASSANDO ATÉ POR CIMA DOS INTERESSES DA MAIORIA DOS PROFESSORES DEIXANDO-OS REFÉM DA FALTA DE POLÍTICAS SÉRIAS VOLTADAS PARA A VALORIZAÇÃO DOS QUADROS E MELHORIA DO ENSINO ,ENCASTELANDO-SE NOS SEUS PRÓPRIOS DEVANEIOSA DE PODER A QUALQUER PREÇO,MESMO COM A MISÉRIA DO POVO POIS COMO EDUCADORES SABEM QUE A LIBERDADE DO HOMEM ESTÁ NO CONHECIMENTO QUE LHES TRARÁ DIAS MELHORES,TRABALHO DIGNO E NOS LEVAM A EXERCER A NOSSA CIDADANIA PLENA E NÃO NO ASSISTENCIALISMO BARATO ESCRAVIZADOR DE SONHOS .BASTA DE HIPOCRESIA EXERÇAM COM DIGNIDADE O SARCEDÓCIO QUE É SER MESTRE,EXEMPLOS NÃO FALTAM,GILBERTO FREIRE,CRISTOVAN BUARQUE,DARCIR RIBEIRO ENTRE TANTOS OUTROS INSIGNES PROFESSORES COMO OS SENHORES ,BASTAM, DESATRELAR A EDUCAÇÃO DA POLITICAGEM BARATA QUE OS LEVAM A ENGOLIR PASSIVAMENTE UM SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO SEM NENHUMA LIGAÇAO COM A ATIVIDADE FIM DE EDUCADOR.

  • Pedro Augusto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cinco meses e com dinheiro dá pra fazer muito, basta querer! Agora ficar fazendo reuniões do Sintep, CUT, e PT, não vão levar a nada! É aquela história: O PT quando está por baixo esperneia e quando está por cima não sabe o que fazer!

  • Regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    kkkkkkkkkkkkk...........
    Isso só pode ser uma piada e profundo mal gosto, criticar? Criticar o que? Só se for a péssima realidade caotica do Estado de Mato Grosso, sem saúde descente, sem segurança alguma e agora para o mundo inteiro ver, tcham tcham tcham.......com educação mascarada, tem escola, tem professor, tem até passe livre (pago pelo povo que não sonega imposto), gente tem a tá aluno, vcs acreditam??????? Só não tem desempenho, só não tem ensino que realmente funcione, só não tem ensino eficiente, só não tem ensino com eficácia, só não tem vergonha.
    Isso é triste, que futuro esse jovens vão ter??????
    Deve ser que serão os próximos a receber seguro desemprego, bolsa escola, bolsa familia, auxilio alimentação, auxilio gás, etc.....
    E agora, governador?? Quais as providencias emergenciais serão tomadas a cutíssimo prazo?

  • cesar Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    E O SINTEP?


    Onde está o SINTEP, Velho de guerra. Parece que ficou somente velho e deiixou de ser de guerra.

    As escolas estão caindo o pedaço, não existe políticas públicas voltadas para a educação e o SINTEP, através dos seus líderes, principalmente Maria Helena e Júlio, ficam calados, parecem até que acham o governo do Blairo e hoje do PT, o melhor do mundo.

    Tá hora do SINTEP fazer alguma coisa. Que faça logo!

  • zenildo de campos bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Li, com muita atenção aos comentários apresentados pelos meus amigos e sinceramente não vislumbrei nenhuma opinião que pudesse acrescentar algo de melhoria ao processo de ensino e aprendizagem. Educação é sim um ato político que culmina em uma abordagem de políticas públicas e quando falo em políticas públicas refiro-me a inclusão de investimentos no orçamento geral dos entes confederados. Educação como dizia Paulo Freire é um processo onde ninguém educa ninguém as pessoas se educam em comunhão, ou seja em casa, na igreja no sindicato na associação de moradores e sobretudo na internet. A escola apenas é uma etapa desse processo. A escola sim deve ser o norteador, ensinar o caminho, mas as pessoas é que devem se educar. Não conseguimos fazer uma pessoa parar com o seu vicio se ela mesma não demonstrar interesse de parar. Educação é a mesma coisa, não se pode forçar a barra com palmatória com palavrões etc, educação se faz com amor. O espaço físico de nossas escolas estão na sua maioria prejudicada mais o mais importante é que as capacitações entre os profissionais começam a acontecer e fará sim diferença a longo prazo. Sou professor da rede publica estadual do ensino médio e depois de 19 anos de magistério percebo a presença da secretaria de educação junto à escola e preocupada sim com a questão pedagógica coisas que não acontecia em outras épocas.

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A educação esta um caos, e nao é so aqui em MT. No Brasil inteiro... Nao existe mais disciplina, os alunos fazem o que querem, os diretores viraram politicos e nao agem com energia se nao perdem o voto dos alunos, funcionarios e prof. de diretores viraram gestores publicos. Os pais empurram os alunos para a escola e nao assumem responsabilidade alguma. O governo so quer saber dos resultados ou seja quantos foram aprovados? A secretaria so faz politicagem nas escolas, nao quer problemas. Tem alunos no segundo grau (ensino medio) que nao sabem nem escrever... A escola ciclada criada por FHC nao serve pra nada, a gestao democratica e de recursos acabaram com a proposta de ensino de verdade. Entao A seduc, a SME, o MEC bricam de fiscalizar e elaborar politicas pedagogicas. O professores vendo a falta de futuro brincam de ensinar... os alunos, a maioria nao quer saber de nada, brincam de aprender... e os pais brincam de "to nem ai com isso" ....e assim a escola publica esta cada vez pior. Querem botar a culpa pelo fracasso na Globo.

  • Thiago Nunues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa tal Verinha foi uma das maiores críticas da gestão Ana Carla Muniz. Sou professora da rede estadual e vi que Ana Carla trabalhava com seriedade, aplicando gestão de qualidade na educação do Estado e não apenas reformando escolas.

    Agora a Verinha viu o tanto que foi ruim ficar criticando e se ve na pele do leão. Acho que pra ela aprender e não ficar fazendo apenas politicagem.

    Vai trabalhar, verinha!

  • Carlino Neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Verinha.. você só criticava a educação do estado.. Agora tá ai, tentando fazer com que MT melhore um pouco..

    "3,6 é bom.. é quase na media nacional de 3,8."

    É o fim mesmo hein Verinha.. Quero ver que atos os PTistas da educação vão tomar..

  • Geraldo Fava | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PT vive um dilema, pois a vida toda só fez criticas e agora que tem a responsabilidade de mudar as coisas, continua criticando. No tempo da Secretária Ana Carla Muniz o Sintep não saia da porta da secretaria, criticando, ameaçando, denunciando, etc...
    Agora a secretaria é deles e o que é que eles estão fazendo pra mudar as coisas. Nada.
    Mato Grosso foi notícia nacional mais uma vez, apresentando no Fantástico as duas piores escolas do Brasil.
    PT a bola esta com voces, se não sabem fazer desocupem o cargo.

  • Pedro Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Estado deve processar a Rede Globo, por estar defamando Mato Grosso, aqui nós temos os melhores sários pagos aos professores no Continente Americano, temos as melhores Escolas do Mundo até o Simtep apoia o Governo, então oque o programa Fantastico fez é por que a Rede Globo não gosta de Cuiabanos quem realmente gosta dos Cuiabanos é a Gauxada esse povo adora Cuiabá, aqui em Cuiabá o Governo investe massisamente na segurança, na educação, na saúde, no laser. Esse prefeitinho Wilson Santos Reclama é de barriga cheia, as pesquisas estão ai para demonstrarem a verdade, Blario maggi aparecem com mais de 80% de aprovação em todo o Estado, se o povo aprova o que que a rede Globo quer falar mau

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...