Últimas

Quinta-Feira, 13 de Março de 2008, 09h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VARIEDADES

Dirigentes de consórcios discutem plano de ação

   A partir do dia 11 de abril as patrulhas rodoviárias estarão à disposição dos consórcios públicos de Mato Grosso e poderão ser levadas para o município sede do consórcio. Para discutir a entrega, o deslocamento, a manutenção e principalmente o funcionamento das patrulhas rodoviárias, o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, José Aparecido dos Santos, se reunirá no dia 3 de abril om presidentes e representantes dos 15 Consórcios Intermunicipais do Estado. Segundo Cidinho, o objetivo da reunião é  esclarecer as dúvidas dos prefeitos sobre o processo pós-entrega das máquinas. “Os prefeitos precisam ser informados sobre todas as etapas, desde a entrega ao funcionamento  das patrulhas”, ponderou.

    Depois da entrega dos equipamentos os consórcios darão início ao Plano de Ação 100 dias, sugerido pelo Governo. “Daremos prioridade aos trechos mais críticos e faremos um roteiro inteligente e otimizado por onde as patrulhas terão que passar. Além disso, a AMM está oferecendo um curso para os funcionários que irão operar as máquinas das patrulhas e está dando todo aporte técnico e jurídico aos municípios”, destacou o presidente da AMM.

    Um dos principais questionamentos dos prefeitos é sobre a contratação da mão-de-obra que irá trabalhar nas patrulhas. Sobre isso o presidente explicou que já foi realizada uma licitação, via AMM e Sinfra, para a contratação de uma empresa prestadora de serviço. Duas empresas ofereceram os melhores preços e venceram a licitação. “Os consórcios têm duas opções: podem contratar uma das empresas ou realizar uma nova licitação no próprio município. Se optarem pela terceirização, podem, ainda, indicar os funcionários que serão contratados”, explica.

    Outra dúvida dos prefeitos é sobre a distribuição do combustível. Cidinho explicou que o óleo diesel, que vai mover as máquinas, estará disponível na próxima semana. Cada equipamento será entregue com um cartão combustível e o abastecimento será feito nos postos conveniados ao Governo do Estado. ”Caso a prefeitura use uma máquina do município na conservação de estradas estaduais receberá um valor extra para o pagamento do combustível”, afirma.

    Segundo o prefeito de Paranaíta e presidente do Consórcio Vale do Teles Pires, Pedro Alcântara, os municípios membros do consórcio decidiram contratar os serviços da empresa terceirizada. Eles, inclusive, já definiram quais são os funcionários que serão contratados pela empresa. “Nós não temos condições de arcar com os gastos gerados pelas contratações. Por isso decidimos pela terceirização”, declara.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Extremista vai ter que se explicar na PF

Marcelo Stachin 400   O barulhento militante de extrema-direita Marcelo Stachin (foto) tem perdido o palco desde que teve um pífio desempenho nas urnas e acabou com apenas 0,8% dos votos para prefeito de Sinop. Em sua busca incessante por aparecer, o bolsonarista, que é investigado pelo STF por espalhar fake news, decidiu ironizar e...

Prefeitos, MPE e afastamento do cargo

jose antonio borges 400 Prefeitos de MT que descumprirem as diretrizes do decreto estadual que impôs o toque de recolher em todo o território podem até mesmo ser afastados do cargo. O alerta é do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira (foto), e reforçada pelo procurador Domingos...

Prefeito se rebela e é enquadrado

vander masson 400 curtinha O prefeito de Tangará da Serra Vander Masson (foto), do PSDB, bem que quis ser rebelde, mas acabou enquadrado pelo MPE. Vander fez um decreto mais ameno que o do governo do Estado, impondo toque de recolher a partir das 23h, mas teve de recuar após ser notificado pelo MPE. Nas redes sociais, para evitar desgaste com...

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...