Últimas

Sexta-Feira, 09 de Maio de 2008, 13h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CONFRONTO

Divergência sobre apoio provoca racha no PDT

 Executiva estadual intervém, baixa regra e tira autonomia do Municipal quanto as negociações sobre aliança na Capital

   As divergências sobre o futuro do PDT em Cuiabá levaram a um racha entre os diretórios municipal e estadual. Uma reunião nesta sexta, entre as executivas regional e municipal junto com os pré-candidatos a vereador, resultou numa deliberação em que a Regional chama para si a responsabilidade sobre composições políticas na Capital. Com isso, exclui-se das negociações o diretório municipal, sob Mário Márcio Torres, que tem ligações "íntimas" com o prefeito Wilson Santos (PSDB) e estava levando o PDT para os braços do tucano em troca de cargos.

  O regional tomou essa decisão porque o municipal se rebelou contra uma comissão criada em consenso pelos dois diretórios. Era composta por 2 representantes dos 32 pré-candidatos a vereador, por 2 do municipal e outros 2 do regional. O tesoureiro do PDT regional, Rodrigo Rodrigues, explica que essa comissão teria como incumbência fazer as "negociações" com Santos, bem como detectar qual o espaço o PDT teria no governo tucano e ainda discutir sobre as estruturas de campanha que seriam dadas aos pré-candidatos a uma vaga no Legislativo.

   A primeira reunião se deu na última quarta (7). Um dia depois, porém, os dirigentes municipais se reuniram e destituíram essa comissão. "Eles (do municipal) disseram aos pré-candidatos a vereador que quem não obedecer as novas regras estava proibido de se candidatar", conta Rodrigues. Decidiram por si que somente o municipal iria definir a quem a sigla pedetista declaria apoio nas eleições. Há 3 caminhos: aderir ao projeto de reeleição de Santos, selar aliança com o PSB do pré-candidato Valtenir Pereira ou cair nos braços do empresário Mauro Mendes, "prefeiturável" do PR.

   A decisão de destituir a comissão acabou provocando racha. Agora, o regional impõe as regras, sufocando o municipal. Com isso, aumenta a chance do PDT, que já estava praticamente definido por aliança com o prefeito, se aliar a Mendes. Segundo Rodrigo Rodrigues, o diretório estadual deve se reunir, de novo, nesta sexta para discutir o assunto e dar andamento ao processo. (Pollyana Araújo)

(Às 17h05) - Direção do PDT volta a acionar Valtenir

Otaviano Pivetta, presidente estadual do PDT  O presidente regional do PDT, deputado Otaviano Pivetta, telefonou nesta sexta para o deputado federal Valtenir Pereira, pré-candidato a prefeito da Capital pelo PSB. Ambos marcaram reunião para a próxima semana. Vão reatar as conversações sobre alianças em Cuiabá. Sob influência de Pivetta, a legenda pedetista foi tirada do "colo" do prefeito Wilson Santos (PSDB), que já comemorava a conquista do apoio do partido. A tendência do PDT se fechar apoio a Valtenir, não com propósito de ganhar o Palácio Alencastro, mas para enfraquecer o projeto de reeleição do prefeito tucano e empurra a disputa para o segundo turno. O clima continua de racha na agremiação pedetista.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Marcos Santana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Gilmar falou tudo, TEM QUE ACABAR COM O INSTITUTO DA REELEIÇÃO, e aí acabava essa palhaçada de bargaNHAR tudo em especial cargos (E isso se chama vender partido). Esse pessoal que faz isso tinha que ter conciência e saber o que ser politico (ficam querendo esconder suas facetas na sombra de BRIZOLA e outros históricos)...

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O deputado Otaviano, deve ter ficado sozinho ou está se sentido abandonado, pois fazer uma união com o deputado Valtenir,cidadão que nada tem em comum com ele, que não o admira e nem aceita a sua fortuna e o seu modo de fazer politica, é no minimo insensatez e desnorteamento.
    Gosto e admiro Otaviano Piveta, como lutador que é, pela sua própria história, embora resalvando alguns fatos.

  • Lima Antônio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo o respeito, mas o Pivetta é uma PIADA! Um político provinciano, que em nada tem a ver com o PDT e usa de práticas coronelistas para coibir a democracia.

    O Partido do Pivetta era pra ser o DEMOcratas ou PP. Não um partido de esquerda.

    Coitado...

  • Cuiabano Ligado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero Parabenisar o diretorio regional (Piveta), por colocar redeas nesse Mario Marcio (maluco por cargos publicos)Torres, de querer alugar o PDT para o prefeito Wilson.

    Esse camarada é profissional e materia de quere se dar bem sem olhar a quem, e não quer nem saber quanto tempo ainda resta o mandato do atual prefeito, ou seja falta só oito meses, mas vamos pegar o cargo pra nós.

    Para de ser olho grande (vc ja viu o olho dele..cepa de olhão), Mario Marcio, vai trabalhar em prol do do seu PDT e pare de fazer besteiras, faça uma coligação com qualque partido mas com criterios pensando no futuro de Cuiaba e não no seu futuro.

  • jose vicente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A comissão provisoria do diretorio regional não tem REPRESENTATIVIDADE Para intervir em qualquer diretório municipal de matogrosso principalmente no diretorio da capital que agrega o maior Nº de filiados e possui uma HISTORIA de participação democratica e nunca utilizou de artificios que não representa-se a filosofia idiologica do partido.

    O PDT MUNICIPAL e livre, este por ser eleito pelo voto de seus filiados e não por uma comissão provisoria que siga interesses escusos.

  • roni | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nos do PDT não vamos nos curvar a uma executiva de (11) membros que muitos deles não possui Historia nem filiados estão no partido, o PDT não pode esta do lado da devastação da AMAZONIA, inclusive esse tesoureiro RODRIGO RODRIGUES LIMA que não e filiado vai ter que prestar conta com a justiça federal do fundo partidario e outra ele foi BARRADO PELA ABIN na indicação de delegado do TRT/MT, que moral ele tem para intrvir no glorioso PDT.

  • Robério Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aos blogueiros e amigos do RD News...


    Como o espaço da RD News é democrático e abrange opiniões das mais variadas matizes políticas, quero externar aqui a minha cota de colaboração, no sentido de elucidar os fatos.

    Mais uma vez, ao invés de desrespeitarem as instâncias partidárias, tentam, de uma vez só, tensionar a vida partidária, usasndo-se da RD News e de outros canais midiáticos para promoverem a política com p minúsculo.

    A política que poderia ser a arma de transformação torna-se, a cada dia, desacreditada, por conta de gente sem comprometimento estatutário com o PDT, como o Sr Rodrigo Rodrigues, notório quadro político a mando do Dep Est Otaviano Pivetta - um antibrizolista nato e quadro inconsteste da UDR, com o apoio do poder econômico e de amplos setores organizados da mídia matogrossense.

    O Diretório Municipal da Capital, devidamente eleito, junto com o conjunto de pré-candidatos, escolheram, de forma esmagadora, Wilson Santos, com 27 votos, contra 3 abstenções (dentre elas, de Toninho de Souza), e um apenas a favor do Valtenir. No entanto, a Comissão Provisória Estadual sequer tem competência para indicar isso.

    E no entanto, em práticas golpistas, à contramão do Estatuto do PDT, presente nos Arts 12, 13, 33 a 36, a Comissão Provisória Estadual, que mal tem status de Diretório (Ver Art. 16) tenta, a todo custo, amealhar o processo, tão bem definido no IV Congresso Nacional do PDT (18 a 20 de abril de 2008) - onde as cidades com 200 mil eleitores teriam as alianças fechadas com a Direção Nacional, em consonância com a orientação da Direção Municipal.

    Logo, se alguém está errado neste processo, é o grupo do Dep Est Otaviano Pivetta - deputado este que nem apareceu no IV Congresso (tamanho interesse pelos rumos político-ideológicos do Partido) e indicou, dentre os delegados de MT, dois de dupla filiação (Rodrigo Rodrigues, PDT/PTB e Jurandir Francisco, PDT/PPS).

    Creio que a RD News, em um espaço democrático, pode muito bem, usando-se do direito ao contraditório, veicular a minha mensagem. O que me assusta neste blog é que, em nenhum momento o Mário Márcio Torres, como Presidente devidamente eleito da Direção Municipal do PDT, juntamente com outros membros da direção (Samir Ribeiro, Aurélio Augusto, Dito Labamba...) sequer foram consultados, o que faz me levar a crer (me perdoe, mas é a constatação mais honesta e pura que a RD News tem sido parcial demais na sua análise política).

    Se a RD News, em defesa da sociedade matogrossense, tivesse o zelo da imparcialidade (ainda que mínima) não enfatizaria tanto o apoio Valtenir/Pivetta, tensionando as instâncias internas do Partido - e tendo, depois de explicar, a contragosto, o porquê da ampla maioria dos pré-candidatos fecharem democraticamente com o Wilson Santos.

    Caro Romilson Dourados e amigos blogueiros... longe do Pivetta, o PDT, desde os idos do antigo PTB de Vargas, Jango, Brizola e Fernando Ferrari), nunca compactuou com golpes - seja de que ordem for (inclusive com a Camanha da Legalidade em 1961, sustando um suposto golpe militar). E não será com isso que o PDT de Cuiabá repetirá tal gesto, ao desonrar a bandeira da democracia trabalhista. E se tem algo que o Pivetta e o Rodrigo Rodrigues não tem é o compromisso com a democracia partidária e com a história do Trabalhismo, ao coagir companheiros de luta e gente com mais estrada política que ele.


    Viva a Democracia!

  • Rafael Vitaliano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo respeito que é devido ao PDT, partido o qual o Prefeito Wilson Santos já militou e tem muito orgulho disso. Peço licença aos filiados e simpatizantes para externar minha opinião sobre o assunto.
    Não sou filiado ao PDT alias como muitos sabem sou do PSDB partido o qual faz muito gosto da coligação com o PDT, porém fico muito chateado com a estranha intervenção da Executiva Estadual nas decisões dos pré-candidatos que são totalmente legitimos em suas deliberações. São eles que puxarão votos para o partido, são alguns deles que representaram o partido na proxima legislatura, e muitos do PDT participam ou participaram da Gestão WS. Não quero desqualificar a Executiva Estadual mais salvo engano o unico que não concorda com a coligação é o Exmo Dep. Otaviano Piveta que já está maculado com o candidato do Governador. Ora Sr. Deputado, que prevaleça a vontade dos pré-candidatos, que prevaleça a vontade do diretorio municipal e de seu presidente Mario Marcio Torres que tem muita história de luta pelo partido de Vossa Exelencia. Imagina se a nacional intervir em suas vontades pessoais diga-se por sinal, deixe a democracia seguir seu rumo natural, sem macular ninguem, sem menosprezar ninguem, sem diminuir a importancia de qualquer Sr. Deputado, sei que não é cuiabano mais como é de costume de nosso linguajar, Deixa de DOCE! Abraços

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que pena, um grande Partido mas também fisiológico e o prefeito Wilson também conquistando aliados as custas do contribuinte só falta agora criar secretárias para atender interesses religiósos. O grande problema da reeleição é a barganha. Foi oque aconteceu com o Governador Maggi e o Presidente Lula se aliaram a politicos comprovadamente corruptos com inúmeros processos crimináis por improbidade administrativa e com muita influência nas istituições judiciáis,policiáis e fiscalizadoras . E o PT de Varzea Grande que coisa feia, tudo por cargos.

  • Mario Quida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como pedetista, embora membro do diretório municipal de Cáceres, me sinto no dever de comentar esta matéria. Pelo que acompanho na mídia o PDT Cuiabá decidiu quase à unanimidade apoiar o projeto do prefeito Wilson, então qual a razão desta intervenção?? Se o presidente municipal estivesse direcionando o partido contra a vontade dos pré candidatos essa intervenção se justificaria.. Mas se é consenso no diretório municipal o apoio ao prefeito esta intervenção se torna um absurdo, uma arbitrariedade inaceitável, um ato antidemocrático da cúpula estadual.. O que adianta empurar o PDT pro colo do PR se os candidatos a vereador continuarão pedindo votos ao Wilson Santos.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.