Últimas

Sexta-Feira, 09 de Maio de 2008, 13h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CONFRONTO

Divergência sobre apoio provoca racha no PDT

 Executiva estadual intervém, baixa regra e tira autonomia do Municipal quanto as negociações sobre aliança na Capital

   As divergências sobre o futuro do PDT em Cuiabá levaram a um racha entre os diretórios municipal e estadual. Uma reunião nesta sexta, entre as executivas regional e municipal junto com os pré-candidatos a vereador, resultou numa deliberação em que a Regional chama para si a responsabilidade sobre composições políticas na Capital. Com isso, exclui-se das negociações o diretório municipal, sob Mário Márcio Torres, que tem ligações "íntimas" com o prefeito Wilson Santos (PSDB) e estava levando o PDT para os braços do tucano em troca de cargos.

  O regional tomou essa decisão porque o municipal se rebelou contra uma comissão criada em consenso pelos dois diretórios. Era composta por 2 representantes dos 32 pré-candidatos a vereador, por 2 do municipal e outros 2 do regional. O tesoureiro do PDT regional, Rodrigo Rodrigues, explica que essa comissão teria como incumbência fazer as "negociações" com Santos, bem como detectar qual o espaço o PDT teria no governo tucano e ainda discutir sobre as estruturas de campanha que seriam dadas aos pré-candidatos a uma vaga no Legislativo.

   A primeira reunião se deu na última quarta (7). Um dia depois, porém, os dirigentes municipais se reuniram e destituíram essa comissão. "Eles (do municipal) disseram aos pré-candidatos a vereador que quem não obedecer as novas regras estava proibido de se candidatar", conta Rodrigues. Decidiram por si que somente o municipal iria definir a quem a sigla pedetista declaria apoio nas eleições. Há 3 caminhos: aderir ao projeto de reeleição de Santos, selar aliança com o PSB do pré-candidato Valtenir Pereira ou cair nos braços do empresário Mauro Mendes, "prefeiturável" do PR.

   A decisão de destituir a comissão acabou provocando racha. Agora, o regional impõe as regras, sufocando o municipal. Com isso, aumenta a chance do PDT, que já estava praticamente definido por aliança com o prefeito, se aliar a Mendes. Segundo Rodrigo Rodrigues, o diretório estadual deve se reunir, de novo, nesta sexta para discutir o assunto e dar andamento ao processo. (Pollyana Araújo)

(Às 17h05) - Direção do PDT volta a acionar Valtenir

Otaviano Pivetta, presidente estadual do PDT  O presidente regional do PDT, deputado Otaviano Pivetta, telefonou nesta sexta para o deputado federal Valtenir Pereira, pré-candidato a prefeito da Capital pelo PSB. Ambos marcaram reunião para a próxima semana. Vão reatar as conversações sobre alianças em Cuiabá. Sob influência de Pivetta, a legenda pedetista foi tirada do "colo" do prefeito Wilson Santos (PSDB), que já comemorava a conquista do apoio do partido. A tendência do PDT se fechar apoio a Valtenir, não com propósito de ganhar o Palácio Alencastro, mas para enfraquecer o projeto de reeleição do prefeito tucano e empurra a disputa para o segundo turno. O clima continua de racha na agremiação pedetista.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Marcos Santana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Gilmar falou tudo, TEM QUE ACABAR COM O INSTITUTO DA REELEIÇÃO, e aí acabava essa palhaçada de bargaNHAR tudo em especial cargos (E isso se chama vender partido). Esse pessoal que faz isso tinha que ter conciência e saber o que ser politico (ficam querendo esconder suas facetas na sombra de BRIZOLA e outros históricos)...

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O deputado Otaviano, deve ter ficado sozinho ou está se sentido abandonado, pois fazer uma união com o deputado Valtenir,cidadão que nada tem em comum com ele, que não o admira e nem aceita a sua fortuna e o seu modo de fazer politica, é no minimo insensatez e desnorteamento.
    Gosto e admiro Otaviano Piveta, como lutador que é, pela sua própria história, embora resalvando alguns fatos.

  • Lima Antônio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo o respeito, mas o Pivetta é uma PIADA! Um político provinciano, que em nada tem a ver com o PDT e usa de práticas coronelistas para coibir a democracia.

    O Partido do Pivetta era pra ser o DEMOcratas ou PP. Não um partido de esquerda.

    Coitado...

  • Cuiabano Ligado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero Parabenisar o diretorio regional (Piveta), por colocar redeas nesse Mario Marcio (maluco por cargos publicos)Torres, de querer alugar o PDT para o prefeito Wilson.

    Esse camarada é profissional e materia de quere se dar bem sem olhar a quem, e não quer nem saber quanto tempo ainda resta o mandato do atual prefeito, ou seja falta só oito meses, mas vamos pegar o cargo pra nós.

    Para de ser olho grande (vc ja viu o olho dele..cepa de olhão), Mario Marcio, vai trabalhar em prol do do seu PDT e pare de fazer besteiras, faça uma coligação com qualque partido mas com criterios pensando no futuro de Cuiaba e não no seu futuro.

  • jose vicente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A comissão provisoria do diretorio regional não tem REPRESENTATIVIDADE Para intervir em qualquer diretório municipal de matogrosso principalmente no diretorio da capital que agrega o maior Nº de filiados e possui uma HISTORIA de participação democratica e nunca utilizou de artificios que não representa-se a filosofia idiologica do partido.

    O PDT MUNICIPAL e livre, este por ser eleito pelo voto de seus filiados e não por uma comissão provisoria que siga interesses escusos.

  • roni | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nos do PDT não vamos nos curvar a uma executiva de (11) membros que muitos deles não possui Historia nem filiados estão no partido, o PDT não pode esta do lado da devastação da AMAZONIA, inclusive esse tesoureiro RODRIGO RODRIGUES LIMA que não e filiado vai ter que prestar conta com a justiça federal do fundo partidario e outra ele foi BARRADO PELA ABIN na indicação de delegado do TRT/MT, que moral ele tem para intrvir no glorioso PDT.

  • Robério Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aos blogueiros e amigos do RD News...


    Como o espaço da RD News é democrático e abrange opiniões das mais variadas matizes políticas, quero externar aqui a minha cota de colaboração, no sentido de elucidar os fatos.

    Mais uma vez, ao invés de desrespeitarem as instâncias partidárias, tentam, de uma vez só, tensionar a vida partidária, usasndo-se da RD News e de outros canais midiáticos para promoverem a política com p minúsculo.

    A política que poderia ser a arma de transformação torna-se, a cada dia, desacreditada, por conta de gente sem comprometimento estatutário com o PDT, como o Sr Rodrigo Rodrigues, notório quadro político a mando do Dep Est Otaviano Pivetta - um antibrizolista nato e quadro inconsteste da UDR, com o apoio do poder econômico e de amplos setores organizados da mídia matogrossense.

    O Diretório Municipal da Capital, devidamente eleito, junto com o conjunto de pré-candidatos, escolheram, de forma esmagadora, Wilson Santos, com 27 votos, contra 3 abstenções (dentre elas, de Toninho de Souza), e um apenas a favor do Valtenir. No entanto, a Comissão Provisória Estadual sequer tem competência para indicar isso.

    E no entanto, em práticas golpistas, à contramão do Estatuto do PDT, presente nos Arts 12, 13, 33 a 36, a Comissão Provisória Estadual, que mal tem status de Diretório (Ver Art. 16) tenta, a todo custo, amealhar o processo, tão bem definido no IV Congresso Nacional do PDT (18 a 20 de abril de 2008) - onde as cidades com 200 mil eleitores teriam as alianças fechadas com a Direção Nacional, em consonância com a orientação da Direção Municipal.

    Logo, se alguém está errado neste processo, é o grupo do Dep Est Otaviano Pivetta - deputado este que nem apareceu no IV Congresso (tamanho interesse pelos rumos político-ideológicos do Partido) e indicou, dentre os delegados de MT, dois de dupla filiação (Rodrigo Rodrigues, PDT/PTB e Jurandir Francisco, PDT/PPS).

    Creio que a RD News, em um espaço democrático, pode muito bem, usando-se do direito ao contraditório, veicular a minha mensagem. O que me assusta neste blog é que, em nenhum momento o Mário Márcio Torres, como Presidente devidamente eleito da Direção Municipal do PDT, juntamente com outros membros da direção (Samir Ribeiro, Aurélio Augusto, Dito Labamba...) sequer foram consultados, o que faz me levar a crer (me perdoe, mas é a constatação mais honesta e pura que a RD News tem sido parcial demais na sua análise política).

    Se a RD News, em defesa da sociedade matogrossense, tivesse o zelo da imparcialidade (ainda que mínima) não enfatizaria tanto o apoio Valtenir/Pivetta, tensionando as instâncias internas do Partido - e tendo, depois de explicar, a contragosto, o porquê da ampla maioria dos pré-candidatos fecharem democraticamente com o Wilson Santos.

    Caro Romilson Dourados e amigos blogueiros... longe do Pivetta, o PDT, desde os idos do antigo PTB de Vargas, Jango, Brizola e Fernando Ferrari), nunca compactuou com golpes - seja de que ordem for (inclusive com a Camanha da Legalidade em 1961, sustando um suposto golpe militar). E não será com isso que o PDT de Cuiabá repetirá tal gesto, ao desonrar a bandeira da democracia trabalhista. E se tem algo que o Pivetta e o Rodrigo Rodrigues não tem é o compromisso com a democracia partidária e com a história do Trabalhismo, ao coagir companheiros de luta e gente com mais estrada política que ele.


    Viva a Democracia!

  • Rafael Vitaliano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo respeito que é devido ao PDT, partido o qual o Prefeito Wilson Santos já militou e tem muito orgulho disso. Peço licença aos filiados e simpatizantes para externar minha opinião sobre o assunto.
    Não sou filiado ao PDT alias como muitos sabem sou do PSDB partido o qual faz muito gosto da coligação com o PDT, porém fico muito chateado com a estranha intervenção da Executiva Estadual nas decisões dos pré-candidatos que são totalmente legitimos em suas deliberações. São eles que puxarão votos para o partido, são alguns deles que representaram o partido na proxima legislatura, e muitos do PDT participam ou participaram da Gestão WS. Não quero desqualificar a Executiva Estadual mais salvo engano o unico que não concorda com a coligação é o Exmo Dep. Otaviano Piveta que já está maculado com o candidato do Governador. Ora Sr. Deputado, que prevaleça a vontade dos pré-candidatos, que prevaleça a vontade do diretorio municipal e de seu presidente Mario Marcio Torres que tem muita história de luta pelo partido de Vossa Exelencia. Imagina se a nacional intervir em suas vontades pessoais diga-se por sinal, deixe a democracia seguir seu rumo natural, sem macular ninguem, sem menosprezar ninguem, sem diminuir a importancia de qualquer Sr. Deputado, sei que não é cuiabano mais como é de costume de nosso linguajar, Deixa de DOCE! Abraços

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que pena, um grande Partido mas também fisiológico e o prefeito Wilson também conquistando aliados as custas do contribuinte só falta agora criar secretárias para atender interesses religiósos. O grande problema da reeleição é a barganha. Foi oque aconteceu com o Governador Maggi e o Presidente Lula se aliaram a politicos comprovadamente corruptos com inúmeros processos crimináis por improbidade administrativa e com muita influência nas istituições judiciáis,policiáis e fiscalizadoras . E o PT de Varzea Grande que coisa feia, tudo por cargos.

  • Mario Quida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como pedetista, embora membro do diretório municipal de Cáceres, me sinto no dever de comentar esta matéria. Pelo que acompanho na mídia o PDT Cuiabá decidiu quase à unanimidade apoiar o projeto do prefeito Wilson, então qual a razão desta intervenção?? Se o presidente municipal estivesse direcionando o partido contra a vontade dos pré candidatos essa intervenção se justificaria.. Mas se é consenso no diretório municipal o apoio ao prefeito esta intervenção se torna um absurdo, uma arbitrariedade inaceitável, um ato antidemocrático da cúpula estadual.. O que adianta empurar o PDT pro colo do PR se os candidatos a vereador continuarão pedindo votos ao Wilson Santos.

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...