Últimas

Domingo, 30 de Março de 2008, 18h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VARIEDADES

Do português e bororo nasce linguajar cuiabano


A Capital mato-grossense completa 289 anos no próximo dia 8

  Cuiabá completa no próximo dia 8 de abril 289 anos de emancipação político-administrativa. Faltam, portanto,apenas 11 anos para se chegar aos três séculos de fundação. Localizada no Centro Geodésico da América do Sul, a capital mato-grossense iniciou com a descoberta de ouro às margens do rio Coxipó, por bandeirantes paulistas, oriundos da região de Piracicaba, em busca de minerais preciosos e do índio para o trabalho escravo. A descoberta do metal precioso, às margens do lendário rio Coxipó, ensejou a fundação de Cuiabá, com o surgimento do "Arraial de Forquilha", denominação dada ao primeiro povoamento que daria origem à cidade.

   Diz a história que os bandeirantes formaram famílias na relação com os índios bororos. Esse contato convencionou chamar-se de cunhadismo, descrito por Darci Ribeiro como um velho costume indígena de incorporar estranhos a sua comunidade. Assim, o dialeto piracicabano, resultante do junção do português arcaico Tarandio com as línguas africanas e indígenas, que também é conhecida como dialeto caipira, passa a incorporar hábitos da família linguística bororo do tronco Macro-Jê, ao qual pertence a maioria das línguas faladas pelos povos indígenas de MT.

   Entre as caracterísitcas fonéticas dessa língua destaca-se a troca da consoante lateral "L" pelo "R". Assim, alguns dizem até que o falar cuiabano origina-se dessa interação de mistura fonológica entre o português e o bororo. Esse fenômeno consonantal cabe ser apresentado como traço do falar cuiabano e causava estranheza a quem chegasse de fora. Outro traço fonético que pode estar ligado ao bororo vem nas entonações feitas de forma enfáticas, com "encompridamento" das vogais tônicas, outra herança do povo bororo.

    Um vídeo com 9min56s resgata um pouco desse linguajar cuiabano, inclusive por meio de um personagem que se identifica com essa caricatura linguistica: o ator Liu Arruda (já falecido). Foi uma sugestão do leitor João Batista Araújo Barbosa.

           Clique no play e confira.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Pedro de Souza Gonçalves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    1
    0

    Muito interessante. Consegui entender um pouco desse complicado, complexo e problemático linguajar cuiabano

  • Gilmar Maldonado Roman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    1
    0

    Dois pontos a serem corrigidos: Os paulistas eram da região de Sorocaba e não Piracicaba como diz o texto. O linguajar cuiabano além dos fatores mencionados, também tem influencia do português arcaico, quanto a nasalização. Ex: coraçaó=coração, comunhaó=comunhão, perdaó=perdão.

  • caroço da pracinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    2
    0

    O LINGUAJAR PODE SER DO PORTUGUÊS E BORORO, NÃO VAI MUDAR NADA,PORQUE ORGULHAMOS DISSO, O IMPORTANTE É QUE CUIABÁ ESTÁ MARAVILHOSA, LINDAMENTE BELA, ORGULHO DOS CUIABANOS DE TCHAPA E CRUZ. PARABÉNS CIDADE DOS MEUS ANTEPASSADOS, DOS MEUS QUERIDOS PAIS, DOS MEUS IRMÃOS,DOS MEUS AMIGOS, MINHA CIDADE,MINHA HISTÓRIA,CIDADE DA TURMA A PRACINHA,QUE SAUDADE. F E L I Z A N I V E R S Á R I O J O V E M C U I A B Á.

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...