Últimas

Segunda-Feira, 19 de Março de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Dono de hospital particular assume Saúde na 4ª

Em 2 anos da gestão Santos, Maluf será o 5º secretário da pasta

   Dono do hospital privado Santa Rosa, o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) assume na quarta (21) a secretaria de Saúde de Cuiabá. Ele terá, entre tantos desafios, a missão de conter a ira da classe médica para com a administração Wilson Santos, atender parte das reivindicações e, assim, impedir novos movimentos grevistas e mostrar, na prática, que não dará privilégios a sua unidade hospitalar.

   O prefeito Wilson Santos assegura que o Santa Rosa não atende a pacientes do SUS. Na relação com a máquina pública municipal, descarta qualquer privilégio seja em relação à 'drenagem' de pacientes para a unidade privada, seja quanto à chamada contratualização de serviços pela tabela do SUS em algumas especialidades.

   Desde o ano passado, Santos vem mantendo conversações com Maluf no sentido deste integrar o primeiro escalão. Somente agora, depois de eleito deputado, ele aceitou o convite. A Saúde é um dos setores mais complexos, problemáticos e vem se transformando num dos grandes gargalos para os gestores da Capital.

   Nos oito anos de administração, o antecessor Roberto França (1996/2004) teve três secretários de Saúde. Começou com Benedito Cesarino, depois nomeou Bento Porto e, por fim, Luiz Soares. O atual prefeito, com dois anos à frente do Palácio Paiaguás, já vai nomear o quinto nome para comandar a pasta. Iniciou sua gestão, em janeiro de 2005, com Aray Carlos da Fonseca. Depois, passaram pela pasta Eugênia Carvalho, que assumiu interinamente, Elias Nogueira e, por fim, Olete Ventura, que está no cargo desde agosto do ano passado. Agora, o prefeito dará posse a Guilheme Maluf, que conduzirá um orçamento anual de R$ 173 milhões, incluindo todas as transferências constitucionais dos governos estadual e federal.

   Pronto-Socorro

   O maior 'pepino' da gestão pública da Capital não está nas cinco policlínicas ou nos 30 centros de saúde, muito menos nas 31 unidades do Programa Saúde da Família (PSF). Concentra-se no Hospital e Pronto-Socorro Municipal. Mesmo com um quadro de 249 médicos, incluindo todas especialidades, a reclamação por falta de atendimento no HPSMC é geral. Não consegue atender a demanda porque metade dos pacientes vêm de outros municípios. Os médicos criticam a falta de condições de trabalho e de medicamentos. A prefeitura, por sua vez, alega falta de recursos e cobra apoio do Estado e da União.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.