Últimas

Sábado, 22 de Março de 2008, 12h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Durante crise, MT mantém maquinário novo sem uso

Equipamento obtido pelo governo no fim de janeiro está exposto em Cuiabá

No Estado, 14 cidades estão com decretos de situação de emergência homologados ou em vistoria por conta dos efeitos da época de chuvas


RODRIGO VARGAS
DA AGÊNCIA FOLHA, EM CAMPO GRANDE

   O governo de Mato Grosso expõe há um mês, na principal avenida de Cuiabá, 132 máquinas de um lote de 212 equipamentos que foram comprados no fim de janeiro para o trabalho de recuperação de estradas não-pavimentadas do Estado. O lote teve custo de R$ 77 milhões e é anunciado no local com um outdoor, que afirma ser esta a "maior aquisição de máquinas da história".

   Enquanto isso, 14 cidades do Estado estão com decretos de situação de emergência homologados ou em vistoria por conta dos efeitos da temporada de chuvas, segundo a Defesa Civil. Os relatos são de estradas rompidas por trombas dágua, pontes destruídas, atoleiros e dificuldade de escoar a safra.
"As máquinas estão lá, fazendo propaganda. E, por aqui, ninguém sabe quando vai começar a ajuda", diz João Batista Sá (PMDB), prefeito de Torixoréu (a 560 km de Cuiabá). O município, que decretou estado de emergência em janeiro, teve sua situação homologada recentemente pela Defesa Civil.

    O governo diz que, antes de colocar a frota em atividade, precisa esperar a entrega de todo o maquinário. O prazo vence no dia 10 de abril.
As diferentes máquinas -caminhões basculantes, escavadeiras e motoniveladoras, principalmente- serão agrupadas em patrulhas mecanizadas e divididas entre 15 consórcios de municípios. "Ainda restam 80 unidades para completar os conjuntos. Não podemos entregar uma patrulha incompleta", diz Vilceu Marcheti, secretário de Infra-estrutura do governo Blairo Maggi (PR).

    Segundo ele, a manutenção das 132 máquinas em Cuiabá há mais de um mês não prejudica o atendimento de situações emergenciais. "Estamos com nossas equipes nos locais mais críticos. O fato é que se trata de uma época complicada."
Ele diz que as máquinas já entregues estão apenas estacionadas no terreno à beira da avenida por falta de local mais adequado -e não expostas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.