Últimas

Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2007, 00h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Éder pede trégua para não comprometer projeto

   O executivo Éder de Moraes Dias, coordenador do processo de renegociação das dívidas públicas do Estado, viaja nos próximos dias para o exterior. Desta vez  vai acompanhado do economista Vivaldo Lopes, também envolvido no projeto, que avança para se consolidar, já que recebeu aval do Ministério da Fazenda. Éder explica que a agenda estará focada exclusivamente nos investidores externos. Algumas instituições financeiras estão interessadas em "comprar" o passivo de quase R$ 5 bilhões do Estado de Mato Grosso para com a União, entre elas o Banco do Brasil, a Merrill Lynch, o Crédit Suísse e o USB Pactual. 

    Éder destaca que as negociações avançaram, mas prefere não antecipar detalhes e nem os próximos passos. "As últimas notícias sobre renegociação das dívidas não espelham a realidade dos fatos. Está havendo muita especulação. Então, peço que a imprensa tenha paciência. O processo é demorado, não acontece do dia para a noite", enfatiza.

   De acordo com o presidente da MT Fomento, caberá ao governador Blairo Maggi comentar o assunto e não os técnicos. "Cada coisa precisa ser colocada a seu tempo, sob pena de atrapalhar o processo", pondera Éder, ao enfatizar que as negociações institucionais vão revolucionar o mercado de capitais e é preciso agir sem alarde para viabilizar o projeto.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • MArcelo Vilas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador! cuiadado com esse Vivaldo Lope$ ele ajudou o Estado(Era Dante) e Municipio(Era Roberto França) a renegocial as dividas e deu no que deu!!
    Alem de deixar a Prefeitura inviabilizada de atrair recursos.
    "Não deixe a raposa cuidar do galinheiro"

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.