Últimas

Sexta-Feira, 24 de Abril de 2009, 11h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

EXPLICAÇÕES

Édio Martins nega pagamentos e diz que só contratava

   Quatro anos após o término do segundo turno das eleições municipais à Prefeitura de Cuiabá de 2004, aliados, militantes e empresários que prestaram serviços ao petista Alexandre César ainda não se livraram da "dor de cabeça". Frequentemente são questionados tanto pela justiça como pela imprensa sobre a suposta prática de Caixa 2 adotada pelo PT, além de passar pelo constrangimento de ter os nomes veiculados nos documentos em que constam gastos de campanha não declarados à Justiça Eleitoral. Presidente da União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairros (Ucamb), Édio Martins de Souza assinou um recibo comercial de R$ 18,85 mil, datado de 9 de novembro de 2004. O aliado de Édio, Vanderley da Rocha, o Buda, também assina recebido de R$ 2,1 mil. Os documentos apontam que Édio seria responsável pelo pagamento de militantes - saiba mais aqui .

   Indagado nesta sexta (24) pelo RDNews sobre o assunto, Édio disse que assumiu a Coordenadoria Comunitária do Comitê de Campanha de Alexandre César somente no segundo turnos das eleições. Na primeira fase do pleito, ele apoiou o o então candidato do PPS, deputado Sérgio Ricardo, que ficou em terceiro lugar. "Foi um trabalho voluntário, nunca ganhei nada", afirmou. O líder comunitário alegou que apenas contratava cabos eleitorais, que firmavam contrato de prestação de serviço com o comitê, mas negou o repasse de dinheiro. "Não me lembro de ter feito qualquer tipo de pagamento a cabo eleitoral, eu apenas contratava. Os pagamentos só eram feitos pela coordenadoria financeira e eu tinha pouco contato com funcionários deste setor", argumentou. Édio disse que, após o segundo turno, foi procurado por cabos eleitorais que não haviam recebido do partido. "Fiquei chateado porque assumi uma responsabilidade com estas pessoas. Mas, depois do tumulto, eles finalmente (membros da coordenação financeira) pagaram todo mundo", relatou.

   Filiado no PP, Édio comanda o movimento comunitáiro cuiabano e tem militância partidária. A Ucamb foi fundada há 28 anos. O progressista chegou a cogitar candidatura a vereador por Cuiabá no ano passado, mas mudou de idéia após o governador Blairo Maggi (PR) doar uma sede à Ucamb - veja mais aqui. "Por respeito ao governador, retirei minha candidatura para apoiar o Mauro Mendes", explicou. Ele faz questão de frisar que a Ucamb nunca foi contemplada com cargos na Prefeitura de Cuiabá. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Paulo Cesar Camargo Ramos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Os trabalhos em prol de uma politica séria e de acreditar em proposta em um país capitalista, os lideres comunitários é obrigado a se expor na função de coordenar certas campanhas, chamando a responsáblidade para si, o verdadeiro líder é nas horas dificeis que se destaca com personalidade, transparencia, honestidade e competência, e isso o Presidente da Ucamb, Sr. Édio Martins tem e nós lideres comunitários somos testemunhas do trabalho prestado para nossa sociedade em especial ao movimento comunitário de Cuiabá-MT.

    Paulo Cesar Gatão
    Presidente do Bairro Cidade Alta

  • Leandro Marcos da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Édio é o líder comunitário do Blairo Maggi,prega transparência e honestidade e agora taí envolvido nessa vergonhosa história do caixa 2.Não levanta uma bandeira em defesa do povo cuiabano,senão vejamos:nunca falou contra o ICMS que incide sobre a conta de energia elétrica;nunca reclamou da violência que toma conta o Estado;nunca questionou o desmatamento praticado em MT;não reclama da situação da educação esatadual,que não consegue aprovar um aluno da UFMT;não reclama da saúde do estado,que não possui um hospital de urgência e emergência na capital(por sinal a única do país onde isso acontece);não reclama e não reivindica nada.
    Agora sua máscara caiu,o movimento comunitário sério tem que tomar providências.

  • Juca do Dom Aquino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...