Últimas

Quinta-Feira, 04 de Dezembro de 2008, 14h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA DE CUIABÁ

Edivá e Enelinda trocam farpas durante sessão

   O clima entre a bancada petista e o vereador tucano Edivá Alves esquentou na sessão desta quinta (4). A discussão ainda gira em torno do projeto de lei de Edivá que pretende retirar a obrigatoriedade de fechamento do comércio em Cuiabá nos feriados. Ocorre que representantes dos trabalhadores do comércio da Capital são contra a proposta, pois poderiam ser obrigados por seus empregadores a trabalhar nos feriados. A vereadora Enelinda Scala (PT), reprovada à reeleição, subiu à tribuna para afirmar que o colega tucano estava equivocado ao dizer que a lei federal (que já permite o funcionamento do comércio em algumas situações) é de autoria do presidente Lula.

   "O senhor (Edivá) passou uma informação errônea. Esta lei é do seu PSDB, do então presidente Fernando Henrique. Lula apenas fez adequações nas distorções que existiam no conteúdo da norma", explicou a parlamentar. O tucano não deixou por menos e soltou farpas ao PT. "Eu nem sei porque o PT está defendendo tanto os trabalhadores. O PT não é mais dos trablhadores. É dos sojicultores e de outros magnatas", critica edivá.

   O parlamentar reforçou que a lei federal foi sancionada pelo presidente Lula. "Essa lei é de 2007, portanto, a mais b é igual a c", ironizou Edivá. A briga não parou por aí. Contrariada e perdendo um pouco o tom cortês, a professora Enelinda interceptou a fala do tucano e o pediu que prestasse atenção aos fatos. "Em 2007 houve apenas modificações, quem sancionou foi Fernando Henrique", disse a petista.

   Ainda sobre o tema, Edivá disse que recebeu um ofício dos representantes dos trabalhadores do comércio de Cuiabá pedindo apenas uma emenda no projeto de lei. "Os próprios trabalhadores são favoráveis ao projeto. Isso prova que os petistas estão perdidos", cutuca o vereador tucano. (Andressa Boa Sorte)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Edivá é uma gracinha, como diria a nossa querida e imorrivel Hebe Camargo. Prepotente ao extremo, insolente e detentor do múnus a sí próprio concedido de capacitado, pretende infligir ao pobre trabalhador - aquele que realmente rala, trabalha, passa fome, não tem dinheiro para pagar ônibus, não tem dinheiro para comer, não tem verba de representação, não tem horas extras forjadas, não tem motorista e veículo pagos pelo erário público municipal, acorda madrugada, tem os filhos em escolas públicas, não pode lhes dar um presentinho sequer de Natal, não tem dinheiro para a ceia e nem sabe na vida o que é um reveillon - trabalho forçado nos feriados. Como se ele, Edivá, o capacitado e prepotente líder do Prefeito fosse a pérsonificação da dedicação ao trabalho. Não trabalha. Se o faz, faz muito pouco. Comparece em todas as sessões da Câmara, nobre e combativo edil ? Trabalha aos feriados e finais de semana, nobre edil trabalhador ? Representa verdadeiramente a população que o elegeu, senhor líder do Prefeito ? O que ganhas com esse projeto grosteco, rídiculo e estapafúrdio ? O reconhecimento do empresariado, a quem serve com exemplar dedicação ? Quais os dias da semana que o senhor trabalha, nobre vereador ? Dá para nos contar ? Dá prá nos explicar ? Portanto, senhor Edivá, reveja seus posicionamentos, comece efetivamente a trabalhar em benefício da sociedade cuiabana - não a sociedade rica, dos palácios fidagos que o senhor está acostumado a frequentar e onde tem livre trânsito, o mesmo livre trânsito que não tem em sua Casa, a Casa do povo cuiabano, qual seja a Câmara Municipal de Cuiabá, por absoluta preguiça e desdém com nossa população. Trabalhe primeiro com dedicação, senhor Edivá, e depois, exija do pobre, massacrado, ultrajado trabalhador - que trabalha muito, muito, mas muito mais mesmo que o senhor e seus cúmplices da municipalidade - que ele, o trabalhador, morra exercitando seu labor até nos feriados a que tem direito. Esse Edivá, o prepotente, demonstra-se umcordeirinho da classe abastada e para eles faz os projetos de lei, nas poucas vezes em que comparece na desértica Câmara Municipal de Cuiabá, local onde se homiziam de tudo um pouco, de corruptos, foras da lei a puxa-sacos irresponsáveis.

  • johny salles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Edivá representa bem os tucanos:legisladores em desfavor da papulação trabalhadora.Esse homem está cada dia mais atrapalhado e maluquinho,daqui a pouco vamos ter que transferir o seu escritorio de vereador para o Adalto Botelho(com todo meu respeito a todos do Adalto Botelho).A falta do que fazer o deixou assim,piradinho!

  • antonio santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o problema do feriado é que , feria-se ai tem trabalhador que nem as vezes sabe do que é o feriado, feriado que aprendi na escola feria-se para comemorar ou discutir o significado do feriado, mas como o brasileiro não tem cultura sufuciente, feria-se para dormir, passear, e o significado do feriado msm não tem significado nenhum esse dia, se for msm só pra feriar, prefiro que o comercio abra...

  • Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Antonio Santos: O Senhor está generalizando o povo, bem como o trabalhador brasileiro, como sem cultura. Acontece que está faltando mais civismo ao provo brasileiro, principalmente a alguns EDIS de Cuiaba tal como o Senhor EDIVA, que está atendendo o loby dos lojistas de Cuiaba.

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

Regiões e representantes na disputa

nilson leitao curtinha   A maior parte das regiões está bem representada em relação aos cabeças de chapa que disputarão vaga no Senado. Pelo Nortão e Médio-Norte, encaram às urnas o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão (foto) e o senador tampão Carlos Fávaro (PSD). Na...

Candidatos e definição de suplentes

jos� medeiros curtinha 400   Alguns candidatos ao Senado estão batendo cabeça para compor suas suplências ou reedita-las, como é o caso de José Medeiros (foto), que, na primeira convenção (anulada), havia fechado chapa pura do Podemos com o vice-prefeito de Cuiabá Niuan...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.