Últimas

Quarta-Feira, 30 de Maio de 2007, 18h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Efeito cascata eleva salário dos deputados de MT

   Na surdina, o plenário do Senado aprovou nesta quarta os projetos de decreto legislativo que reajustam em 28,5% os salários dos parlamentares, ministros, presidente e vice-presidente da República, retroativo a 1º de abril.

    O senadores Jefferson Peres (PDT-AM) e José Nery (PSOL-PA) foram os únicos a registrarem voto contrário ao reajuste. Como os projetos já foram aprovados pela Câmara, seguem agora para promulgação do Congresso e passam a ter vigência imediata.

     Basta a assinatura do presidente do Senado, Renan Calheiros, e a publicação no Diário Oficial para entrarem em vigor. Por se tratarem de projetos de decreto legislativo, sobre assuntos internos do Congressom, as propostas não precisam de sanção presidencial.

    Efeito cascata

   O reajuste provocará efeito cascata, resultando no aumento dos salários de deputados estaduais e vereadores. O vencimento dos federais e senadores vai passar dos atuais R$ 12.847 para R$ 16,5 mil. Em Mato Grosso, cada um dos 24 deputados estaduais, que hoje recebe R$ 9.635, terá o salário elevado para R$ 12.380. Com isso, a folha somente dos parlamentares sobe de R$ 231,2 mil para R$ 297,1 mil ou R$ 2,7 milhões por ano.

    Além dos atuais R$ 9,6 mil de salário, cada parlamentar tem direito a uma série de outras vantagens financeiras, como verba indenizatória de R$ 15 mil, controle dos R$ 30 mil da verba de gabinete, dos R$ 15 mil de material de consumo, cortesias de passagens áreas é um veículo Clio à disposição do gabinete.

Como ficarão os salários

Presidente da República R$ 8.885 para R$ 11.420
Vice-presidente R$ 8.362 para R$ 10.748
Deputado federal R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Senador R$ 12.847 para R$ 16.512,09
Deputado estadual em MT R$ 9.635 para R$ 12.380

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Mauro Braga | Sexta-Feira, 02 de Abril de 2010, 00h19
    0
    0

    Os políticos são desbaratinados por poder, gananciosos e cosmopolitas (vivem em terrenos alagados) a maioria ou grande parte deles ganham muito mais que os salários aí mostrados, em nenhuma hípotese acharia banal a sociedade cobrar mais de suas autoridades o nque não acontece, a maldição do pc farias paira em todo o Brasil em todas as castas, absorvem muito e emprega-se poucos são obrigados também não voto em nenhum de voces obrigado.

  • Lendro Justos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho injusto este aumento, ainda mais em se falar do Presidente da República receber menos que Deputados e Senadores...isso é uma injustiça, pois a maior responsabilidade recai sobre o mandatário do Pais..Sem falar do povo brasileiro que continua ganhando essa merreca de salário mínimo..injustiça maior ainda...Chega de aumentos salários...necessário mesmo é aumentar da maioria e não da minoria. Chega! Chega!

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...

Nivelando para cima o debate em VG

emanuelzinho 400   Em discurso na Câmara Federal, Emanuelzinho (foto), 3º colocado a prefeito de Várzea Grande, disse ter ajudado a nivelar, por cima, o debate eleitoral, com grandeza e altivez e se mostra entusiasmado. Destaca que "política se faz com seriedade, transparência e com o coração sintonizado...