Últimas

Domingo, 13 de Setembro de 2009, 10h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

REPERCUSSÃO

Efeito Maggi ambientalista ganha repercussão e polêmica

  Repercute, gera polêmica e divide opiniões a reportagem de cinco páginas de Veja desta semana, com destaque para o perfil do empresário e governador mato-grossense Blairo Maggi, um dos acionistas do Grupo André Maggi, que fatura por ano cerca de US$ 2,4 bilhões, emprega 3,1 mil pessoas e responde por 8% da soja produzida no Brasil. A polêmica está na questão ambiental.

   Maggi admite que no início de sua gestão não priorizou o meio ambiente e, após um bombardeio de críticas, concluiu que esse foi um dos maiores erros administrativos. De acordo com a maior revista do país, Maggi não é mais considerado por ambientalistas como "estuprador da Amazônia", mas sim um gestor e empresário preocupado em preservar o meio ambiente. Enfatiza que houve redução da devastação na Amazônia Legal para 4,3 mil km2 de agosto de 2008 a julho deste ano, dos quais 2 mil km2 em Mato Grosso.

-------------------------------------------------------------------------------------------

   Leitores do RDNews emitiram opiniões, ora favoráveis, ora contestando o conteúdo da reportagem de Veja e com duras críticas ao governador e empresário. Eis, abaixo, a síntese de alguns comentários feitos à matéria "Maggi virou o queridinho dos ambientalistas, diz Veja".

Jacyara - Cuiabá
"Esta é uma area em que sempre fiz questão de lembrar como foi importante André Maggi, sua esposa, seu filho, suas filhas, genros e sobrinhos para o engrandecimento agrorural do Estado, do Centro-Oeste e do Brasil. Parabéns família Maggi."
---------------------------------------------------------------------

Maria Eduarda - Cuiabá
" Quanta maldade nesta matéria. Como as pessoas são maquiavélicas ao distorcer os fatos. Não tenho vínculo com a família Maggi, mas me lembro, logo no início do primeiro mandato do Blairo, em uma de suas declarações, ele disse que o que o levou a ingressar na carreira política foi a doença de sua filha, porque ele constatou que a saúde pública em Mato Grosso estava bastante precária, e, como político, poderia melhorar, como realmente tem feito na área de saúde no Estado, criando os hospitais regionais (Sorriso, Rondonópolis  e outros mais). Quem nos dera se o Blairo pudesse nos agraciar como prefeito de Cuiabá em 2012 e, em 2014, voltar como governador, mas não custa sonhar!"
---------------------------------------------------------------------

João Cesar Galdino de Figueiredo - Cuiabá
"Queridinhos dos ambientalistas? Só se for dos pseudo ambientalistas comprados pelo agronegócio. Esses caras que falam tal besteira não conhecem Mato Grosso. A degradação ambiental nas propriedades do Grupo Amaggi. Não conhecem a promoção de construção de usinas pelo mesmo grupo, detonando rios e transformando seus ambientes aquáticos e impactando irreversivelmente a ictiofauna. Não conhecem a péssima gestão da Sema, onde são favorecidos o licenciamento ambiental de alguns empreendimentos em detrimento de outros, a fiscalização falha e omissa, a exploração e desmotivação dos técnicos dessa secretaria. Não conhecem a devastação do cerrado, a poluição e o depósito de grandes quantidades de lixo no pantanal mato-grossense, não conhecem o avanço da fronteira agrícola no Nortão do Estado, com cobertura florestal perinifólia. E esses pseudo ambientalistas que elogiam o sojicultor Blairo Maggi não sabem a articulação dele com o governo federal para o desmantelamento da atual legislação ambiental, tanto do Estado como no país, através da elaboração de um zoneamento socioeconomico-ambiental voltado para atender proprietários rurais, considerando a quase totalidade do Estado como área consolidada (ou seja, com vocação agrícola, como municípios florestais como sinop, Vera, Feliz Natal, Brasnorte, Juara, Tapurah, e Alta Floresta", programa MT Legal que tem o objetivo de regularizar o desmatamento que ocorreu até dezembro de 2007 (ou seja, quem desmatou até aí será perdoado), e pelo governo federal, a medida provisória de grilagem e a discussão do novo código ambiental, com mudanças radicais e prejuizos históricos para o meio ambiente, com o fim da área de reserva legal, redução das áreas de preservação permanente, dentre outras atrocidades que estão querendo promover".
---------------------------------------------------------------------
 
Pedro Paulo - Rondonópolis
"Tambem, financiando as Ongs ambientalistas, só podia virar queridinho! Aí vai um desafio: quero que alguém aponte um projeto do Maggi para as cidades de MT, em especial Cuiabá."
---------------------------------------------------------------------
 
Pedro Ananias - Cuiabá
"Pagar promessa com dinheiro nosso é fácil. Por que não fez promessa para ajudar os menos favcorecidos com seu próprio dinheiro, que não é pouco? Por quê não fez promessa de recuperar áreas degradadas? Assim, até eu... Agora, queridinho dos ambientalistas, só a revista viu isso."
---------------------------------------------------------------------

Duilio Marcondes de Figueiredo - Cuiabá
"Só falta agora a revista Veja publicar uma matéria com o deputado Riva e condecorá-lo como o político mais sério e ético do país. A Veja, há muito tempo, deixou de ser uma revista respeitada no país. Está envolvida em diversos escândalos (façam pesquisa no google) e costuma patrocinar e promover candidatos em períodos eleitorais ou alavancar pessoas e segmentos bem desgastados pela sociedade brasileira. Essa matéria com Maggi deve ser uma tentativa frustrada de tentar mostrar um lado de bom mocinho desse cidadão que só é agricultor a custas de muita degradação ambiental e, como governador, continua sendo notabilizado como incentivador do desmatamento, das queimadas e do desmatelamento do órgão ambiental do Estado. Fala sério revista Veja. Quem é que acredita nisso?"
---------------------------------------------------------------------

Edgar Mendes - Cuiabá
"Há muito tempo a revista Veja deixou de ser uma revista séria, com credibilidade. Agora, ela vive de fazer comerciais, vender espaços publicitários disfarçados de matérias, como essa do latifundiário e moto-serra de ouro Blairo Maggi. Até os insanos e puxas-sacos DAS sabem as articulações para detonar o meio ambiente na Amazônia. Em MT, temos uma política ambiental de faz de conta, tudo disfarce, marketing publicitário tentando vender uma imagem ilusionária do que acontece no Estado nesta área."
---------------------------------------------------------------------

Pedro Henrique Vieira de Queiroz  - Cuiabá
"Agora estamos todos orando, rezando, acendendo isenso, participando da campanha da fogueira santa, campanha da subida do morro de Santo Antonio, campanha dos 40 dias de jejum, enfim, a sociedade mato-grossense, e principalmente, os funcionários públicos estão fazendo estas e muitas outras campanhas além destas para que o governador faça outra promessa a si mesmo: a de sair do governo ainda este ano, em definitivo, para nunca mais voltar (...)"
---------------------------------------------------------------------

José Afonso Pereira - Colíder
"Parabéns, governador Blairo, pela coragem de deixar sua grande riqueza particular e se engajar na vida pública, onde a maioria dos que lá estão são desonestos. Quando o senhor iniciou na campanha foi com nosso saudoso Jonas Pinheiro, praticamente um dos poucos homens que merecem ser respeitados até depois de morto. Parabéns ainda por, depois de seis anos de mandato como governador, ainda lembrar de Nossa Senhora Aparecida e o motivo pelo qual entrastes para a política.(Filhos são coisas sagradas". Mato Grosso no futuro vai reconhecer como foi importante sua administração para o Estado e para o Brasil e o mundo. Tomara que surjam outros Blairos e Jonas."
---------------------------------------------------------------------

Regina Célia Freire - Cuiabá
"Bem, se essa reportagem fala a verdade, então, o governador Blairo Maggi pode ficar tranquilo em relação a uma auditoria ambiental ampla em todas as suas propriedades rurais a partir de janeiro de 2011, é claro, com Wilson Santos governador, pois o resto tem rabo preso com os botinudos. Fique tranquilo, governador. Se o senhor não comprou essa matéria na Veja, então não haverá de ter multa nenhuma, embargo nenhum, apreensão de máquinas e equipamentos nenhum. Vamos comprovar a veracidade dessa matéria da Veja, topas? Então tá fechado."
---------------------------------------------------------------------
 
Lucas Mendes Cuiabano - Cuiabá
"Se ele é tão defensor assim do meio ambiente então suas propriedades rurais são verdadeiros oássis preservados, certo? Errado. Essa matéria de Veja é mais uma jogada de marketing para enganar os desavisados que não sabem o que acontecem aqui em MT, principalmente na área ambiental. É só escândalo atrás de escândalo. Veja só quem ele nomeou como secretário, um cara totalmente despreparado técnica e emocionalmente e ai do fiscal da Sema que for notificar propriedades desse sojicultor. Desse jeito fica fácil falar de meio ambiente. A prática é outra, bem diferente."
---------------------------------------------------------------------

Pedro Figueiredo - Brasília (DF)
"Mundo Bárbaro. O planeta não aguenta mais, pede socorro, está sendo sufocado com o desmatamento, com a seca dos rios, com o aquecimento da atmosfera, com a extinção de animais e de plantas, e ainda tem pessoas, como esse governador de MT que ainda defende esse modelo e posa alegre e feliz na foto com um cenário de terror atrás dele. Onde deveria haver floresta, há uma gramínea ou leguminosa recém-colhida e, com certeza, se fizerem uma análise físico-quimica do solo e uma análise da qualidade da água do lençol freático (agua subterrânea), ambos ativos ambientais estão poluídos. Esse é o outro drama promovida pela agricultura dita moderna e muito pouca gente percebe que estão detonando também o aquifero subterrâneo, que na verdade seria uma reserva de água para as futuras gerações, e já estamos poluindo agora, trata-se de mais um crime premeditado e que vai afetar a vida de nossos filhos, netos, bisnetos. Quer dizer: estamos diante de um terrorismo contra o meio ambiente, com os desenvolvimentistas, como o cidadão Blairo Maggi tentando tirar o máximo de proveito, extrair o máximo de recurso a curtíssimo prazo, sem respeitar as leis da natureza, a sua capacidade de regeneração e assimilação de dejetos. Isso além de terrorista é demoníaca (...)"
---------------------------------------------------------------------

Arno Hergenhader - Sapezal
"É governador, essa aí não colou de jeito nenhum. Nem a Veja ou a Globo conseguirão mudar o seu rótulo de desmatador da Amazônia. Como político, então, o senhor não ocupou o destaque que pensava. Pegue as suas ricas malas e suma de Mato Grosso."
---------------------------------------------------------------------

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • nardez coelho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o governo federal tem que largar de comprar avioes etc... e costruir mais presidios, melhor a fiscalização nas fronteiras com os paises vizinhos, mudar a lei penal, chega de policia prender e a lei soltar.....

  • CIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Respeito a defesa do meio ambiente pois fazemos parte dele, só acho interessante que as populações rurais são tratadas como vilãs onde na verdade existiu uma politica voltada ao desmatamento, devemos mudar realmente mas sem dizer que os produtores viraram bandidos. Afinal senhores da cidade querem comer carne barata, vestir seus jeans lindos, poluem o nosso ar (a qual nós do interior que somos obrigados a fornecer em desfavor ao nossos desenvolvimento econômico).
    Então ficam ai na cidade dizendo o que podemos e não podemos fazer, consumindo o mundo e nos dando a conta para pagar.
    Algumas pessoas tem catar e comer coquinho mesmo ao invés de poluirem o mundo e mandar a conta para nós, que hipocresia.

  • pedro paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a imprensa marron de são paulo e Rio de Janeiro só faz jornalismo para o favorecimento dos
    impresários daquele lugar até mesmo porque
    são estes empresários que lhes pagam o salario, sempre foi assim, só os politicos de
    de lá que são bom! ex: Serra, Alckeman etc.
    Mas este jornaléco(folha de S. Paulo), veja
    e Globo não têm mais moral nem credibilidade.
    O maggi está tentando se promover porque
    quer sim ser candidato a senador, colocou o
    silval no fronte, desviou os holofotes da sua administração para evitar pagar a fatura hoje
    de uma candidatura de amanhã, mas não
    ganha, ainda que hoje use a estratégia de
    se passar por vitima, para ser aclamado, que
    o diga o sachet.
    Mas o desafio continua, quem é capaz de apresentar um projeto para o meio ambiente
    nas cidades de Mt, em especial Cuiaba e Rondonópolis onde se afilhado Sachet governou.

  • STUPIN DA PREVISÃO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É NOBRE ROMILSON PARECE QUE DESTINO DOS GANACIOSOS PELO PODER PESSOAS QUE ACHAM QUE VÃO FICAR NA CADEIRA DE GOVERNADOR O RESTO DA VIDA JUNTOS COM SEUS SECRETARIOS ARROGANTES E PREPOTENTE TIPO GERALDO DE VITTO E OUTRAS ESPECIES SEMELHANTES ESTAR CADA VEZ MAIS DESPENCANDO EU VENHO ACOMPANHANDO DIA A DIA O DESTINO DA ATUAL ADMINISTRAÇÃO QUE DE 8 ANOS QUEREM MAIS 4 QUEREM VOLTAR DE NOVO E ASSIM FICAR ATÉ QUE A MORTE VOS SEPARE
    DARIA ATÉ PRA DIVIDIR ESSE ESTADO EM CAPITANIA HEREDITARIAS PRA ELES NÃO SAIR DO PODER !!

    QUEM VIVER VERÁ BLAIRO MAGGI E NEM LULA FAZ SUCESSOR ISSO É FATO!!

    NÃO SEI COMO UMA PESSOA CONSEGUE GANHAR TANTA ANTIPATIA DO POVO DESSA FORMA
    O TAL DO ADILTON SACHETTI E O GOVERNADOR BLAIRO MAGGI!! WELINGTON FAGUNDES.
    COM OS DIAS CONTADOS NA POLITICA
    ONTEM FIQUEI SABENDO DE UMA NOTICIA QUE O BLAIRO VAI SAIR A SENADOR ISSO É FATO VERIDICO SERIA TÃO BOM VER SE ELE ESTAR BEM NAS PESQUISAS QUE ESTÃO FALANDO NOS JORNAIS A HORA DA VERDADE É NA URNA AMIGOS
    FALAR TODO MUNDO FALA E ESCREVER EM JORNAIS O QUE QUIZER PODE POREM NA HORA DE VOTAR AMIGOS A COISA É OUTRA
    HOJE NEM O DINHEIRO ESTAR CONSEGUNDO COMPRAR MAIS O POVO.

    ROMILSON JÁ IMAGINOU O ESTRAGO QUE ESSE POVO VÃO FAZER NA HORA QUE SAIR DO GOVERNO
    PRINCIPALMENTE SE FOR ADVERSARIOS
    VÃO DELETAR TUDO QUE PODE PRA NÃO DEIXAR RASTRO IGUAL FIZERAM EM RONDONOPLIS E E OUTROS MUNICIPIOS QUE A TURMA DELES PERDERAM!!
    UM AVISO AO PROXIMO GOVERNADOR QUE ENTRAR PODE SE PREPARAR PORQ

  • eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que a VEJA quer que o povo matogrossense e brasileiro esqueça do enorme passivo ambiental provocado pelo senhor blairo maggi? será que deixemos de lado as enormes erosões em suas propriedades rurais? querem que esquecemos das enormes áreas contaminadas de agrotóxico nos lençois subterrâneos, prejudicando severamente a disponibilidade de recurso hidrico para essa e futuras gerações? será que a revista VEJA quer que esquecemos a extinção de muitas espécies da fauna provocadas pelas grandes extensões de terra cultivadas por maggi no cerrado matogrossense? será que a revista VEJA pensa que o povo é bobo e não sabe dos milhares de hectares de áreas de reserva legal e de preservação permanente que foram desmatadas para dar lugar a soja? Será que a Veja não sabe que agora o senhor maggi está patrocinando a destruição de rios, como o juruena com a construção de dezenas de usinas, transformando o ambiente aquático desses rios? será que a revista VEJA pensa que o povo matogrossense não sabe a tentativa de desmatelamento da sema, com liberação de licenças ambientais para suas propriedades e usinas, e a perseguição velada a vários técnicos que pensam bem diferente desse modelo de desenvolvimento dos botinudos? Acorda Revista Veja, todos sabem que essa matéria é paga, para enganar aqueles que não conhecem mato grosso e o que está por trás da gestão ambiental do senhor sojicultor blairo maggi.

  • zeca da colina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Wellington Fagundes tudo bem com voce?
    Wellington Fagundes voce está sendo fritado juntamente com o Silval.
    O governador Blairo é candidato ao senado em 2010.
    Já te falei cuidado com a turma da botina, voce pensa que a estratégia é sua, está enganado, com a turma da botina ninguém aguenta, só respaita o Jayme Campos.
    Voce Wellinton pode conformar com a sua candidatura a deputado federal, junto com Adilton e Irai Maggi, este último pelo PDT.

  • edson figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Política para Blairo Maggi é a arte de dizer coisas que o povo quer ouvir e fazer coisas que o povo não precisa saber. Que tal se fizerem uma avaliação técnica da gestão ambiental aplicada na sema? que tal se fizerem uma auditoria ambiental nas propriedades rurais do grupo dele? que tal se o MPF fazer uma vistoria técnicas nas usinas do complexo juruena do grupo dele? que tal fazer um estudo sobre habitat de espécies da fauna que foram dizimadas com a expansão das lavouras dele? que tal se fazer uma enquete com os técnicos da sema para avaliar se estão satisfeitos com o governo dele? como diz o velho ditado fazer coisas que o povo não sabe ou não precisa saber e depois aparecer na mídia como paladino ambientalistas, com dinheiro é até fácil, o dificil é avaliar na prática se o que se diz é verdade.

  • Fernando Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Blairo Maggi é um exemplo de Gestor para o Brasil. A questão ambiental é muito mais complexa do que ficar criticando no anonimato. Os avanços estão aí para todos verem , só nao vê quem realmente não quer ! Blairo fez e faz muito por MT e Cuiabá !

  • tiao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    os ambientalistas devem primeiro raciocinar e depois julgar,senão vejamos: produzir alimento se faz com derrubadas então os ambientalistas devem comer casca de pau e folha de arvores secas, devem morar em cavernas pois para fabricar tijolos, telhas, cimento e madeiras para construçao tem que derrubar arvores. o que tem que ser feito, é uma politica de sustentavel sem demagogia e acima de tudo dar um pé no trazeiro de muitas ong que sobrevivem com dinheiro de paises desenvolvidos e roubam o Brasil com os supostos sertanistas enrraisados em muitas terras indigenas levando as nossas riquesas.

  • ana beatriz ponce magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse fernando deve ser mais um DAS tentando defender o chefe, com receio de perder a boquinha que já está chegando no último ano. matéria paga na VEJA todo mundo sabe, agora puxa-sacos que tentam defender o indefensável, os escandalos na área ambiental, a péssima gestão na sema, o desmatamento desenfreado, a transformação de muitos rios em lagos com a construção de centenas de usinas, inclusive dele próprio, as enormes áreas degradadas das propriedades do moço provocada pela agricultura, a contaminação da água subterranea por agrotóxico, a crescente erosão laminar dos solos pela agricultura intensiva, o avanço da fronteira agrícola na floresta amazonica, e tudo promovido pelo motosserra de ouro, quer seja como sojicultor, quer seja como governador, e ainda vêm um botinudo do fernando negar tudo isso. vai puxar o saco assim lá na revista veja, votê!!!!

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

MAIS LIDAS