Últimas

Quinta-Feira, 08 de Outubro de 2009, 08h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RUMO A 2010

"Efeitos Mendes, Riva e Maggi" mudam quadros majoritários

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Blairo Maggi decide partir para Senado, o que abre espaço para Silval assumir o governo, atropelando o projeto majoritário de Mauro Mendes, que saiu do PR na esperança de construir projeto alternativo

  A decisão de Blairo Maggi de retomar o projeto de pré-candidatura ao Senado, os problemas jurídicos enfrentados pelo presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP), entre eles o de estar inelegível pelos próximos cinco anos, e a estratégia de Mauro Mendes de trocar o PR pelo PSB provocaram novas mexidas no tabuleiro político visando as eleições gerais de 2010. Com o governador republicano no páreo, o próprio PR deve engavetar a pré-candidatura do deputado federal Wellington Fagundes para o Senado. Num efeito cascata, Fagundes reativa a proposta de reeleição e, consequentemente, rompe acordo com o colega Homero Pereira, para quem ele já havia transferido base eleitoral.

  Maggi atendeu ao apelo de membros da direção regional do PR. Eles defenderam sua candidatura à senatória como forma de não deixar o maior partido do Estado órfão na majoritária. Além disso, o governador se mostra determinado a concorrer à vaga no Congresso Nacional para também contribuir e reforçar a pré-candidatura do seu aliado, o vice-governador Silval Barbosa (PMDB). Nesse caso, Maggi renuncia ao mandato até 3 de abril, abrindo o comando do Estado por oito meses para o peemedebista. Uma reunião agendada para esta sexta (9) entre as cúpulas do PR, do PMDB e do PT deve fechar as amarrações sobre pré-candidaturas.

   Enquanto Maggi avança, José Riva recua por causa da condenação da Justiça. Em consequência de processos oriundos de 2003 sobre atos de improbidade da Mesa Diretora da Assembleia, o deputado acabou condenado junto com o ex-parlamentar Humberto Bosaipo e outras quatro pessoas a ressarcir o erário em R$ 2,6 milhões e foi afastado das funções administrativas da AL, além de ficar impedido de concorrer às eleições. A batalha de Riva agora é no sentido de derrubar a decisão de primeiro grau. Até então, o PP o tinha como pré-candidato a senador e/ou até a governador.

   Outra reviravolta no cenário político nesta fase que marcou definição partidária um ano antes para aqueles que pretendem disputar o pleito foi a decisão do presidente da Federação das Indústrias (Fiemt), empresário Mauro Mendes, de sair do PR e ingressar no PSB, motivado por espécie de plano B para governador. Sua ideia seria construir projeto alternativo e contrapor a polarização estabelecida hoje entre as pré-candidaturas de Wilson Santos (PSDB) e Silval.

   O quadro sucessório continua obscuro, tanto para o Palácio Paiaguás quanto para o Congresso Nacional. Por enquanto, há cinco nomes colocados para governador, sendo eles de Santos, Silval, Mendes, do senador Jayme Campos (DEM) e do procurador da Fazenda nacional Mauro César de Lara (Psol). Quanto à brigapelas duas cadeiras de senador, estão no páreo o procurador da República Pedro Taques, o procurador de Justiça Paulo Prado, o ex-senador Antero de Barros (PSDB), o governador Maggi e ainda os petistas Carlos Abicalil e Serys Marly.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • jotinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Blairo pode mudar o que quiser, Silval perde e Blairo Também.
    Esta é do WS e Jayme Campos.
    É ótimo Blairo perder para senador pra aprender abandonar os companheiros a beira da estrada.
    Estou ansioso pra ver, que venha logo 2010.

  • bruxo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando a Tv Globo por no ar o que foi filmado junto a novela Paraíso e que as imagens estão guardadas para a hora exata (eleição), vai pipocar o interesse de candidatar a senador.
    Quando chegar a hora da onça beber água, vai dá uma reviravolta danada.

  • silvio arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BOM DIA TODOS:estava já cantando esta pedra há muito tempo.vamos retroxpecquitiva eleição municipais.o PR na sua inoperancia politica e o PT que virou moéda de troca.vê hoje como maior atropelo é wilson PSDB.mais temos que ser firme para afirma que politica forte e glupo, o PR e o PT não tem nenhuma déssas coisa.tem um gorverno que como partidário foi maú politicamente para forma uma frente partidaria para-le suceder.hoje encontra éssa dificuldade até na chamado corrente de aliança.pois ais coisas estão acontesendo e o governado fica patinando.ai é só choradeira depois.vamos largar de estrelimo do seu secretario e coloca eles para pedir votô.e vamos ver como que fica.júizo e prudência caldo de galinha não fais mal a nilgem.

  • gentleman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • aRNALDO Fogaça | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns snhor governador isso mostra que é compromentido mesmo com o povo matogrossense,já era fã agora duplicou ok,la no senado o senhor tem voz e é respeitado pq não precisa fazer manobra o senhor ira fazer aconteçer igual o nobre senador Pedro Simão este sim é homem limpo integro igual o senhor parabéns.

  • Mateus Leite | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se Silval assumir o cargo de Maggi no governo do estado, ele também não teria que renunciar para para poder concorrer o Palácio Paiaguás?

  • ROBSON ANTUNES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BLAIRO SERÁ UM SENADOR OBSCURO...É MAIS EXECUTIVO E PONTO. SENADOR MESMO É ANTERO DE BARROS...UMA FERA NO CONGRESSO, CONSTITUINTE EM 1988, COM O MAIOR DESTAQUE ENTRE OS MATOGROSSENSES...MAIS RECENTEMENTE COMO SENADOR, ESTREMECEU A REPÚBLICA POR MAIS DE UMA VEZ COM COMPETÊNCIA E HABILIDADE...É O CARA!!!!!

  • Picole | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo isto nao passa de uma farsa, a situacao foi bem marcada, tdo bem planejado, mauro no psb irai no pdt, mas uma para reforcar o Pr , a sorte do Pr foi a janela nao ser aberta, senao esvaziaria todos , tudo isto e um partido que esta sem rumo e sem direcao. Caros eleitores seja conciente seja analista, e veja a toda a situacao, nao passa de mais uma armacao para garantir seu grupo no poder deste estado.

  • joaquim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muito bem governador,o sr vai ser um otimo senador se deus quiser assim como o sr e um exelente governador,nos de mato grosso temos o maior orgulho de ter um exelente governador eu estou com 43 anos de idade e nunca tivemos um governo exelente igual ao sr todos os matogrossenses estão de prova então sr governador osr esta de parabéns e eu me sinto muito orgulhoso por isso de ter um exelente governo blairo borges maggi esse nome vale ouro pode contar com nos fica com deus,valeu rd news e blairo na cabeça.

  • pedro da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse governador,blairo borges maggi, mudou muito esse nosso mato grosso para muito melhor e por isso que nos somos orgulhoso de ter um governador assim que sabe administra bem blairo maggi e adillto sacheti são pessoas que sabe administrar as coisas bem pena que o adilton perdeu a politica aqui em rondonopolis agoro o povo ta ao ver navio o outro não sabe administrar nada quem manda la e seus cupichas mas valeu governador para senador o sr vai dar uma lavada pode contar com nos ok obrigado mais uma vez rd news pelo apoio.

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...

Nivelando para cima o debate em VG

emanuelzinho 400   Em discurso na Câmara Federal, Emanuelzinho (foto), 3º colocado a prefeito de Várzea Grande, disse ter ajudado a nivelar, por cima, o debate eleitoral, com grandeza e altivez e se mostra entusiasmado. Destaca que "política se faz com seriedade, transparência e com o coração sintonizado...