Últimas

Quarta-Feira, 01 de Agosto de 2007, 08h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Eficiência...

     A cidade de Cuiabá está abarrotada de outdoors incitando a população a denunciar o setor bancário, caso a permanência nas filas seja superior a 20 minutos. Muito interessante a iniciativa do autor da campanha. Trata-se de um direito e temos que exercê-lo, mesmo que atualmente o sistema de caixas eletrônicos permitirem que possamos resolver nossas pendengas bancárias de forma rápida e automática.
     Da mesma forma devemos protestar pelas filas nos pontos de ônibus, um serviço público da mais alta importância. E o famigerado SUS, especialmente quando estamos em busca de uns exames considerados como de alta complexidade, que demora uns... sessenta dias ou mais para obtermos a autorização. Cadê o outdoor? Ou será que um exame de alta complexidade é menos importante que a dita fila do banco? Certamente que não! Porém, podemos assegurar que a fila do banco é menos angustiante que a fila para conseguirmos o tal exame.
     Que multemos então os responsáveis pelas filas dos SUS, quem são os responsáveis por tamanha selvageria? De quanto é a multa? Ou será que a eficiência só deve ser medida para os setores privados? Que diferença é esta? E você deve perguntar, é justo? Afinal os recursos chamados públicos nada mais são que o nosso próprio dinheiro que permitimos que alguns iluminados administrem!
     Não poderemos deixar de multar também os dirigentes da Previdência Social, a começar pelo seu ministro. A sensação que temos é que o tempo parou para o INSS. Quem já teve o dissabor de precisar dos serviços do INSS sabe bem o que eu estou falando. É uma montanha de processos sem fim! Também não poderia ser diferente, já que para o presidente da República o déficit da Previdência deve ser visto como investimento.
     Por outro lado tente obter um documento chamado "Georreferenciamento" no Incra! Este documento é necessário para se apresentar em repartições públicas como Sema, etc. Sabe o que você precisa fazer para consegui-lo? Obter uma liminar na Justiça! Isto mesmo, primeiro você contrata um advogado, que monta um processo e ajuíza uma ação junto ao Poder Judiciário, obtém uma liminar de um juiz, então você se dirige ao Incra, que está sempre invadido ou em greve e então você espera alguns meses porque a fila é grande e somente assim, você consegue o Georreferenciamento de sua propriedade! Inacreditável! Vamos multar o Incra!
     Tente também um financiamento cujas linhas de créditos sejam de origem pública. A primeira lição que você aprende é que os chamados "técnicos" comemoram quando identificam algum erro, mesmo que seja apenas uma vírgula colocada no lugar indevido. Depois de um bom tempo você recebe uma notícia do indeferimento. Corrija a vírgula e reenvie o projeto e com muita sorte seis meses após você poderá estar indo ao Cartório que é uma concessão pública, pagar uma nota preta para registrar uma cédula de crédito.
     Isto não é nada, avalie se juntarmos nossas demandas junto às prefeituras municipais e as repartições públicas estaduais, compreenderemos, então, qual é o verdadeiro sentido da palavra "burocracia". Esta palavra é responsável pelas perdas de uma fortuna incalculável, apenas somando o tempo que milhares de brasileiros perdem em filas por este Brasil afora. Por tudo isto, sugiro que o responsável pela campanha, contribua em seu município para o controle das filas em todas as demais instituições públicas. Caso contrário o povo entenderá que tudo isto não passa apenas de mais uma campanha de promoção pessoal.

Amado de Oliveira Filho é economista em Cuiabá e escreve às quartas-feiras em A Gazeta (amadoofilho@ig.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...

VG fatura com os clientes da Capital

Com o feriado em Cuiabá nesta quinta (8), por força do aniversário de 302 de emancipação político-administrativa, o movimento no comércio migrou para a vizinha Várzea Grande, segundo maior município do Estado. Em alguns trechos, especialmente na região central, registrou-se congestiomanento no trânsito praticamente o dia todo. Em tempos de pandemia e com horário de funcionamento reduzido, lojistas e comerciantes...