Últimas

Sexta-Feira, 07 de Novembro de 2008, 11h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CÂMARA DE CUIABÁ

Eleitos "torraram" R$ 1,4 mi; Lutero é o campeão

 Os 19  vereadores eleitos e reeleitos de Cuiabá gastaram juntos mais de R$ 1,4 milhão na campanha deste ano. Os dados foram levantados pelo RDNews a partir da prestação de contas junto à Justiça Eleitoral. Foram entregues pelos parlamentares na última terça (4) no 39º Cartório Eleitoral da Capital. Alguns devolveram juntos R$ 1 mil aos cofres de seus comitês financeiros. Os dados são oficiais. Certamente alguns "injetaram" dinheiro por fora, elevando o custo da campanha, conforme supõe o Movimento Cívico de Combate à Corrupção Eleitoral.

   O vereador que mais "torrou" dinheiro para se eleger é o presidente da Câmara, Lutero Ponce (PMDB). Ele gastou nada menos que R$ 208,7 mil. Afirma que, no final, devolveu R$ 3,47 ao comitê financeiro. Já na ponta oposta da lista está o estreante Néviton Fagundes, que garante ter "aplicado" R$ 19 mil para se eleger.

   O tucano Edivá Alves aparece em segundo na relação dos que mais gastaram. Ele "investiu" R$ 156,7 mil. O terceiro em gastança é o vereador republicano Francisco Vúolo. Para se reeleger, o parlamentar "torrou" R$ 141,3 mil. O presidente municipal do PPS e vereador reeleito Ivan Evangelista arrecadou R$ 128,5 mil e gastou R$ 127,6 mil. Evangelista é o parlamentar que mais devolveu dinheiro aos cofres do comitê. Ele recambiou R$ 898,2 ao PPS e ocupa o 4º lugar na lista dos que mais gastaram neste pleito.

   Chico 2000 é o 5º. Ele recebeu de doações R$ 108,116 mil. Conseguiu se reeleger pelo PR. O novato Ralf Leite (PRTB) apresenta R$ 86,7 mil de despesas de campanha. Só devolveu R$ 1,79 ao Comitê. O jornalista e apresentador de TV Toninho de Souza (PDT) gastou R$ 83,4 mil. O reeleito Cloves Hugueney, o Clovito (PTB), "torrou" R$ 81,3 mil. Paulo Borges (PSDB) aparece em 8º na lista, com despesas de R$ 74,2 mil, seguido do peemedebista Domingos Sávio, com R$ 73,1 mil.

  A reeleita Lueci Ramos (PSDB) investiu R$ 60 mil em sua campanha. Deucimar Silva (PP) declarou R$ 55,5 mil de despesas. Entre seus doadores está o candidato derrotado a prefeito Walter Rabello (PP), de quem recebeu R$ 661. O campeão de votos, apresentador de TV Éverton Pop, revela ter "aplicado" R$ 24 mil em sua campanha. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PENSO QUE EXISTE UMA DIFERENTE MUITO GRANDE ENTRE OS NÚMEROS OFICIAIS, E OS NÃO OFICIAIS.

  • ANTENADO PAPABANANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    engana o povo que eu gosto.estes valoles que o LUTERO PONCE dis ter gasto o com COMBUSTIVEL para manter a frotas de carros adesivados foi muito mais.e estes outro nao ficou muito abaixo,ACORDA MP TRE PF FASSA UMA IVESTIGAÇAO QUE VAO ENCONTRAR FUROS.

  • Diego | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem gasta uma somatória de 208.748,08 mil reais e ganha por mês como vereador pouco mais de 6.000,00 mil reais terá que trabalhar quase 3 (três) anos sem gastar nenhum tustão para recuperar o dinheiro investido na campanha. Dai vem a pergunta: Por que é tão vantajoso ser vereador, por que há tanta briga para ser Presidente do Legislativo Municipal?? Por que por que por que por que por que por que?

  • vilmar do Carmo Adorno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo amor de Deus, essa matéria é pra acabar, somente o Ministério Público Eleitoral e os Juízes Eleitorais que acreditam nessa história pra boi dormir. A população cuiabana está sendo tratada de idiota, todos sabem que esses valores ai são uma piadinha sem graça. O vereador eleito Paulo Borges juntamente com outros deveriam ensinar-nos como conseguir um mandato de vereador gastando singelos 74 mil reais. O Clovito deveria ser consultor político, ensinando o seu método infalível de como conseguir sucesso na política gastando tão pouco. Risadas, muitas risadas kakakakakakakakaka

  • adriano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que alguém acredita realmente nesses números? Parece brincadeira, estão chamando todos de otários. Como pode alguém em sã consciência achar que alguém consegue se eleger vereador em cuiabá com esses valores, cadê o ministério público, cadê o mcce, que só aparece em época de campanha para promover algumas pessoas, vamos acabar com essa hipocrisia e essa bandalheira, o próprio site rdnews na sua cobertura da campanha falava dos altos custos das campanhas para vereador, vamos acordar gente.

  • eliezer fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FAÇO UM APELO DESESPERADO AO MP EM ESPECIAL AO DOUTO PROMOTOR DE JUSTIÇA O DR MARCOS HENRINQUE MACHADO,PELO AMOR DE DEUS ,ISSO NÃO EXISTE ESSA PRESTAÇÃO DE CONTAS É QUERER CHAMAR A POPULAÇÃO CUIABANA DE IDIOTAS ,TEM QUE HAVER JUSTIÇA NESSE ESTADO,MEU DEUS TOMA CONTA DE NÓS

  • inaldo almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhores,fico muito triste e revoltado com o modelo de se fazer fiscalização aos politicos em época de eleiçâo,ora pois vejamos o que foi exposto ao publico;com a tal de prestação de contas é uma vergonha e isto mostra a desigualdade de valores entre os candidatos,ai deixam tudo pra depois da posse;com farça de cassar os compradores de votos;aqui no meu bairro na noite que antecedeu a eleiçâo foi um corre corre tâo grande que dava medo,era a tal contratação de fiscais a um custo de trinta reais,e ai cadê o TRE,o tal de mcce.
    ai da no que tá fica todo mundo com mandato comprado/garntido na urna.ah,ferrado tá mesmo é EU que se faltar ao trabalho sou DEMITIDO.

  • Rosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Manda essa ai Romilson, e só um lembrete ao Nobre Vereador Lutero Ponce, colorado espera a sua visita antes do dia 10/11/08, se passar desta data sera tarde demais. Pois temos 620 motivos para não apoia-lo para Deputado Estadual ou Federal. E N.S. Aparecida agradecerá se o mesmo passar antes desta data.

  • MARIA APARECIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    faz me rir conheço gente nesse grupo que gastou isso só no dia eleição na zona rural. E hoje é conhecido como o vereador da zona rural, pois foi o mais votado nesse espaço. Abra o olho companheiro que essas prestações de conta está muito maquiada. O povo cuiabano não é besta e o MP sabe muito bem disso!

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...