Últimas

Sábado, 12 de Abril de 2008, 17h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CÂMARA FEDERAL

Eliene usa mais verba indenizatória em 3 meses

 Nos três primeiros meses deste ano a bancada mato-grossense na Câmara Federal gastou bem os R$ 15 mil de verba indenizatória para despesas mensais que cada parlamentar tem direito. Eliene de Lima (PP), por exemplo, utilizou R$ 44,9 mil. Foram R$ 1 mil com material de expediente, R$ 8,6 mil com materiais de informática, R$ 13,5 mil com combustíveis e lubrificantes e R$ 11,5 mil com consultoria, pesquisas e trabalhos técnicos, entre outras despesas. Com a divulgação das atividades parlamentares foram pagos R$ 10 mil. Vale ressaltar que em janeiro a Câmara estava em período de recesso. O deputado Valtenir Pereira (PSB) pediu de volta R$ 37 mil. De despesas com combustíveis foram gastos R$ 8,8 mil. Somente em fevereiro o parlamentar gastou R$ 4,5 mil para este fim. Com aluguel de escritório, foram R$ 10,9 mil. O petista Carlos Abicalil pediu o ressarcimento de R$ 35,9 mil. Ele alegou gastos com a divulgação parlamentar de R$ 11,9 mil e R$ 6,2 mil com combustíveis e lubrificantes de automóveis, entre outras despesas. Já Carlos Bezerra (PMDB) utilizou R$ 32,5 mil em verba indenizatória entre janeiro e março. Com combustíveis ele foi ressarcido em R$ 9,1 mil e, com hospedagem e alimentação, R$ 15,2 mil.

    Homero Pereira (PR) apresentou nota para ser ressarcido em R$ 37,9 mil. Ele gastou mais com combustíveis (R$ 8,7 mil) e hospedagem e alimentação (R$ 12,4 mil). Dos R$ 34,3 mil gastos nos três meses, Pedro Henry (PP) apontou despesas com hospedagem e locomoção de R$ 20 mil. Já R$ 13,5 mil pagaram combustíveis e lubrificantes de automóveis.

    Na planilha de despesas com a verba, a deputada Thelma de Oliveira (PSDB) não conta nenhum gasto em março, mas, em compensação, em janeiro e fevereiro ela apresentou notas que somam R$ 34,2 mil.
Em comparação com os demais parlamentares, Wellington Fagundes (PR) gastou pouco. Ao todo foram R$ 19,8 mil. As notas com maiores valores são relativas a combustíveis (R$ 8 mil).

   Custo

   A Câmara disponibiliza, além da verba indenizatória, o limite de R$ 11 mil para passagens aéreas aos 513 deputados, sendo 8 mato-grossenses. O salário é de R$ 12,8 mil. Eles ainda têm direito a R$ 50,8 mil para contratar de 5 a 25 funcionários para atendimento em Brasília ou no Estado que representa. Esses servidores podem receber de um salário mínimo a R$ 8.080. O parlamentar que não optar pelo apartamento funcional, tem direito a receber auxílio-moradia de R$ 3 mil para aluguel ou, se preferir, a quantia líquida de R$ 2,1 mil em dinheiro. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Alaerte | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É por isso que existe uma loucura para ser parlamentar,poi, com essas mordomias quem não quer? E é também por isso que dep. Pedro Enry luta para não perder a condição de Deputado depois de tantos escândalos

  • Jeovaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto a aposentadoria e uma merda, e o coitado ainda espera na fila, quando não morre antes, não é justo??? Temos é que fechar essa casa da vergonha cheio de escandalo mais escandalos....roubo de todo tipo, e as emendas nada!!!! etá povinho aproveitador....Fui...

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...