Últimas

Terça-Feira, 17 de Junho de 2008, 23h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

JUDICIÁRIO

Em 1 sessão, TRE cassa mais 10 vereadores

   O Tribunal Regional Eleitoral decretou, em sessão ordinária nesta terça à noite, a perda de mandato eletivo por infidelidade partidária de mais 10 vereadores. Três ações foram julgadas improcedentes, mantendo os parlamentares nos cargos. Agora sobe para 53 o número de vereadores fora do mandato por causa da "farra" do troca-troca partidário.
           
Quem perdeu mandato na sessão desta terça do TRE:
Diego Bulgarelli Grelak (DEM) - Marcelândia
Jânio Souza de Moraes (PR) - Guiratinga
Paulo Eduardo (PR) - Figueirópolis D´Oeste
Francisco Laurenti Neto (PP) - Castanheira
Silvio José Alves Maracaipe (PSDB) -  Nova Nazaré
José Adão Batista de Souza (PR) - São José do Povo
Moacir Ferronato (PMDB) - Apiacás
Edclay Lopes Coelho PSB) -  Vila Bela da Santíssima Trindade
Vivaldo Ferreira de Almeida (PP) - Novo São Joaquim
Carlos Adriano Dalfior Silva (DEM) - Nova Marilândia

   Por unanimidade de votos, o Pleno julgou improcedente a ação que requereu o mandato do vereador por Juscimeira, Lindomar Duarte da Silva (DEM). A decisão acompanhou o voto do relator Alexandre Elias Filho. O vereador por Tapurah, Luiz Carlos Cozer (DEM), também conseguiu comprovar justa causa para sua desfiliação e se manteve no cargo em votação unânime, acompanhando o voto do relator Alexandre Elias. Por maioria, o juízes-membros julgaram improcedente a ação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral contra o vereador por Feliz Natal, Aníbal Alvez Vilela (PMDB). A decisão também acompanhou o voto do juiz relator Alexandre Elias.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • marcinho vep | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    afinal de conta de quem pertence o mandato do dep. ROBERTO FRANÇA ja faz um tempinho que o nobre senhor esta sem mandato so fica nas berada dos outros com licinça a justiça tenhe que toma providencia.

  • Tercy | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Edésio vc assim como o MCCE cobra tanta moralidade, mas, se calam diante da injustiça do TRE em cassar apenas os pequenos de toneladas ou enxurradas como quiser,os companheiros do interior, vai de 10 em 10, mas, e o Lutero Ponce e o Éden Capistrano, como ficarão? impunes? até quando? os dois tbém cometeram infidelidade com seus respectivos partidos ou não?

  • Maria Auxiliadora Maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Querido Rô eu quero saber é da cassação do Lutero Ponce e do Éden Capistrano ai sim vou pensar acreditar na justiça dos homens, neste caso do TRE. Vamos TRE coragem ou os dois não merecem ser cassados? Romilson mande uma jornalista tua ir até lá saber qdo estes dois serão julgados.

  • edesio do carmo adorno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Defendo a fidelidade partidária. O mandato deve realmente pertencer ao partido e o partido pertence a quem? Pelo que sei os partidos políticos são controlados por grupos reduzidos de indivíduos que são patrocinados para defender interesses diametralmente opostos aos do povo. Seria interessante que a Justiça Eleitoral também se preocupasse com o cidadão e igualmente punisse o político infiel, desonesto, corrupto, traidor da consciência popular. O acusado de corrupção não perde o mandato, já o que muda de partido é alijado, defenestrado. Bela incoerência. Resta uma pergunta: o que é mais grave, mudar de partido ou meter a mão no dinheiro público. Para a justiça eleitoral, o primeiro ilícito gera perca de mandato. Em tempo: também defendo o fim da justiça eleitoral. Esse apêndice (caríssimo) do judiciário já demonstrou sua absoluta ineficiência e inutilidade. O Tribunal de Justiça pode e deve incorporar as funções do TRE, assim como o STJ pode e deve incorporar as funções do TSE.

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...