Últimas

Terça-Feira, 19 de Maio de 2009, 17h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÁCERES

Em 2º turno, tucano bate todos os possíveis adversários

   Num segundo turno na disputa ao Palácio Paiaguás, mesmo diante de um cenário de completa indecisão sobre candidaturas majoritárias, o nome do prefeito da Capital Wilson Santos é o mais cotado junto aos eleitores de Cáceres, segundo detecta pesquisa estimulada do instituto Mark. Se o tucano disputasse hoje a sucessão do governador Blairo Maggi com o democrata Jayme Campos, seria o vitorioso com aval de 40,9% dos cacerences. Jayme teria 26,7%. Quase 30%, nesse caso, ficariam indecisos.

   Caso ocorresse segundo turno entre Santos e o empresário Mauro Mendes, a exemplo do que aconteceu na disputa pela Prefeitura de Cuiabá no ano passado, o prefeito do PSDB levaria vantagem também. Santos figura com 44,6% da preferência, enquanto o republicano aparece com apenas 7,3%. Indecisos somam 39,9%. Na disputa entre Santos e o vice-governador Silval Barbosa (PMDB), o tucano daria uma "surra" no peemedebista: 46,2% a 3,3%. Os cacerenses também preferem o nome de Santos se este concorrer ao Paiaguás contra o prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá, o Maurição (PR). Nesse caso, o placar seria 47,5% a 1%. O tucano ganha também de outro republicano, o deputado Sérgio Ricardo: 46,2% a 5%.

   Caso a disputa num eventual segundo turno fosse entre Santos e o juiz federal Julier Sebastião da Silva, o prefeito cuiabano imporia uma larga vantagem, segundo os eleitores de Cáceres. O prefeito ganharia o governo com 47,2%, ao passo que o magistrado teria somente 1,3%. Os demais possíveis candidatos a governador, como os deputados Percival Muniz (PPS) e Otaviano Pivetta (PDT) também figuram com percentuais insignificantes em relação aos atribuídos pelos eleitores cacerenses a Wilson Santos. Foram feitas 303 entrevistas em 42 bairros. A margem de erro é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Nelson Cacerense | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Duas opções ruins, faltou alguns nomes nesta pesquisa que com certeza fariam a diferença.

    Mas espero que os professores, e outros servidores do estado de Mato Grosso, não se esqueçam que qdo Jayme este no governo os servidores do estado passarão até fome.

    E não se esqueçam corre um boato que Jayme Campos é contra o MTSaúde.

  • Alexandre | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com o perdão da palavra , mas o Wilson dá um pau nos adversários!
    MEU DEUS!

  • Cano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COM ESSES RESULTADOS, INSUSPEITOS, ACHO QUE O WILSON DEVE DEIXAR A PREFEITURA E SAIR CANDIDATO!!!!!!!

    POR FAVOR WILSON FAÇA ISSO!

    NOS DÊ A ALEGRIA DE VÊ-LO FORA DA PREFEITURA!


    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.