Últimas

Quarta-Feira, 16 de Abril de 2008, 12h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VALE A PENA RECORDAR

Em 2002, Maggi prometia diminuir desigualdades

  Em 2002, Blairo Maggi entrou na disputa para governador a 3 meses das eleições e conseguiu, gradativamente, engolir os adversários, principalmente o então senador Antero de Barros, do PSDB, que tinha o poder da máquina com Dante de Oliveira no Palácio Paiaguás. Maggi pregou um novo jeito de se fazer política.

  No debate na TV Record em 24 de setembro, quando faltavam menos de 15 dias para as eleições gerais, Maggi de despediu com a promessa de, se eleito, trabalhar para diminuir as diferenças sociais que, para ele, eram gritantes e vergonhosas. Ganhou no primeiro turno, mesmo sob denúncias, inclusive de crimes.

   Em 2006, quatro anos depois, Maggi conseguiu se reeleger. Manteve o discurso de fazer um governo ousado, honesto e transparente. Desta vez apresentou menos promessa e "engoliu" os adversários também no primeiro turno. Na Assembléia, o governo é quase unanimidade. Assim, caminha livre sem oposição.

      Clique no play 2 vezes e veja o recado de Maggi, às vésperas das eleições de 2002.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem é isso que dá, o Mato Grosso não é o quintal de suas empresas governador, aqui é diferente, ou melhor falar como o dito popular é fôlego na prática hummmmm..
    Más o sábio povo de nosso estado vai fazer a diferença nas urnas, começando bem 2008 pra fechar com chave de ouro em 2010, não vamos mais cair em falácias de quem só sabe administrar seus negócios, administrar pelo povo e para o povo é muito diferente.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson,
    Não sei o que aconteceu com o Governador! as propostas de redução da carga tributária, e que as taxas do Detran-Mt., era uma vergonha e que após eleito, reduziria as taxas.

    Hoje, as taxas do Detran, quando o Cidadão atrasa, paga uma multa de 9 a 11% ao mês, ou seja, a correção é feita diariamente.
    Isso é uma vergonha!!!

    O Candidato precisa antes de fazer propostas duvidosas, conhecer o orçamento do Estado.

    Precisa de uma Assessoria competente, para correr risco de cair no ridiculo, ser taxado de mentiroso.

  • Fabiano Rabaneda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem vindo ao mundo politico.... Segundo Maquiavel, um principe deve abdicar de seus principios para se manter no poder... Maggi aprendeu abdicar bem rápido...

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...