Últimas

Terça-Feira, 01 de Janeiro de 2008, 01h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

RETROSPECTIVA

Em 2007, TRE cassou 3 e 528 estão na berlinda

 O ano que se finda é considerado um dos mais agitados para a Justiça Eleitoral de Mato Grosso. Vários líderes políticos foram a julgamento e outros enfrentaram processos de cassação no apagar das luzes de 2007. As atividades começaram com pronunciamento do novo presidente, desembargador José Silvério. Ele prometeu combate às distorções do rol de eleitorado e dos eleitos. Um dos primeiros processos de repercussão foi uma ação movida pelo Ministério Público contra o deputado estadual José Riva (PP). O Pleno julgou improcedente à representação que acusou o secretário-geral da Assembléia de comprar votos e gastar recursos ilicitamente, em Arenápolis, durante as eleições gerais de 2006.

 O TRE também investigou a denúncia de crime eleitoral contra os deputados Walter Rabello (PMDB), Maksuês Leite (PP) e Sérgio Ricardo (PR) por suspeita de prática de propaganda eleitoral extemporânea. A lei das eleições só permite a manifestação de propaganda de candidatos após 5 de julho do ano eleitoral. Os parlamentares, acusados de utilizar programas de TV para favorecimento político ante o pleito de 2008, ainda não foram a julgamento. Mauro Savi também foi incluso na lista de parlamentares denunciados por compra de votos. Acabou, porém, absolvido pelo Pleno.

    Nem todos se viram livres da cassação. A deputada estadual Chica Nunes e o deputado federal Pedro Henry tiveram seus mandatos cassados por compra de votos e propaganda eleitoral irregular. Eles negam crime. O julgamento, que começou em junho e foi concluído no TRE em novembro, foi um fato histórico. Os dois tiveram mandatos cassados. Entretanto, usaram brechas das leis para se manterem em seus cargos. Três dias depois, o TRE cassou mais um. Trata-se do deputado estadual Gilmar Fabris, acusado de pagar R$ 25 por voto em Poxoréo. Ele perdeu o mandato. Uma caderneta contendo dados de eleitores foi a prova cabal.

   A regra da fidelidade partidária fez movimentar como nunca o protocolo do TRE. A partir de 17 de janeiro, 528 pedidos de perda de mandatos devem entrar na pauta de julgamento. Entre os ameaçados estão os deputados Walter Rabello, que deixou  PMDB e ingressou no PP, e Mauro Savi, que saiu do PPS e foi para o PR, assim como o João Malheiros, secretário-chefe da Casa Civil. Já no legislativo cuiabano, os vereadores Chico 2000, que trocou o PPS pelo PR, o presidente da Câmara, Lutero Ponce, que trocou o PP pelo PMDB, e Deucimar Silva (DEM para PP), estão na berlinda. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Jeovaldo Rosa de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom seria se fosse ocontrario, já pensou TRE cassou 528 e veja só, seria incrivel faltou sómente 03, sem ser casado, que grande noticia de 2007, entraria 2008 com sapatos, botas e chinelos de OURO. Bom enquanto isso vamos sonhado.... Fui....

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.