Últimas

Sábado, 05 de Setembro de 2009, 10h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

LEGISLATIVO

Em 3 anos, 6 suplentes já viraram deputados titulares

   Em três anos desta 16ª Legislatura (2007/2010), seis suplentes ganharam a condição de titular na Assembleia Legislativa. São eles: Wagner Ramos (PR), Antonio Azambuja (PP), Jota Barreto (PR), Antonio Brito (PMDB), Vilma Moreira (PSB) e Nilson Santos (PMDB). Destes, os menos votados foram Brito, com 7.460 votos e, Vilma, com 5.239 votos. A inexpressividade é tanta que Vilma, por exemplo, não conseguiu reconquistar cadeira de vereadora por Rondonópolis no ano passado. Amargou a terceira suplência.

   Com a missão prática de apresentar e debater projetos e outras proposituras e de fiscalizar os atos do Executivo, cada deputado recebe R$ 12,5 mil de subsídio por mês, tem direito a mais R$ 15 mil a título de verba indenizatória, controla R$ 30 mil de verba de gabinete e usufrui de outros privilégios, como de um veículo Corolla à disposição do gabinete.

   Nos últimos dois anos, dois deputados foram contemplados com cadeira vitalícia de conselheiros do Tribunal de Contas, sendo eles Humberto Bosaipo e Campos Neto. Com isso, se tornaram deputados os então suplentes Wagner Ramos e Antonio Azambuja. Dois parlamentares peemedebistas viraram prefeitos: Juarez Costa, em Sinop, e Zé do Pátio, em Rondonópolis. De novo, surgem duas vagas na Assembleia, que passam a ser ocupadas por Jota Barreto e Antonio Brito. A eleição de Chico Galindo (PTB) como vice-prefeito da Capital em 2008 abriu espaço também no Legislativo para Vilma. Walter Rabello (ex-PMDB e hoje no PP) foi cassado por infidelidade partidária. Sua cadeira ficou com Nilson Santos (PMDB).

   Fora esses suplentes que ganharam a condição de titulares, outros 13 já passaram pela experiência de atuar na AL nos últimos três anos, mesmo que por quatro meses. Nesse "pacote" existem alguns privilegiados, como Roberto França (sem partido), que, graças a um esquema de rodízio com Gilmar Fabris, ocupa vaga durante quase toda esta legislatura, assim como o petista Alexandre Cesar, que está no lugar de Ságuas Moraes, secretário de Estado de Educação, desde fevereiro de 2007.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu tem é dô dessa coitada? ela no meio de tantos malas não vai fazer nada?jó se ela cair na jogada deles?

  • Maria Jose | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os professores de educação estao muito triste com a atuação da Vilma como dep ela deveria ter usado a tribuna para defender a classe que esta com o salario super defasado. o povo sabe dar a resposta olha a sua votação para vereadora em Rondonopolis.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vilma aproveita essa oportunidade e defenda os professores que te colocou para representa-los nao se cale.

  • josé maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não da nem pra entender essas palhaças que os mesmo ai articulam e fazem


    so mesmo a politica brasileira matogrosensse

  • dima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATÉ EU CONSIGO SER DEPUTADO DESSE JEITO. NÃO TEM UM PROJETO QUE VEM DE ENCONTRO COM A NECESSIDADE DO POVO. NOMES DE RUAS, DIA DISSO, DIA DAQUILO....DA LICENÇA! VAMOS ELABORAR PROJETOS QUE AJUDEM A SOCIEDADE. LARGA DE FAZER ACERTO AQUI E ALI E VAMOS FAZER OPOSIÇÃO AI DENTRO. TA TODO MUNDO DOMINADO PELA BOTINA AI DENTRO. O ANTERO TA VINDO AI HEIN E ELE JA TEM O MEU VOTO.

  • maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é vilma até agora não vi nenhum projeto seu entrou de suplente é não faz nada?não esqueçe do povo faz algumas coisa se não 2010 vc não ganha nem para presidente de barrio?vamos destar na tribuna da assêmbleia, que dê as melhorias salárias que vc prometeu aos funcionários públicos?

França, a gritaria e as contradições

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) sempre fez campanha eleitoral na gritaria. É daqueles populistas que fazem cara feia, falam alto e batem na mesa para tentar assustar e intimidar adversários e posar para o eleitor como "cabra macho", "valente" e acima de qualquer suspeita. Foi assim que se elegeu e se...

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...