Últimas

Sábado, 02 de Fevereiro de 2008, 07h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VALE A PENA RECORDAR

Em 98, Daltro era Dante e virou Maggi em 2006

   Chico Daltro é um retrato das posições contraditórias de muitos políticos. Em 1998, ele foi candidato a deputado estadual e se elegeu como fiel escudeiro de Dante de Oliveira. Já em 2006 (oito anos depois), Daltro mudou de palanque e virou aliado do então adversário Blairo Maggi (PR). Sem êxito, ele disputou uma vaga de deputado federal pelo PP. Ficou na primeira suplência. Agora, como oportunista e governista de carteirinha, conseguiu retornar ao poder.

   Hoje é secretário de Ciência e Tecnologia e ainda vive expectativa de, a qualquer momento, virar deputado federal, já que o titular Pedro Henry (PP) está com o mandato cassado e só se mantém no cargo por força de uma liminar do TSE.

   A trajetória política de Daltro sempre foi marcada pelo interesse notório em se manter próximo do governo do Estado. Durante os 8 anos da gestão Dante de Oliveira (1995-2002), Daltro esteve à frente da extinta secretaria de Agricultura (hoje Desenvolvimento Rural). Após a derrota da cúpula tucana na eleição ao governo e ao Senado, Chico Daltro mirou para outro palanque. Foi para o PP e se aproximou do governo Maggi.

   No vídeo, é possível conferir o que defendia Daltro em sua campanha em 98, quando pedia voto para Dante a governador e, em 2006, quando já era cabo eleitoral do então opositor Maggti. Em seu discurso, o progressista disse que, se eleito federal, iria lutar pelo fortalecimento empresarial do Estado e pela chegada da ferrovia. Pronunciou a palavra lutar por três vezes seguidas. É mesmo de luta, principalmente pelo emprego no poder. (Pollyana Araújo)

    Clique no play e confira o que dizia Chico Daltro no horário eleitoral de 1998, quando estava com Dante e, em 2006, no palanque de Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMO CONFIAR EM ALGUEM QUE SEGUE CEGAMENTE A FILOSOFIA DO PODER,NÃO IMPORTA QUEM ESTEJA NO PODER ,EU SOU O PODER.

    É ASSIM O SR.CHICO DALTRO,A QUEM O GOVERNADOR TEM AMPLIADO O PODER,DANDO LHE MAIS ORÇAMENTO PARA FAZER POLITICAGEM,COM O SR. RIVA E PEDRO HENRY.

    NESSE EPISODIO DO CEPROTEC FICOU BEM CLARO,QUE NÃO INTERESSA AO SR.CHICO DALTRO,O QUE O CEPROTEC,VAI FAZER OU ESTÁ FAZENDO, O QUE ELE QUER É O ORÇAMENTO, E O GOVERNADOR LHE DEU,DESMONTANDO UM TRABALHO EXCELENTE QUE ESTAVA SENDO EXECUTADO PELO DR. LUIZ FERNANDO.

  • Gustavo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o retrato do gonerno Maggi, os politicos se vendendo a troco de orçamento. Nào existe mais ética nesses politico. eagora estao ventilando a presença desse Sr tal de Chico Daltro na SEDER, só faltava essa será que esse cara vai querer acabar tbem com a EMPAER, INDEA e INTERMAT em troca de orçamento????????
    Mesmo porque na SECITEC nao esta fazendo p..... nenhuma.

    Governandor Maggi que decepçao.

  • Guilherme | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CLAUDIO ALVES SOBRINHO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    seus dias estão contados!!!!
    o você pensa que o povo é burro, ou o povo é burro por que você pensa, meu amigo chicote, seus dias estão contados, por que hoje és uma nova safra de cuiabano e matogrossense, não mais o povo simples e amavel que voce ajudou a estinguir da minha terra, eu vou ti falar o seu esta guardado na próxima eleição, cientista de pilantragem
    claudio cba

  • Ana Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson,
    Estou indignada! Os casos de se suscedem!!
    Mas, o problema politico brasileiro é muito profundo.
    Sem poder e dinheiro é dificil a eleição, por melhor intencionado que seja o candidato.
    A compra de voto e troca de favores ainda fazem a diferença.
    E, se as politicas (feitas por gente igual Chico , Verinha e Bosaipo e tantos outros que já foram mostrados aqui)não mudarem, ficaremos ainda por muitos anos nas mãos desses politicos populistas e irresponsáveis. Que falam ao vento.
    Ninguém diz, pois parece preconceituoso, mas a classe média que sustenta o país está, politicamente, nas mãos daqueles que precisam do bolsa familia, de telha, de dentadura, de R$ 50,00... Essa classe decide a eleição e, se nada mudar, será assim por muitos e muitos anos.

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.