Últimas

Terça-Feira, 22 de Fevereiro de 2011, 16h:35 | Atualizado: 22/02/2011, 19h:48

Artigo

Em artigo, Dejair manda recado aos vereadores sobre a Sanecap

Vereadores, a Sanecap é do povo de Cuiabá

   Em outubro de 2009 o então secretário de Fazenda, Eder Moraes, declarou: "O problema da Sanecap é de gestão", ao lembrar que a assinatura do termo de dação (dívida do município com o Estado) foi uma medida atenuadora, uma alternativa do Governo para possibilitar, inclusive, que a administração municipal pudesse ter acesso aos recursos e obras do PAC. "Se a Sanecap quer incentivos, que apresente seu plano de expansão e crescimento.

   Para ser gestor público é necessário ter a coragem de tomar decisões que agradam e, muitas vezes, também desagradam. Nós chegamos a oferecer ao município a retomada da Sanecap, mas esta opção não foi aceita, ou seja, não admitem falta de competência para gerir a companhia e querem empurrar os problemas para debaixo do tapete", completou.  

   Todas as afirmações feitas pelo secretário estão atualizadas até os dias de hoje. Falo com conhecimento do assunto, uma vez que sou ex-diretor comercial da Sanecap. Senhores vereadores, a Sanecap está investida dos serviços públicos de saneamento básico de Cuiabá como operadora dos sistemas de tratamento e distribuição de água para a população cuiabana, bem como da captação e tratamento do esgoto. A Sanecap não é detentora da titularidade e da propriedade dos bens utilizados na prestação desses serviços essenciais, ou seja, eles são de titularidade do Estado de Mato Grosso (SANEMAT) e só passarão a ser de propriedade do município quando for concluído e cumprido o pagamento, formalizado entre as partes no prazo de 360 meses. Vereadores, "Para dizer o que vai acontecer, é preciso entender o que já aconteceu" - (Nicolau Machiavel).

   A campanha de desmonte da Sanecap foi arquitetada pelas ações negativas do ex-prefeito Wilson Santos, ao anunciar para os usuários do sistema que a ETA Tijucal seria a solução para a falta de água nos bairros de Cuiabá, assim como o PAC, fato que gerou só prejuízo para o nome da companhia. E a atual gestão pretende a privatização. Prefeito, "Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos por todo tempo" - (Abraham Lincoln).

   O gestor público se traduz em metas e ações de propósitos inicialmente traçados via missão da organização e estratégias estabelecidas. Em seis meses que estive à frente do cargo de diretor comercial realizei algumas ações. Assumi o cadastrado de consumidores com apenas 16% de um total de 140.885 ligações faturas e elevei para 74%. Implantei o Serasa no primeiro mês, maio de 2010, e recebemos 58 contas, num total de R$ 5.222,38. Em outubro do mesmo ano passamos a receber 13.836 faturas, que corresponderam a R$ 548.609,55.

    Tomei todas as medidas para o cumprimento da Lei 11.445, conhecida como lei do saneamento. "A instalação hidráulica ligada à rede pública de abastecimento de água não poderá ser também alimentada por outras fontes (Poços Artesianos)". Só esta medida representa um aumento na arrecadação de 40%, ou R$ 4 milhões. Aqui está um plano de expansão para companhia, os grandes consumidores que usam apenas os poços artesianos. Em maio do ano passado encontramos uma arrecadação na ordem de R$ 6.392.685,00. Em outubro elevamos este valor para R$ 8.400.890,00. Um aumento de 28% em plena crise de falta de água e com a denúncia da máfia da seca. 

   Convidamos a Progence, empresa de Recife, para nos apontar soluções para a falta de água nos bairros de Cuiabá e eles apontaram para o monitoramento da pressão da rede de água. A solução para esta gestão é formada por equipamentos modelo MD 6001 e sistema na internet, que permitem o acompanhamento da pressão por meio das informações emitidas por sensores instalados em diversos pontos da rede, os Modem´s OK. A cada quatro minutos é enviada a pressão instantânea, alimentando uma base de dados utilizada para consultas e monitoramento remotos.

   Já a proposta do sistema de controle de abastecimento de carro pipa, controla e acompanha o processo de abastecimento de água feito pelos veículos por meio da internet, a diretoria da Sanecap nem quis analisar. Foi aí que percebi que já estava fazendo parte do desmonte da companhia. Todos estes trabalhos foram paralisados pela atual gestão. A falta de administração do prefeito de Cuiabá é tamanha, que estas ações necessitam de sua intervenção junto aos gestores da companhia.

   O projeto de lei 3.940 de dezembro de 1999 determina que são isentas de pagamento de água as igrejas e locais de cultos religiosos. Isto representa mais 1,1 mil entidades que não pagam o que usam. A Câmara aprovou e não apontou quem pagaria a conta. Hoje esta perda de receita representa em torno de R$ 350 mil. A sanecap tem para receber R$ 54 milhões em faturas vencidas de todos os bairros da Capital. O próprio município não paga suas contas de água. Somente as secretárias devem R$ 3.812.843,66. A Sanecap gasta do seu recurso cerca de R$ 375 mil para manter o aterro sanitário, competência esta da secretaria de Infraestrutura. Senhores vereadores, esta é a prova que a Sanecap é extremamente viável. Só pontuei o bico do iceberg, dependendo do rumo do debate mostraremos o tamanho desta montanha.

    Dejair Soares é Publicitário em Cuiabá

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Marcelo Castro | Sexta-Feira, 25 de Março de 2011, 10h31
    0
    0

    Isso me parece mais um pedido de emprego que um artigo.

  • Marcelo Castro | Sexta-Feira, 25 de Março de 2011, 10h26
    0
    0

    Não entendi a finalidade esse artigo, parece mais alguem pedindo emprego.

  • Bruno Savaendra | Quarta-Feira, 23 de Fevereiro de 2011, 15h00
    0
    0

    Parabéns Dejair, nao adianta esse pessoalzinho do galindo querer falar mal de vc, a VERDADE É SO UMA CUIABA ESTA UM CAOS! UMA VERGONHA!! NEM PARECE UMA CAPITAL!! TOMA VERGONHA PREFEITO!!

  • AGDA AMORIM | Quarta-Feira, 23 de Fevereiro de 2011, 10h56
    0
    0

    Dejair, quero sugerir à voce: sugestão de pauta para o seu próximo Artigo. BURRACOS... Dejair nao de valor a certas pessoas que o critica, voce esta sendo o único a defender a nossa querida Cuiabá, e isso esta deixando muita gente preocupado. Voce esta fazendo o papel dos Partidos e de todos os vereadores de Cuiabá. Abraço e fique sem com Deus, para cada vez mais te proteger e te de mais sabedoria.

  • Raquel de Oliveira | Quarta-Feira, 23 de Fevereiro de 2011, 08h10
    0
    0

    Raquel de Oliveira, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • PEDRO DE ALCANTARA NETO | Quarta-Feira, 23 de Fevereiro de 2011, 06h00
    0
    0

    FALTA PESSOAS COMPETENTE NA ADMINSTRAÇAO, APARTIR DO PREFEITO, QUE NAO É CUIABANO, NA PRÓPRIA CAMARA EXISTE INTERESSE FINANCEIRO PELA VENDA DA SANECAP, VAMOS CUIABANOS ACORDAR NAO VAMOS DEIXAR VENDER ESTE PATRIMONIO NOSSO.

  • Milton Ribeiro | Terça-Feira, 22 de Fevereiro de 2011, 22h44
    0
    0

    "Há tantos burros chefiando homens de inteligência que às vezes penso que a burrice é uma ciência"(autor desconhecido)Esse Cidadão Dejair, cometeu um monte de bobagens que por um bom tempo a Sanecap terá que arcar com pagamento de multas e até danos morais.Porque não tentou mudar o que acha errado quando lá esteve? Depois que é demitido vai falar mal? ora! ou srá que já está tentando se aproximar do Governo do Estado?

  • Sergio Prates | Terça-Feira, 22 de Fevereiro de 2011, 21h44
    0
    0

    Diante do exposto neste artigo,acho que o prefeito Chico Galindo, deve rever o quadro em que se encontra a sanecap,e nunca pensar em privatizar uma empresa de tamanha importância para os Cuiabanos.Estamos de olho no Prefeito e nos Vereadores.2012 vem ai.......vão querer votos......

  • Antonio Vilella | Terça-Feira, 22 de Fevereiro de 2011, 21h38
    0
    0

    Louvável iniciativa com colocações pontuais. Só quem já passou pela empresa sabe o que ela ainda pode render. O que acontece, é que a cada mudança de prefeito essa questão vem a tona, então que se faça outras audiencias públicas como aconteceu em 2007 e vejam a opinião da população. Está ai o WS de prova. A companhia é muito viável e se não fosse quem teria interesse na mesma. Estão implantando a politica de quanto pior melhor. Será por que 2012 terá eleições municipais??? Fica ai a dúvida.

  • Pedro Tavares | Terça-Feira, 22 de Fevereiro de 2011, 21h36
    0
    0

    Este artigo ficou muito bom,espero que os vereadores que foram eleitos pelo voto do povo cuiabano,entrem na luta em favor da não privatização da sanecap, o povo esta de olho em voces nobres vereadores.

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.