Últimas

Terça-Feira, 27 de Novembro de 2007, 15h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Em artigo, jornalista defende Serys e ataca jornal

Jornalista Enock Cavalcanti   O jornalista Enock Cavalcanti, petista de carteirinha e assessor de imprensa da senadora Serys Marly Slhessarenko (PT), sai em defesa de sua chefe em mais um episódio polêmico. Publicou um artigo no Observatório da Imprensa, sob o título "Jornal mente sobre senadora". Enock se refere a uma reportagem publicada em O Estado de S. Paulo, na edição de 10 de novembro, intitulada "Força-tarefa do caso Zeca investiga Serys".

Serys Marly, por meio de seu assessor, desmente jornal    A matéria assinada por João Naves revela que o MP de Mato Grosso do Sul que investiga o "mensalão do Zeca" – suposto esquema de pagamentos a aliados em troca de apoio ao ex-governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT –, levantou suspeita de que a campanha da senadora Serys (...) teria recebido R$ 200 mil. O nome dela aparece, associado a esse valor, em livro-caixa apreendido pelos promotores que serve de base às investigações".

    Em defesa do emprego de assessor e, segundo ele, para restabelecer a verdade, Enock Cavalcanti contrapõe a reportagem do Estadão. "(...) Ao contrário do que O Estado de S.Paulo publicou, a força-tarefa do Ministério Público não citou, uma vez sequer que fosse ou em qualquer momento de sua investigação, o nome da senadora Serys. A informação do Estadão é leviana, mentirosa. Criminosa."

    Clique aqui e veja o artigo de Enock "Jornal mente sobre senadora".

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Mario Fontana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O jornalista Enock Cavalcanti bolou a bola entre as pernas do Estadão. Grande jogada! O jornalão foi bater com a cara no chão, pego que no momento em que praticava o anti-jornalismo. Podemos discordar da Serys, mas desse flagra monumental. Parabens para o Enock. Voce continua sendo um exemplo, camarada!

  • REINALDO DA SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o ezequiel, que aproveita este espaço de comentário, para tentar atacar o enock, nem sequer sabe ler direito. Não viu que lá no Observatório, o Enock está, sim, devidamente qualificado como profissional que é. Já o jornal O Estadão, depois deste fato, decididamente, está mais do que desqualificado. Pena que a turma que comenta prefira distorcer a realmente avaliar a gravidade da denuncia.

  • dENTIM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o eSTADO DE sÃO pAULO É UM JORNAL MUITO PODEROSO QUE, PELO JEITO, SE COMPORTA COMO UM DESSES JORNAIS DE MATO GROSSO. qUE hORROR!

  • alberto s. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pouca gente lê esse jornal Estadão aqui em Mato Grosso, nunca vejo ele na banca mais é um jornal importante que deveria dar explicações, já que foi questionado. A serys, como política, já deve ter se acostumado a levar bordoada, porque todos políticos levam. Ela deveria se afastar daquele congresso onde só tem coisa ruim como o Renan, o Collor...mas o jornalista Enoc fez o papel dele e vi que ele escreve muito bem, mostra ser muito preparado

  • Mizael Rebouças | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pimenta nos olhos dos outros é refresco.
    Todos os jornalista são mentirosos, inclusive você Enock.

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Havia dito, anteriormente, que o pseudo-jornalista era suspeito para atacar,presumir,julgar, investigar quem quer que seja, a partir do momento em que, o mesmo mamava no PT, via tetas turbinadas da senadora Serys. Resumo da ópera; MÃO NA CUMBUCA,ALMA NO FOGO DO INFERNO!!!

  • ezequiel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que o Observatório da Imprensa errou ao não qualificar o Enock como assessor do gabinete da senadora Serys. A reportagem do RDNews fez a observação que faltou ao site do Dines. Quanto ao sanguessuga, o Brasil inteiro sabe como o Senado fez para proteger os seus. A retribuição foi dada na votação da cassação do Renan. No caso do propinoduto do Zeca do PT, veio dinheiro para a campanha de MT. Serys era candidata a cargo majoritário. Óbvio que foi beneficiária de qualquer vantagem ilícita feita a favor do PT de Mato Grosso. Ou não?

  • marli arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falar da vida alheia e criticar os outros é fácil.
    Quero ver agora Sr. Enock, dono da verdade, da moralidade, como fica a Serys nesta história??!!! é inocente como o presidente Lula. Com certeza para vc deve ser inocente, é a que paga seu bererê no final do mês. Todos jornalistas tambem são corruptos, é so pagar a propina do mês ( e baratinho, não precisa ser muito não) para falar bem. São todos mortos de fome, salário de miséria que já se corrompe.
    Assessor de Sanguessuga

  • Adriana Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Aqui em Brasília Dona Serys Marli, que de professorinha se transformou numa socialite, que paga em média 10.000,00 reais por vestido, 2.000 a 3.000 mil por cada par de sapatos, compra suas "ropichas" numa botique de alto luxo, a "daslu" de Brasília. Onde ela achou esse dinheiro??? SANGUESSUGA??? MENSALÃO DO PT???
    Gostaria que o Sr. ENOCK, jornalista, PT de carteirinha manifestasse sobre o assunto.... Mas não vai.... Está na folha de pagamento da Senadora Serys... É, e assim a mídia brasileira é LEGÍTIMA, CONFIÁVEL, IMPARCIAL, INDEPENDENTE, e eu acredito em papai noel! Minha gente, como dizia o saudoso Collor, essa mídia é muito pobre, ganham mal porque se vendem por muito pouco! Sequer entendem o poder que tem nas mãos.... Pobre Enock, renove seus conceitos, você está ultrapassado. Você não emplaca a nova geração, que pensa e tem nojo de jornaleco!

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...