Últimas

Quarta-Feira, 12 de Março de 2008, 19h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Em carta, Sérgio diz não à cúpula estadual do PR


Sérgio Ricardo reforça a renúncia do diretório de Cuiabá
Foto: Jupirany Devillart

  O presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo, avisou nesta quarta à direção estadual do PR, através de uma carta, que não aceita continuar no comando da legenda em Cuiabá. Magoado com o grupo do governador Blairo Maggi, que o "fritou" como pré-candidato a prefeito da Capital, Sérgio desistiu do pleito e também entregou a presidência do diretório.

  "Sou homem afeito a reflexões, não a indecisões. Ao anunciar publicamente minha renúncia do PR cuiabano, o fiz de maneira resoluta e consciente", diz Sérgio, na carta encaminhada ao presidente estadual da legenda republicana, Moisés Sachetti. Ele disse que sua decisão o libera das amarras e dos compromissos imediatos, impostos pelo pleito deste ano, para exercer na plenitude o mandato de presidente da AL. Em outro trecho, o deputado enfatiza que não abdicou do papel político e que assumiu a doutrina de uma ideologia voltada ao desempenho do mandato.

  No último dos quatro parágrafos da carta, Sérgio Ricardo conclui: "(...) Reforço o meu pedido de afastamento da presidência do Diretório Municipal do PR de Cuiabá, salientando que a renúncia pode ter muitas faces, mas o idealismo tem única expressão: o semblante da lealdade. Deixo a direção do partido, mas não me exonero de meu apostolado político, nem tampouco de meus ideais de vida".

  • Clique aqui e veja a reprodução da carta de Sérgio para o PR-MT.

   O pedido oficial de Moisés Sachetti para Sérgio continuar presidente do PR da Capital foi encaminhado na segunda (10). Nele, o dirigente regional escreve que "o nobre deputado e membro de nosso partido é uma das mais expressivas lideranças políticas de MT e com sólida e ilibada trajetória na vida pública, sempre marcada pelo compromisso, com valores de lealdade, ética e democráticos e, acima de tudo, com a sociedade cuiabana e mato-grossense".

   O documento é assinado por Moisés Sachetti, pelo vice-presidente regional Rubimar Barreto Silveira e por 6 membros do PR municipal, sendo eles Francisco Vuolo, Lincoln Sardinha, Francisco Carlos Silveira, Milton Rodrigues, Helny de Paula e Margareth Buzetti.

  • Veja aqui a íntegra da carta do PR estadual para Sérgio.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Sérgio Ricardo ao mostrar aos botinudos que dignidade e honra para os grandes homens não tem preço que pague,agindo assim os seus eleitores estarão sempre3 com o senhor e na hora certa o recompensara

  • Rodrigo M. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    È Serjão que carta linda!! Assessoria ótima escreve muito bem, até chorei de emoção...
    Mas vamos falar sério!!
    Essa turma da Butina é sarcástica mesmo!! Estão no poder e agora não quer largar, tanto que vão minando as pessoas que não são interessantes para eles, só que não vão ganhar a prefeitura de Cuibá, Várzea Grande e Rondonópolis, maiores cidades do Estado, 2010 lhe aguarda, e os Mato grossenses também. Eu já vi esta história antes.

  • Agadir da Silva Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho que o Sérgio se contradiz, pois foi ele que ficou de decidir se ia ser candidato a Prefeito ou não, e ele é muito indeciso, ficou muito tempo sem saber se definir.
    Eu acho que ele quiz fazer (dôce).O Sérgio mais parece uma criança quando quebra um brinquedo.

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.