Últimas

Quarta-Feira, 12 de Março de 2008, 19h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Em carta, Sérgio diz não à cúpula estadual do PR


Sérgio Ricardo reforça a renúncia do diretório de Cuiabá
Foto: Jupirany Devillart

  O presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo, avisou nesta quarta à direção estadual do PR, através de uma carta, que não aceita continuar no comando da legenda em Cuiabá. Magoado com o grupo do governador Blairo Maggi, que o "fritou" como pré-candidato a prefeito da Capital, Sérgio desistiu do pleito e também entregou a presidência do diretório.

  "Sou homem afeito a reflexões, não a indecisões. Ao anunciar publicamente minha renúncia do PR cuiabano, o fiz de maneira resoluta e consciente", diz Sérgio, na carta encaminhada ao presidente estadual da legenda republicana, Moisés Sachetti. Ele disse que sua decisão o libera das amarras e dos compromissos imediatos, impostos pelo pleito deste ano, para exercer na plenitude o mandato de presidente da AL. Em outro trecho, o deputado enfatiza que não abdicou do papel político e que assumiu a doutrina de uma ideologia voltada ao desempenho do mandato.

  No último dos quatro parágrafos da carta, Sérgio Ricardo conclui: "(...) Reforço o meu pedido de afastamento da presidência do Diretório Municipal do PR de Cuiabá, salientando que a renúncia pode ter muitas faces, mas o idealismo tem única expressão: o semblante da lealdade. Deixo a direção do partido, mas não me exonero de meu apostolado político, nem tampouco de meus ideais de vida".

  • Clique aqui e veja a reprodução da carta de Sérgio para o PR-MT.

   O pedido oficial de Moisés Sachetti para Sérgio continuar presidente do PR da Capital foi encaminhado na segunda (10). Nele, o dirigente regional escreve que "o nobre deputado e membro de nosso partido é uma das mais expressivas lideranças políticas de MT e com sólida e ilibada trajetória na vida pública, sempre marcada pelo compromisso, com valores de lealdade, ética e democráticos e, acima de tudo, com a sociedade cuiabana e mato-grossense".

   O documento é assinado por Moisés Sachetti, pelo vice-presidente regional Rubimar Barreto Silveira e por 6 membros do PR municipal, sendo eles Francisco Vuolo, Lincoln Sardinha, Francisco Carlos Silveira, Milton Rodrigues, Helny de Paula e Margareth Buzetti.

  • Veja aqui a íntegra da carta do PR estadual para Sérgio.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Sérgio Ricardo ao mostrar aos botinudos que dignidade e honra para os grandes homens não tem preço que pague,agindo assim os seus eleitores estarão sempre3 com o senhor e na hora certa o recompensara

  • Rodrigo M. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    È Serjão que carta linda!! Assessoria ótima escreve muito bem, até chorei de emoção...
    Mas vamos falar sério!!
    Essa turma da Butina é sarcástica mesmo!! Estão no poder e agora não quer largar, tanto que vão minando as pessoas que não são interessantes para eles, só que não vão ganhar a prefeitura de Cuibá, Várzea Grande e Rondonópolis, maiores cidades do Estado, 2010 lhe aguarda, e os Mato grossenses também. Eu já vi esta história antes.

  • Agadir da Silva Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho que o Sérgio se contradiz, pois foi ele que ficou de decidir se ia ser candidato a Prefeito ou não, e ele é muito indeciso, ficou muito tempo sem saber se definir.
    Eu acho que ele quiz fazer (dôce).O Sérgio mais parece uma criança quando quebra um brinquedo.

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...