Últimas

Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2008, 12h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SOLENIDADE

Em discurso, chefe do MP "detona" os políticos

  O procurador-geral de Justiça do Estado, Paulo Prado, criticou a administração pública em discurso nesta quinta durante a inauguração das sete varas especializadas que vão dar celeridade nos processos do Judiciário. "O gasto público é infinitamente exagerado". Segundo Prado, a sociedade está a cada dia mais sofrida, enquanto pessoas (políticos) estão impunes e andam por aí como se fossem senhores da verdade. Apesar da alfinetada na classe política, o chefe do Ministério Público mantém boa relação institucional com os Poderes, tanto em relação ao Executivo, sob Blairo Maggi (PR), quanto ao Legislativo, conduzido pelos deputados Sérgio Ricardo (presidente) e José Riva (primeiro-secretário).

   Prado se referiu à criação, na prática, da Vara Especializada contra o Crime Organizado, a Ordem Tributária e Econômica e os Crimes contra a Administração Pública. A inauguração, no Fórum de Cuiabá, reuniu, num auditório apertado, diversas autoridades do Judiciário, além de representantes de outros Poderes e órgãos vinculados, como do TCE. De políticos, estavam presentes somente o deputado federal Valternir Pereira (PSB) e a prefeita em exercício Jacy Proença (PSDB) e, no final, a vereadora cuiabana Enelinda Scala (PT).

   Na avaliação de Paulo Prado, essa vara específica vai cuidar, por exemplo, de processos referentes a delitos praticados por quadrilha, bando ou grupo criminal. "Era uma reivindicação antiga do Ministério Público. Estamos satisfeiros com a instalação das varas e vamos trabalhar em parceria", destacou Prado. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DR.PAULO PRADO,


    CONHEÇO VOSSA EXCELENCIA E SUA TRAJETORIA DE VIDA,ASSIM COMO A HISTORIA DA SUA FAMILIA,FATO QUE ME DEU GRANDES ESPERANÇAS QUANDO DA SUA NOMEAÇÃO PARA DIRIGIR MO MINISTERIO PUBLICO DE MATO GROSSO.

    O SEU CARATER E BIOGRAFIA NÃO PODE FICAR MACULADO,O MINISTERIO PUBLICO,CRIADO ,PELA CONSTITUIÇÃO DE 1988,PELAS MÃOS DO INESQUECIVEL DR. ULYSSES,DEU PODERES AO MP PARA SER O FISCAL DA SOCIEDADE.

    E, ESSA SOCIEDADE QUE PAGA O VOSSO SALARIO E CONFIA EM VOSSA EXCELENCIA,ESPERA E AGUARDA UMA RESPOSTA,AS TANTAS AGRESSÕES AOS NOSSOS CODIGOS PELOS POLITICOS MATOGROSSENSES,QUE NÃO REESPEITAM SIQUER A CASA DE LEIS,ONDE ESTÃO TRABALHANDO.

    SENÃO COMO ENTENDER ESSA PANTOMIMA MONTADA PARA APROVAR E EMPOSSAR O HUMBERTO BOSAIPO NO TRIBUNAL DE CONTAS,OU TUDO MUDOU? UM CIDADÃO COM 50 ,PROCESSOS CIVEIS E MAIS OITO CRIMINAIS,ACUSADO DE FORMAÇÃO DE QUADRILHA,IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E PECULATO É INOCENTE ? PRIMÁRIO ?.

    TAMBEM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DEVE A ESSA MESMA SOCIEDADE ,QUE TAMBEM LHES PAGA O SALARIO, O JULGAMENTO DOS PROCESSOS DA DUPLA DINAMICA RIVA E BOSAIPO.

    A SOCIEDADE MATOGROSSENSE ESPERA E MERECE UMA RESPOSTA DAS SUAS INSTITUIÇÕES ! SENÃO EM QUEM ACREDITAR ? NESSES POLITICOS QUE ASSALTAM OS COFRES PUBLICOS AFRONTAM A MEMORIA DESSE POVO DA TERRA DO MARECHAL RONDON E DON AQUINO.

  • marcelo arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paulo Prado indicou cargos no executivo do estado e agora vem com este discurso de moralista.
    Um exemplo de indicação foi o seu primo Marcos Prado como diretor da AGER/MT.
    Seria de bom alvitre este discurso se Paulo Prado pedisse que seus indicados pedissem demissão.

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Paulo Prado - com a sua força no MP. vamos derrubar a inmunidade isso e um atraso na Democracia Brasileira

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Troço engraçado. O nobre Procurador critíca asperamente a classe política, mas sob sua administração, o MP deste Estado teve seu orçamento anual generosamente engordado pelo poder executivo, o qual, em sua boa parte é formada por... políticos.

    Ademais, outro dia, (se não me engano neste sítio) foram demosnstrados gastos abusivos do MP de Mato Grosso.

    Ah, já ia esquecendo. O nobre MP, sob a batuta do não menos nobre Procurador, cega vergonhosamente sobre os casos de nepotismo no Governo estadual e "desce a lenha" nas Prefeituras.

    E aí, como é que fica?

    Gastar dinheiro público com trocas nada edificantes de e-mail por simples vaidade puuuoooooodshhh...

  • mirela batista lince | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Drº Paulo Prado, concordo com tudo o que o senhor disse, isso demonstra que o senhor não se deixou abater ou cegar pelo coroamento do poder, permanece ainda a sua sensibilidade social e vontade de transformar, pelo menos é o que deixa transparecer nas suas declarações. No entanto, nobre paulo prado, pelo qual tenho grande apreço e admiração, pois é da minha geração, amigos de infância, no entanto, me permita dizer que o ministério público peca ao não tomar nenhuma providências quanto aos diversos escândalos praticados no órgão ambiental deste estado, a sema. Só para constar, seria ético um sobrinho de um conselheiro do tribunal de contas ser diretor do fundo estadual de meio ambiente? seria ético parentes ocuparem cargos de confiança no órgão? seria ético os chefões daquele órgão alugarem carros alugados de luxo, enquanto falta veiculos para os técnicos fazerem vistorias técnicas? isso sem falar sobre favorecimento ao trâmite de certos projetos em detrimento da grande maioria que mofa nas prateleiros aguardando "conversações" com certos pesos pesados do órgão? pela sua biografia, pela minha tenra admiração por ti paulo prado, vamos mudar essa situação na sema.

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Palavras, somente palavras, discurso sem nexo com as ações concretas que efetivamente o Procurador Chefe do Ministério Público teria que tomar contra os politicos que ele critica.

  • Pedro A Castro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CALA-TE BOCA.....AHAHAHAHAHAHAHAHAH....IHIHIHIHIHIHI....KKKKKKKKKK

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...

Vinicius e demagogia sobre salário

vinicius nazario 400 curtinha   Em Alta Floresta, o delegado de polícia Vinicius de Assis Nazario (foto), candidato a prefeito pelo Podemos, tem se apresentado como "o novo", prega honestidade, transparência e renovação, mas, em algumas pautas, nada diferente dos demais políticos. Uma de suas propostas, mais de...