Últimas

Segunda-Feira, 01 de Janeiro de 2007, 11h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Em discurso, Lutero fala em ética e transparência

    Com uma hora de atraso, o vereador Lutero Ponce (sem partido) tomou posse nesta segunda na presidência da Câmara de Cuiabá, numa sessão solene com cerca de 300 convidados. Começou às 10 horas. Ele discursou por 25 minutos. Falou de sua trajetória e entrou em detalhes da vida pessoal. Revelou que foi um filho peralta e acabou, inclusive, sendo mandado pelos pais para um internato em Lins (SP), onde permaneceu por 4 anos. Foi garimpeiro, pecuarista e 'quebrou' financeiramente quando adotou a agricultura como profissão. Depois falou da experiência de montar uma mineradora na Libéria, país da África Ocidental. "Trabalhei lá mais por um ano para recuperar o que a lavoura me tomou. Mas a África me ensinou", conta o novo presidente do legislativo cuiabano, que passa a controlar um orçamento mensal de R$ 1,2 milhão.

     Lutero lamentou a morte da mãe Suely e destacou, após fazer confusão com datas, que resolveu permanecer em definitivo em Cuiabá, a partir de março de 98, quando o então governador Dante de Oliveira o convidou para ser o diretor-administrativo e financeiro do Instituto de Metrologia do Estado (Imetro-Imeq). No governo Rogério Salles (2002) passou ao cargo de superintendente do Imetro. "Espero repetir na Câmara o que fiz no Imetro, que fiscaliza tudo. O mandato de vereador é difícil, mas vamos agir com ética e transparência", prometeu Lutero Ponce, eleito em 2004 com 3.520 votos pelo PP.

    Em nenhum momento do discurso Lutero, que deixa o cargo de primeiro-secretário da Mesa para assumir a presidência, fez referência às acusações sobre atos de improbidade na Câmara. Apesar disso, pronunciou, por duas vezes, as expressões "transparência" e 'lealdade" e "ética".

     O parlamentar defendeu fortalecimento do legislativo e pediu apoio do prefeito Wilson Santos, que estava presente à sessão, no respaldo aos pleitos dos vereadores. "São os vereadores que estão próximos do povo. Esperamos ter um espaço maior na imprensa para divulgarmos as ações, as indicações e com muita responsabilidade". Lutero afirma que passa a comandar a Câmara até 31 de dezembro de 2008 com um único objetivo: "melhorar a qualidade de vida da população".

      Disse que a Câmara tem sido atuante. Citou, como espécie de prova dos trabalhos o fato de quatro vereadores terem sido eleitos nas urnas de 2006 a outros cargos eletivos (Walter Rabello, Chica Nunes e Guilherme Maluf como deputados estaduais e Valtenir Pereira como deputado federal). Lutero elogiou a antecessora Chica Nunes, para quem foi fundamental para a conquista do espaço da Câmara, que antes era ocupado pela Assembléia Legislativa, e enfatizou que o governador Blairo Maggi agiu com inteligência ao recuar e ceder o prédio para o funcionamento do legislativo cuiabano.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...