Últimas

Sexta-Feira, 21 de Dezembro de 2007, 12h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CUIABÁ

Em entrevista a Rossi, Santos admite 4 falhas

Em entrevista a Lino Rossi, o prefeito Wilson Santos admite falhas administrativas  Prefeito diz que errou ao apressar a desativação do terminal da Bispo, em aumentar  IPTU e a tarifa do transporte coletivo e por desativar a Secom 

  Em entrevista nesta sexta (21) ao apresentador de TV, radialista e ex-deputado Lino Rossi, no programa Chamada Geral, na Cuiabana FM, o prefeito Wilson Santos (PSDB) reconheceu que cometeu falhas nestes três anos de mandato. Admite quatro que considera de natureza grave. Uma delas, segundo Santos, foi a extinção da secretaria de Comunicação de Cuiabá. "Fiz isso, pois, não sabia que a Comunicação era tão importante. Eu não dava valor". Justifica, porém, que no final de 2005,  reconstruiu a pasta.

   Santos cita como seu segundo erro a desativação, em 2005, do terminal de ônibus da praça Bispo Dom José, no centro. "O nosso grande erro foi não comunicar aos 55 mil usuários do transporte sobre a data da desativação da estação Bispo". Lembra que essa extinção fazia parte de uma das suas propostas de campanha eleitoral em 2004, porém, pecou em não informar corretamente a população sobre as alterações no itinerário dos veículos coletivos. À época, a secretaria de Trânsito e Transporte Coletivo está sob Emanuel Pinheiro.  

   Ainda em relação ao transporte coletivo, Santos confessa que errou em aumentar o valor da tarifa do transporte coletivo de R$ 1,85 para R$ 2,05. Admite que acabou desrespeitando uma lei federal, que implantou o Plano Real em 94, segundo a qual as tarifas públicas não podem ser reajustadas com prazo mínimo de 12 meses.

     Na tentativa de melhorar sua imagem um tanto desgastada junto à população cuiabana, Santos enfatizou que reconhece publicamente seus erros.  "Quero reconhecer publicamente e acho que sou um dos poucos homens públicos que sempre reconheci meus erros".

   Dentre outras falhas, o prefeito recorda o aumento da alíquota do IPTU para imóveis construídos, elevando-a de 0,4 para 0,6. "Fizemos essa majoração sem antes analisar outras possibilidades de incrementar a arrecadação do IPTU", confessa. Observa que na época, a sociedade se organizou, a oposição pressionou e se viu obrigado a recuar da decisão. "Quando recuamos, as pessoas diziam que era feio para um prefeito voltar atrás."  

   Observa que todos estão sujeitos a erros. "Sou um ser humano, tenho minhas angústias e aflições e não tem nada mais belo que você reconhecer o seu erro". Por fim, garante que, "toda vez que identificar um erro vou ter a humildade de dar um passo atrás". (Pollyana Araújo)

    Clique no play e ouça do próprio prefeito a confissão das falhas administrativas

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    WILSON SANTOS PERDEU TODO O RESPEITO QUE EU TINHA POR ELE AO TER IDO NESSE PROGRAMA.

    POLÍTICO EM MATO GROSSO TEM MEDO É DE PROGRAMA POPULISTA E MEDÍOCRE, DA JUSTIÇA NÃO.

    ESTE ESTADO É UMA VERGONHA NACIONAL, TENHO VERGONHA DE MORAR AQUI!!!

  • Sheila Queiróz de Moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cada dia que passa o meu respeito e admiração pelo Prefeito Wilson Santos aumenta... reconhecer erros e uma virtude, só assim podemos conserta-los, o trabalho que vem sendo desenvolvido pela administração do Prefeito e notável.Continue assim Prefeito. Eu tenho orgulho de ser Cuiabana e muito respeito pela nossa terra.

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É muita ENCENAÇÃO !!!

    Sr. Wilson Santos, com todo aparato (secretários, assessores, etc) que V.Sª dispunha, ERRAR é sinônimo de incompetência, diria até de muita irresponsabilidade. Os erros que diz ter cometido, trouxe prejuízos irreparáveis a famílias, a empresas, aos cofres públicos. E quem vai reparar isso ??? Se tivéssemos uma Câmara Municipal composta por pessoas sérias, essas atrocidades poderiam ter sido evitadas. Cadê o MP ??? Cadê o TCE ???

    Vindo de V.Sª esse reconhecimento que errou não dá para acreditar. Certamente é mais uma das suas encenações, a exemplo do veto do passe livre.

    Lamentavelmente o que temos visto nos últimos 3 anos é Cuiabá sendo usada como laboratório por pessoas que não tem compromisso com a cidade, com a população. Veja nossas policlínicas, nosso pronto-socorro, olhem para os problemas de infraestrutura nos bairros (devem estar todos "mapeados" com diz o Euclides), administração na SANECAP não tem, nossas escolas todas sucateadas, por fim nosso trânsito... quantas "obras" desnecessárias. Rotatórias na rua do Hospital São Mateus é uma piada nacional, retornos na Av. do CPA (quanto dinheiro público jogado fora)... ufa ! Tá faltando mais coisas, mas acho que é o suficiente para comprovar que seus quatro erros na verdade é uma outra MENTIRA... você não errou apenas quatro vezes, sua administração NÃO ACERTOU EM NADA.

    Estamos de olho, dúvido que essa avenida das torres e esse rodoanel saiam da fase de patrolamento ?

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...