Últimas

Quarta-Feira, 17 de Outubro de 2007, 16h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

DEBATE

Em nota, Abicalil lembra expulsão de Valdebran

    O candidato a presidência estadual do PT, deputado Carlos Abicalil, destaca, em nota acerca da matéria "Após escândalo, Abicalil se afasta de Valdebran", que em até 2005, quando Valdebran Padilha participava de uma reunião para escolha da chapa que concorreria a direção do partido "não havia fatos que desabonassem o filiado". Valdebran esteve envolvido no escândalo do dossiê antitucanos e responde a processo na Polícia Federal. Ele acabou expulso do PT.

   Na nota, divulgada por meio de assessoria, Abicalil considera a notícia requentada e sugere que o assunto tenha vindo à tona por causa da disputa interna no PT. Ele concorre com a atual presidente Serys Marly e com Domingos Sávio Garcia. A eleição será em dezembro. Confira, a seguir, a íntegra da nota.

   NOTA DE ESCLARECIMENTO

    "Referente a matéria publicada no site RDNEWS na data de 16/10 – Articulação  “Após Escândalo, Abicalil se afasta de Valdebran”, temos a esclarecer o seguinte: em todas as reuniões do PT ou do Campo Articulação Unidade na Luta - CNB (Ex- Articulação), corrente interna à qual pertence o deputado, participam  filados do Partido. Nem a Coordenação do Campo e muito menos o deputado Carlos Abicalil, faz qualquer discriminação na participação desses filiados.

     Na notícia requentada – e nós sabemos por quem e a quem ela interessa nesse momento  de disputa interna do Partido dos Trabalhadores – aparece o nome do sr. Valdebran Padilha na lista dos participantes de uma reunião na discussão para a formação de chapa ao PT  em 2005. Na lista há mais 42 nomes. Até então, não havia fatos que desabonassem o filiado.

    Após do caso chamado “dossiê anticucano”,  Valdebran foi expulso do Partido pela instância competente, cuja decisão foi apoiada pelo deputado. O contrato de locação do imóvel foi rescindido imediatamente após a ocorrência, conforme consta da prestação de contas aprovada pelo TRE-MT. Induzir uma leitura linear dos fatos distanciados em 15 meses pode distorcer a opinião do leitor. Seria o mesmo que afirmar que quem negociou compra e venda de propriedade particular com o Sr. Vedoim já soubesse (e participasse) de práticas ilícitas."
  Atenciosamente,
  Wilmar Schrader
 Chefe de gabinete do deputado Carlos Abicalil

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro wilmar schrader,apesar de oportuna a nota de esclarecimento,em relação ao senhor Valdebram Padilha,apesar de não conhecer pessoalmente o jornalista Romilson o seu Blog vêm se destacando pela maneira isenta que ele nos trás as notícias políticas de nosso Estado honrando a sua profisão como poucos e muito antes dele a imprensa nacional já trouxe a público o livre trânsito do senhor Valdebram pelo gabinete do ilustre dep.Carlos Abicalil que devido a esta ligação por muito pouco não viu o seu nome diretamente envolvido no caso do dossiê de triste lembrança para todos os brasileiros em especial a nós matogrossenses natos,pela sua biografia política o digno legislador deveria vir a público e dizer que providência o PT tomou em relação a todos os aloprados e principalmente que ajuda prestou a PF para responder a origem do dinheiro ilícito usado e já que o povo ainda não teve todas as respostas verdadeiras o assunto não pode ser taxado de requentado e nem cair no esquecimento pois desta forma estariamos maculando a DEMOCRACIA ao criarmos uma situação de insegurança institucional,pois me lembro que nas linhas de investigações adotas estavam que o dinheiro nacional passou pela contravenção e os dólares pelas contas da filha do presidente Lula,tudo amplamente divulgada pela imprensa´séria e livre.No nascedouro da sociedade americana um dos seus principais líderes dizia o seguinte:
    -Não há Democracia sem os olhos e ouvidos atentos da imprensa livre, mesmo que a notícia não nos agrade

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OH: notinha mais sem logica essa de explicar o
    obvio, como pode ser amigo, eleitor ,
    correligionário quase um sócio e dizer 15 messes depois que não sabia(alias é bem do Pt)
    tirar corpo fora, depois de ter sido beneficiado com
    apoio do mesmo...... (o VAldebram) fiquem tranquilo que nós e toda, fada, papai noel, ET,gnomos ,
    acreditamos na nota......

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E a turma do caixa dois, qual atitude.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não quero crer que o Rdnews iria se prestar a esse tipo de esquema ou seja requentar noticia à serviço de alguem>

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...