Últimas

Quarta-Feira, 30 de Maio de 2007, 19h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Em nota, direção do PMDB critica governo Maggi

Partido diz lamentar que "este governo não trabalha com partidos, mas com pessoas"

   Numa "Nota à População" com oito tópicos, que será publicada nesta quinta (31) nos principais jornais impressos do Estado, a direção estadual do PMDB, presidida pelo deputado Carlos Bezerra, faz críticas ao governador Blairo Maggi (PR). Contesta as declarações de Maggi de que o partido cobrou cargos. "O PMDB jamais cobrou qualquer cargo no atual governo. Aguardou ser chamado institucionalmente para discutir sua participação na atual administração, o que não ocorreu", destaca um dos trechos da nota.

     O partido lembra que Maggi declarou publicamente que ofereceu duas secretarias à legenda, a Educação e, depois, a Infra-Estrutura. Depois alfineta: "O PMDB lamenta a declaração de que este governo não trabalha com partidos, mas com pessoas (...)". Mesmo tendo Silval Barbosa na cadeira de vice-governador, a cúpula do PMDB ensaia posição de independência em relação à gestão Maggi. Confira abaixo a nota na íntegra..

"NOTA À POPULAÇÃO:
PMDB NÃO PEDIU CARGOS AO GOVERNO

Em função de recente declaração do governador Blairo Borges Maggi na edição do jornal A Gazeta, de 27/05 (pág. 8), de que “o PMDB queria cargos para o partido” e ele teria dito “não”, distanciando o partido do governo, o PMDB de Mato Grosso vem a público fazer os seguintes esclarecimentos:


1)     O PMDB jamais cobrou qualquer cargo no atual governo. Aguardou ser chamado institucionalmente para discutir sua participação na atual administração, o que não ocorreu;
2)     O que existiu de fato foi que governador, em público e em pelo menos duas ocasiões, disse que iria oferecer inicialmente a Secretaria de Estado de Educação e, posteriormente, a Secretaria de Infra-Estrutura, para o partido;
3)     Os motivos que levaram o governador a recuar das propostas são de inteira e exclusiva responsabilidade sua, não devendo repassá-la ao PMDB ou qualquer dirigente do partido;
4)     O PMDB lamenta a declaração de que este governo não trabalha com partidos, mas com pessoas. A assertiva vai na contramão de tudo o que se discute no país hoje em termos de reforma política, como a fidelidade partidária e a implementação de uma política que resgate a credibilidade da população nas instituições partidárias; 
5)     O PMDB reafirma que ajudou a eleger o atual governo e que sempre se colocou a disposição para contribuir com a efetivação de políticas públicas que vão ao encontro das propostas programáticas historicamente defendidas pelo partido;
6)     O PMDB reitera o que já dissera antes mesmo da coligação “Mato Grosso Unido e Justo” ser efetivada, em 2006: que o partido sempre esteve à disposição para ajudar o Estado a superar os graves problemas que enfrenta, como a falta de uma política de saneamento básico e a falta de uma política fiscal justa, que atraia investimentos e não penalize o cidadão;
7)     O partido também sempre se colocou a disposição para ajudar o Estado a melhorar seu desempenho em áreas como saúde, regularização fundiária, educação e segurança pública;
8)     Se ao atual governo não interessa esta contribuição, cabe ao PMDB manter-se na trincheira de suas bandeiras e, principalmente, na continuidade da defesa dos interesses maiores da população de Mato Grosso, como sempre esteve".

Cuiabá, 30 de Maio de 2007.
Diretório Regional do PMDB

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo Elias Dantas Aquino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O dep.Carlos Bezerra tem toda razão.O PMDB deve ter um tratamento melhor do gov.Maggi,são 4 deputados Estaduais,e o partido não tem nenhuma secretaria,perdendo para o PT que ficou com a SEDUC.Acredito que o Blario não dá espaço para o PMDB,pensando já nas próximas eleições,isto é fortalecer o seu futuro rival.Infelizmente existem alguns parlamentares que não pensam na fidelidade partidaria e age em causa própria.Lembrando o Dep.Percival Muniz,quando teve na TV Record,as vezes o executivo tem que fazer até carinho será este o caso de algum dep.ficar em cima do muro?É o Blário foi um bom aluno do dep Percival.

  • Marco Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que algumas pessoas do partido (PMDB) estao de olho na eleiçao de 2008, fazendo politicagem, principalmente esses "caciques", que ja deveria ter aposentado.

  • juarez ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PMDB, PARTIDO DE GRANDE TRADIÇÃO NOS TEMPOS DE TANCREDO, ULISSES GUIMARÃES,DEFENSFOR LIBERDADE DE IMPRENSA, PELA BUSCA DE IGUALDADE SOCIAL. HOJR É UM PARTIDO QUE SAI GOVERNO, ENTRA GOVERNO ELE SEMPRE ESTÁ PRESENTE. ISSO PARA MIM É OPORTUNISMO. SE NEM BLAIRO AGUENTOU, É PORQUE ELES QUEREM O CÉU E A TERRA

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

Queda nas receitas e o salário regular

emanuel pinheiro 400 curtinha   Prefeitos de um modo geral vão conseguir pagar a folha do funcionalismo de março, na próxima semana, sem tantas dificuldades. Já para abril, a tendência é que passem apurados para manter os vencimentos em dia, por causa do reflexo negativo da pandemia do coronavírus,...

Galvan, afronta à legislação e multa

antonio galvan 400 curtinha   O presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan (foto), que tentou, mas acabou desistindo da disputa ao Senado, está sempre envolvido em polêmicas, seja nas demandas do agronegócio, seja no cotidiano da política. A mais recente é que ele, juntamente com outros produtores, está...

Destaque nas ações anti-coronavírus

leonardo bortolini leo 400 curtinha   O prefeito de Primavera do Leste Leonardo Bortolin (foto) vem recebendo elogios e ganhou o noticiário nacional por medidas práticas, céleres e seguras no atendimento à população, em meio aos cuidados para prevenção ao coronavírus. Desde a semana...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.