Últimas

Sexta-Feira, 11 de Maio de 2007, 15h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SAÚDE PÚBLICA

Em nota, Maluf nega nepotismo e perseguição

   O secretário de Saúde de Cuiabá, Guilherme Maluf, divulgou nota, contetando nepotismo por prática de uma diretora nomeada por ele. Também negou haver perseguição a servidores. Segundo ele, o ambiente hoje na pasta é ‘de estrema tranqüilidade e harmonia‘. ‘Eu sou recebido com muita cordialidade e expectativas de mudanças pelos servidores‘, enfatizou o secretário.

    Ele explica, por meio de nota, que após a denúncia publicada aqui no RDNews de que uma diretora nomeada teria contratado parentes para trabalhar na SMS, fez um levantamento cujo resultado não comprovou a veracidade da acusação. Os parentes de Rosângela Maria de Assis, indicada à diretoria pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Lutero Ponce, já estavam lotados antes na Saúde.

    "Desde que fui eleito vereador nunca contratei um parente como assessor e não permitirei que ninguém pratique nepotismo aqui na Secretaria de Saúde".

     Sobre a acusação de que Rosângela de Assis, diretora de Atenção Básica, teria contratado seis parentes, o secretário informa que três das pessoas citadas na denúncia anônima foram contratadas em gestões passadas, e outros dois foram contratados nesta gestão, mas não são parentes dela. Rosângela contratou apenas seu irmão Rogério Frederico de Assis por 30 dias, para que a ajudasse a reorganizar documentos e se inteirar na pasta. Frederico foi desligado da SMS no dia 03 de maio.

    "Não existe, por outro lado, nenhum tipo de perseguição aqui na Secretaria. Esse tipo de comportamento não faz parte da minha índole", afirma taxativamente, referindo-se aos comentários de que ele estaria perseguindo a auxiliar de enfermagem Vilma Francisca Gomes Pinheiro. Segundo o secretário a servidora foi devolvida ao órgão de origem que é a vigilância epidemiológica, onde ela trabalhava antes de ir para a diretoria de Atenção Secundária.

     "Como secretário tenho a liberdade de transferir servidores para o local onde ele melhor possa contribuir com a Secretaria de Saúde", completa Maluf, colocando-se a disposição da sociedade para quaisquer esclarecimentos, prevalecendo a sua proposta de administração transparente, honesta e exclusivamente comprometida com o cidadão.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.