Últimas

Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2007, 20h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EDUCAÇÃO

Em nota, Ságuas questiona resultado do provão

    Preocupado com a repercussão nacional de uma matéria veiculada no Fantástico, da Rede Globo, neste último domingo, que revelou que os estudantes terminam o terceiro ano do Ensino Médio despreparados para enfrentar uma prova do vestibular, o secretário estadual de Educação, Ságuas Moraes Sousa, divulgou uma nota. Ele diz lamentar a forma de avaliação adotada e que a reportagem "Provão do Fantástico" pode ter mostrado um resultado falso negativo.

     Leia a nota abaixo.

    "A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), as direções das Escolas Estaduais Liceu Cuiabano Maria de Arruda Muller e Presidente Médici e a comunidade escolar das duas instituições de ensino lamentam a forma da avaliação veiculada pela Rede Globo neste domingo, 11 de novembro, no programa Fantástico. Na reportagem “Provão do Fantástico”, as duas maiores escolas estaduais de Cuiabá são apontadas como piores do Brasil a partir de uma avaliação realizada com apenas dez alunos num universo de 1.500 matriculados no 3º ano das instituições de ensino citadas. Portanto, foi uma amostragem pequena, com chances de culminar num resultado falso positivo ou falso negativo.

   Esclarecemos que a média nacional da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2006 foi de 39,5; Na Escola Liceu Cuiabano foi de 38,94; e na Escola Presidente Médici a média foi de 36,03. Observa-se que os resultados do Enem nas duas escolas estão próximos da média nacional. Ressaltamos ainda que a média nacional do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é de 3,8; a de Mato Grosso é de 3,6; O índice do Liceu Cuiabano é de 3,9 (maior que a média nacional) e a do Presidente Médici, 2,7.

    Portanto, números reais indicam que as duas escolas estão com indicadores muito próximos da avaliação realizada pelo Ministério da Educação, que, vale ressaltar, é baseada em critérios e metodologia científica abrangendo todos os alunos das escolas públicas urbanas do País. Sendo assim, os números apresentados pelo Fantástico não reproduzem, de modo fiel, a realidade dessas escolas. Sem dúvida, a avaliação apresentou um resultado falso negativo.

    Em nenhum momento a Secretaria de Estado de Educação e o Governo de Mato Grosso omitiram para a sociedade os dados reais da Educação no Estado, que são preocupantes sim, mas, no entanto há um esforço enorme do Governo, da Seduc e de toda comunidade escolar a fim de garantir uma Educação pública de qualidade em nosso Estado". 

SÁGUAS MORAES SOUSA
Secretário de Estado de Educação 

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • junior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEM Q RANCAR TODO ESSE POVO RUIM DE SERVIÇO DA DIRETORIA DO COLÉGIO E COLOCAR GENTE CAPACIDADE QUE NAO Q FICAR ESPERANDO O SÁLARIO PIFIO MAS QUE CONTENTA ESSES POBRES DE ESPIRITO!!!FORA DIRETORIA...RENOVAÇÃO URGENTE

  • Regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Achei que eu iria ler algo que me convenceria de que o fantastico errou, mas acabei de crer que nós estamos caindo de um precipicio.
    Gente é o fim da picada. Estamos literalmente fritos. A minha esperança acabou, imaginem como será o futuro desses jovens? Quanta bolsa, auxilio e etc será preciso pra sustentar a quantidade de pessoas desempregadas e sem qualificação em um futuro muito próximo????
    Vou para a Bolivia, Argentina, Venezuela, Iraque, Haiti, sei lá qualquer país deve ser melhor que o Estado de Mato Grosso.

  • Ricardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vamos seguir o exemplo do presidente que não estudou e chegou lá.

  • Marcos Tavares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    JUSTIFICAR O QUE SR. SECRETÁRIO? O PROVÃO FOI IGUAL PARA TODOS. NINGUÉM ESCOLHEU MATO GROSSO PARA APLICAR UMA PROVA MAIS DIFÍCIL. O QUE É PRECISO ENTENDER É QUE O EXEMPLO VEM DE CIMA. UM PAÍS ONDE O PRESIDENTE É IGNORANTE FUNCIONAL, QUEM É QUE VAI VALORIZAR A ESCOLA? PARA O PT ESTA ÓTIMO, O RESULTADO DO PROVÃO É GARANTIA DE DOAR CESTA BÁSICA POR MUITO TEMPO E ASSIM GARANTIR VOTO ÚTIL DE UM CURRAL ELEITORAL ANTES EXPLORADO POR CORONÉIS E AGORA POR COMUNISTAS.

  • washington luis de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu quero o resultado do provao 2008 em cuiaba

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossos estudantes estão dentro da média nacional.

    A TV Globo é suspeita para colocar essas matérias que carecem de comprovação de veracidade e que denigrem a imagem de nosso estado neste momento.

    A TV Globo tão logo descobriu que o Partido da República (PT) lançaria Blairo Maggi candidato a sucessão do presidente Lula resolveu veicular matérias desse tipo.

    Lamentável que a TV Globo se ache no direito de interferir nos destinos políticos do país.

    Se faz necessária verificar a serviço de quem está esta rede de televisão.



  • Carlos S. da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Marcelo Arruda vc tem que pisar no chão, vc tá viajando na maionese, Blairo Maggi não consegue mais se eleger nem prefeito da cidade dele quanto mais presidente da República.

  • Benedito LEITE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que falta para esse pessoa da butina seria trabalho. Nao adianta dizer q nao concorda, isso mostra q voces nao fazem nada. Pior, so a educacao, e as estradas, a saude etc. Ja ficou evidente q o pessoal do PT agora virou motossera.

  • ANA LUIZA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SAGUAS TENTA JUSTIFICAR O PÉSSIMO RESULTADO DO PROVÃO DO FANTÁSTICO, COM OUTRO PÉSSIMO RESULTADO, JÁ QUE 3. ALGUMA COISA NÃO É UMA BOA NOTA, POIS O RECOMENDADO É DE PELO MENOS 6.0. TUDO O QUE NÃO PRESTA ACONTECE EM MT. IMAGINA SE A EDUCAÇÃO TAMBÉM NÃO ESTARIA ENVOLVIDA EM MARES DE LAMA? O SECRETÁRIO DEVERIA RECONHECER QUE ISSO É MESMO UMA LÁSTIMA E PROPOR MUDANÇAS RADICAIS. ISTO, CLARO, CONJUNTAMENTE COM A COMUNIDADE ESCOLAR.

Extremista vai ter que se explicar na PF

Marcelo Stachin 400   O barulhento militante de extrema-direita Marcelo Stachin (foto) tem perdido o palco desde que teve um pífio desempenho nas urnas e acabou com apenas 0,8% dos votos para prefeito de Sinop. Em sua busca incessante por aparecer, o bolsonarista, que é investigado pelo STF por espalhar fake news, decidiu ironizar e...

Prefeitos, MPE e afastamento do cargo

jose antonio borges 400 Prefeitos de MT que descumprirem as diretrizes do decreto estadual que impôs o toque de recolher em todo o território podem até mesmo ser afastados do cargo. O alerta é do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira (foto), e reforçada pelo procurador Domingos...

Prefeito se rebela e é enquadrado

vander masson 400 curtinha O prefeito de Tangará da Serra Vander Masson (foto), do PSDB, bem que quis ser rebelde, mas acabou enquadrado pelo MPE. Vander fez um decreto mais ameno que o do governo do Estado, impondo toque de recolher a partir das 23h, mas teve de recuar após ser notificado pelo MPE. Nas redes sociais, para evitar desgaste com...

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...