Últimas

Domingo, 17 de Maio de 2009, 11h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA DE CUIABÁ

Em plenário, vereadores costumam aderir sessão comédia

 Os bastidores na Câmara Municipal de Cuiabá, que conta com cerca de 500 servidores e seus 19 vereadores, revelam situações curiosas, hilárias e que beiram a comédia, mas também trazem preocupação. Há muita gozação entre os próprios parlamentares, que ganham R$ 9,2 mil e têm direito a quase R$ 10 mil mensais a títuto de verba indenizatória, mais de 15 assessores, veículo à disposição e outros privilégios. Nos dias de sessão, eles contam com um café-da-manhã que é um verdadeiro banquete.

   Todo eufórico, o mato-grossense de Vila Bela da Santíssima Trindade Roosivelt Coelho (PSDB), que substitui o titular Edivá Alves, subiu à tribuna na sessão da última quinta. Na hora de iniciar o pronunciamento, descobriu que havia esquecido as anotações sobre sua mesa. Com 1m65 de altura e pesando quase 100 quilos, Roosivelt resolveu correr num espaço de cerca de 5 metros. Arriscou um splint (última arrancada em ciclismo ou atletismo para o atleta tentar cruzar a linha de chegada em primeiro lugar). Na volta, todo ofegante, o tucano foi alertado pelo colega petista Lúdio Cabral:
   - Devagar! Eu sou médico, mas não sou cardiologista!
   Todos caíram em gargalhada. A mais exagerada partiu do pedetista e apresentador de TV Toninho de Souza. Roosivelt é espécie de um Zé do Pátio na Câmara. A exemplo do que fazia em seus pronunciamentos na Assembleia, o ex-deputado e hoje prefeito de Rondonópolis, o tucano se empolga tanto que chega a gritar no microfone. O exagero na oratória é para agradar ao prefeito Wilson Santos, de quem é aliado de carteirinha.

...e Chico 2000Pastor Washington...   O pastor Washington Barbosa (PRB) também tem produzido situações engraçadas. Ele é o secretário da Mesa Diretora e tem a missão de fazer a leitura de tudo que se registrou na sessão ordinária anterior. O complicado é que o vereador enfrenta problema de dicção. Tem a "língua presa", o que dificulta a pronúncia, principalmente porque troca a letra "R" pelo "L". Essa má articulação das palavras é uma dislalia. Por causa disso, seus colegas batizaram-no de Cebolina, numa alusão ao personagem de história em quadrinhos e tirinhas, criado em 1960, e que fala trocando o "R" intervocálico pelo "L". Em meio ao clima, às vezes tenso, Washington convive com brincadeiras por ter estatura e fisionomia parecidas com o seu colega vereador Chico 2000 (PR). Também leva a dúvidas na identificação quando estão juntos o vereador Adevair Cabral e o fotógrafo da Câmara, Fablício Rodrigues.

    Reação

   Um dos mais parlamentares mais mau humorados é Clovis Hugueney, o Clovito (PTB), que está licenciado para tratamento médico. Qualquer crítica que recebe da imprensa, ele faz questão de subir à tribuna para apresentar sua versão dos fatos, xingar e até provocar jornalistas. Ainda em fevereiro, o repórter Téo Meneses, do jornal A Gazeta, aproveitou o tumulto no Legislativo por causa do escândalo sexual envolvendo o vereador Ralf Leite (PRTB) e perguntou para Clovito como seria o seu voto numa eventual votação no processo de cassação de mandato. O petebista fingiu que a pergunta não era com ele. Diante da insistência do repórter, ele correu para a tribuna e disse:
   - Eu quero consultar o jornalista Téo para que ele me passe as 6 dezenas da Mega-Sena, já que ele quer dar uma de Mãe Dináh (vidente) e quer adivinhar o meu voto!

   Outro que também usa a tribuna para desancar a imprensa é o evangélico Levi de Andrade, o Leve Levi, ex-secretário de Meio Ambiente da Capital e que trocou o PSDB pelo PP. Ele não gostou de uma matéria assinada no RDNews pela repórter Patrícia Sanches, que, ao entrevistar o também vereador Ivan Evangelista (PPS), este atribuiu ao progressista a coordenação da campanha do candidato a prefeito de Cuiabá derrotado nas urnas em 2004, Alexandre Cesar (PT), e se envolveu em esquema de caixa 2, e, ao mesmo tempo, era tido como aliado de Wilson Santos. Levi ficou na bronca e, da tribuna, disse: "Quem deu as declarações e quem escreveu a reportagem deve estar com o cérebro afetado pela febre suína e, por isso, delirou”. Até mesmo na hora de contrapor as informações, Levi se equivocou. Não seria febre, mas sim gripe suína.

Vereadora Lueci Ramos  Na "sessão comédia", entra em cena também Lueci Ramos (PSDB). Ela aproveitou os comentários de que o colega Domingos Sávio (PMDB) havia "torrado" os R$ 9 mil referentes a abril de verba indenizatória somente com postagens junto aos Correios, e ficou passando a mão direita na língua e, com a outra, apontando para Sávio, tudo para reforçar aos jornalistas o apelido de "Selinho" atribuído ao peemedebista. 

   Muitas declarações polêmicas e até questionáveis disparadas por vereadores durante a sessão passam despercebidas pela imprensa. O presidente da Câmara, vereador Deucimar Silva (PP), disse o seguinte, enquanto presidia uma das sessões da semana passada: "O envolvimento do Ralf com travesti menor de idade não chega a 1% do que foi encontrado na auditoria sobre as contas do Lutero Ponce". Ninguém viu, ninguém o questionou e tudo ficou como dantes.

   Alguns não estão nem aí para a missão de legislador e, muito menos para a postura e traje. Um deles é o suplente e que voltou à cadeira de vereador Júlio Pinheiro (PTB). Ele substitui Clovito e tem faltado a maioria das sessões. Quando comparece à Câmara, chega atrasado. Néviton Fagundes (PRTB) está "lançando" moda. Para as sessões, ele se apresenta trajando camisa, gravata e paletó e, de quebra, calça jeans e tênis.

   Mesmo com notebook à disposição, os vereadores Ivan Evangelista, Ralf Leite, Néviton, Deucimar e Adevair Cabral (PDT) não usam o equipamento para acessar, por exemplo, a internet. Acontece que falta a eles conhecimento básico em informática. Se acomodaram, principalmente porque têm à disposição para isso vários assessores. E, assim, segue a rotina no Legislativo cuiabano, que consome mensalmente R$ 1,6 milhão dos cofres públicos e enfrenta desgaste por causa de escândalos políticos. (Romilson Dourado)

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • RAFAEL ANTONIO VIEIRA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É esse o Poder Legislativo de Cuiabá, um verdadeiro Circo Armado, quem desse realmente está preparado para ser um verdadeiro legislador? Rossevelt? Pate-pau de w.S, não sabe e nem vai saber o que ele está fazendo no Parlamento, pois só sabe esbravejar pelo cotovelos que defende o Pinoquio, e Projetos até agora nada. Lueci sem comentarios,Advair Cabral, Artista Global, Neviton ... professor cadê a representatividade aos colegas e ao bairro? Ralf, não sabemos se ele existe, gente pelo amor de nossos filhos e netos, vamos expurgar esse fariseus na proxima eleição essa é a maior arma que temos, não deixemos legar pelo papo furado,ou compra de votos, justifiquemos nossos propositos na urna não vote em nenhum desses falsos parlamentares.

  • Antônio do Pedregal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo seria ironico se fosse um programa humorístico, mas estes representantes deles mesmo estão passando a mão no dinheiro público, e deslavadamente rindo as nossas costa. Cadei neles

  • ANTUNES DA SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Temos que indignar com a forma sórdida que esses supostos representantes fazem em benefício próprio. Não atingindo os interesses maiores, que é nosso. Devemos mudar tudo isso, mas, para isso façamos um reflexão séria, se é que queremos uma transformação. Chega, basta de eleger pessoas que não tem compromisso com a sociedade e pregam ainda que tem representatividades, pensam que somos ignorantes. Sei que a estrutura para eleger um desses é astronomica. E os caciques usam verdadeiramente a máquina governamental. Não temos representante verdadeiro só de MENTIRA. Mas a culpa é nossa. Vamos indignar, vamos dar o troco.

  • rosimeire | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado, essa imprensa só fala mal dos vereadores, e esquecem do presidente da camamra Deucimar Silva. Ele tambem é uma comedia apatica: 05 meses de governo - 5 meses sem fazer nada; falador; auto promoter e, principalmente, usa o nome de DEUS EM VÃO. Vão dozer que voces da imprensa não vêem isto? sERÁ QUE TÃO RECEBENDO MERENDA??

  • Marcelo Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VERDADEIRAMENTE ESSA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ NÃO ESTÁ PASSANDO DE CIRCO RSS....SERIA INTERESSANTE CONVOCAR O SAUDOSO LIU ARRUDA ¨COMADRE NHARA¨ E A DUPLA NICO E LAU RSS.....QUE PROJETO ESSA CÂMARA APROVOU DE IMPORTÂNCIA NA ATUAL LEGISLATURA? É VEREANÇAS, VOCÊS DEVERIAM SE INSCREVER NO ¨SHOW DO TOM¨ RSS.....

  • Eduardo Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não vi nesta matéria critica aos vereadores que atuam ainda na área de Comunicação e outros.
    Caso não saiba, o Ver. POP criou um Projeto de Lei para a 3ª Sessão ordinária, hoje as sessões acontecem apenas as terças e quintas- feiras das 9 as 13 hs, acontece que na hora da votação para a deliberação do horário, visto que o projeto havia sido aprovado pelos 19 vereadores, não houve consenso no horário da referida sessão, pois um Vereador não podia pois é professor e choca o horário com suas aulas, outro não podia pois é médico e atende no Posto de Saúde, outro Vereador tem programa na TV e no rádio, também choca o horário. ISSO TAMBÉM É COMÉDIA, afinal foram eleitos para serem vereadores e não para acumular salários com outras atividades.

    Taí uma sugestão para uma futura matéria , divulgue os parlamentares que recebem salarios também de outra fonte e acham que o cargo de vereador é bico.

  • ADRIANO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSA CAMARA MUNICIAPAL REFLETE O NIVEL DO POVO CUIABANO, PORQUE AS PESSOAS QUE ESTÃO LÁ FORAM ELEITAS POR NÓS CUIABANOS, A QUEM TEMOS QUE RECLAMAR? APAREÇA AGORA ALGUÉM QUE VOTOU NO RALF, OU NO LUTERO, PROVAVELMENTE NA HORA QUE ELES PEGARAM O CINQUENTÃO ELES FICARAM FELIZES, AGORA AGUENTA. O POVO QUE VOTOU NESSA CORJA É O MESMO QUE DESTRÓI O RIO CUIABÁ QUE JOGA LIXO NAS RUAS E NÃO SE PREOCUPA COM O BEM ESTAR DO PRÓXIMO. SERÃO MUITOS ANOS A SE PASSAREM AINDA ATÉ QUE TUDO MELHORE.

  • Mariana Carvalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Daí dá para se perceber os esteriótipos criados para a legislatura.
    O que se espera de um Político? No caso aqui de um vereador, que ele se vista bem e esteja dentro dos critérios da magra moda copiada dos americanos, se expresse em conformidade com a Academia Brasileira de Letras, seja educado, fino,polido, pode até roubar desde que ,como mulher traída, isso não apareça na sociedade e ninguém saiba. E duas vezes na semana vá até a Camara e apresente indicações de nomes de rua, ,projetos para cadastros de motel, coisas bem amenas, mornas,que não mexam com a vida dos grandes mas que também não mude a vida de ninguém.
    Acorde Povo, guando aparece alguém como Roosivelt Coelho, que grita esbraveja mas apresenta propostas, tais como, a proposta de desoneração do Transporte coletivo, abaixando o valor cobrado pelas empresas de transporte, exclusividade do Profissional das areas da Educação e Saúde com valorização Profissional e aumento de salário, CPI da Pedofilia, crime bárbaro que abusa e mata nossas crianças é logo criticado, porque não gostamos do que é diferente? Isso é sessão comédia?
    Continue assim Roosivelt Coelho, não se deixe levar pela intelerância dos que continuam na mesmice, como já dizia o sociólogo Betinho , não existe nada pior que a unanimidade.

  • botelho pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU ME PERGUNTO PORQUE A GENTE AINDA

    NÃO INVADIU ESSE CIRCO? ATÉ QUANDO

    A POPULAÇÃO CUIABANA VAI AGUENTAR

    ESSA PALHAÇADA COM DINHEIRO PÚBLICO?

    VAMOS PROTESTAR, VAMOS DAR UM BASTA

    NISSO. TODA TERÇA E QUINTA TEM SESSÃO

    COMÉDIA NO CAMPO DOURIQUE VOCÊ

    ESTÁ CONVIDADO. TRAGA SEU NARIZ DE

    PALHAÇO.

  • EDIR ALVES DA SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NÃO SEI QUANTO AOS OUTROS VEREADORES, MAS O Q FOI DITO SOBRE O VEREADOR ROOSIVELT COELHO É PURO PRECONCEITO.
    UMA CRITICA POUCO CONSTRUTIVA O FATO D SER GORDO OU D NAO TER UM PREPARO DE ATLETA É MOTIVO DE CHACOTA ? É UM CIRCO . ?
    ME SENTI PROFUNDAMENTE OFENDIDO, ISSO É DISCRIMINAÇAO CONTRA UMA GRANDE PARCELA DA POPULAÇAO BRASILEIRA OU ATE MUNDIAL.
    RESPEITE A FISIONOMIA EO PESO DE CADA UM POIS ISSO NAO DEFINE CARATER NEN COMPETENCIA.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS