Últimas

Terça-Feira, 07 de Julho de 2009, 08h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INSTITUTO MARK

Em Poconé, Santos aparece disparado em 1º; Jayme, 2º

   Se as eleições para a escolha do sucessor do governador Blairo Maggi (PR) fossem hoje em Poconé, o prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) venceria todos os seus adversários, conforme aponta pesquisa estimulada realizada pelo instituto Mark, na última quarta, 1º de julho. Num primeiro cenário com os nomes de Santos, do senador Jayme Campos (DEM), de Mauro Mendes (PR), do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e do deputado Otaviano Piveta (PDT), o tucano leva vantagem sobre os demais na Baixada Cuiabana e alcançaria a 47,5% das intenções de voto. Jayme ficaria em segundo, com 17,7%. O empresário Mendes aparece com 8,8% de preferência dos poconeanos. Silval ficaria com 5,5% e, Pivetta, com 0,6%. O índice de indecisos chega a 17,1%, enquanto 2,8% disseram que votariam em branco ou anulariam o voto. 

   Num segundo cenário, em que Mendes seria substituído pelo deputado Sérgio Ricardo (PR), a liderança do tucano sobre e as intenções de voto no candidato do PSDB chegariam a 51,4%, ao passo que Jayme cairia para 18,2%. Silval se manteria com 5,5%. Já o candidato do PR seguraria a “lanterna” com apenas 1,7% das intenções de voto. 

   Num embate eleitoral em que não haveria candidato do PR do governador Blairo Maggi, mas sim os nomes do deputado estadual e ex-prefeito de Rondonópolis Percival Muniz e do juiz federal Julier Sebastião da Silva, a lidença de Santos continuaria na casa dos 50,3%, tendo Jayme na segunda colocação, com 17,7% das intenções de voto. Apesar de não ter desgaste político por atuar apenas no Judiciário, Julier ficaria empatado com Muniz, em 0,6%.

   Já num cenário em que Santos, Muniz, Pivetta e Julier disputam votos com o presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP), o tucano continua liderando com 51,9%. O líder progressista já aparece na segunda colocação, com 5%. O curioso é que, com a inclusão de Riva, os nomes de Muniz, Pivetta e Julier não é citado pelos eleitores. O índice dos que ainda não definiram o voto é elevado e chega a 37,6%. Numa briga eleitoral entre o prefeito cuiabano, o senador Jayme e Mendes, Santos venceria novamente "de lavada": 51,4%. Jayme aparece em segundo, com 16%, enquanto o republicano ficaria com 5%.

   No embate entre Santos, Jayme e Silval, o tucano mantém a vantagem e aparece com 51,4% das intenções de voto. O pré-candidato democrata figura na segunda colocação, com 14,9% e o vice-governador e pré-candidato do PMDB aparece em terceiro, com 1,7%. Numa simulação de disputa entre Santos, Riva e Julier, o tucano levaria vantagem com 52,5%. Riva aparece em segundo, com 6,1% das intenções de voto. Julier, mais uma vez, não aprece na preferência dos eleitores. Os pesquisadores da Mark percorreram 24 bairros em 1º de julho e entrevistaram 181 eleitores. A margem de erro é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • totonho picanço | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bota o Rodrigo Figueiredo na lista pra pesquisa ficar mais autêntica e pra melhorar o padrão de qualidade da lista.

  • Robson Guimarães F. Faciolli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aqui em Poconé já decidi o meu voto e minha familia tambem: GOVERNADOR WILSON SANTOS / SENADOR- RIVA / DEP. FEDERAL TELMA/ DEP. ESTADUAL EUCLIDES SANTOS/

  • Douglas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Wilson Santos, as pesquisas n mentem, vc sera nosso governador....Por ser o melhor....Eu voto em vc....

  • Marco Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.