Últimas

Segunda-Feira, 28 de Abril de 2008, 19h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ELEIÇÃO

Em posição neutra, Suzan promete renovar Crea

   A candidata a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea/MT), Suzan Lannes, promete renovação no comando da instituição. Ao contrário de seu adversário Allan Rocha, ela prefere não criticar diretamente o atual presidente Tarciso Bassan, que vai à reeleição. A principal proposta da engenheira sanitarista é de aproximação dos profissionais como forma de fortalecer e valorizar mais a categoria. “Nosso sistema (Confea-Crea) precisa se integrar mais em assuntos relacionados ao setor como, por exemplo, em discussões sobre o desmatamento. Precisamos estar mais presentes”, disse Suzan.

   Ela também pretende criar uma espécie de certificado de qualidade, uma das formas de valorização do profissional, proposta que encabeça sua campanha. Suzan vem promovendo reuniões com profissionais do sistema Crea para apresentar seu plano de trabalho. Também faz campanha em seu site - www.suzanpresidente.com. Destaca que sua intenção não é liderar oposição ao presidente do Conselho e, sim, de complementar o trabalho. “O Crea tem estrutura para garantir trabalho de qualidade, como sempre fez”, disse a engenheira sanitarista.  

    O Crea possui cerca de 10 mil associados em todo o Estado, entre técnicos, engenheiros civis, sanitaristas, agrônomos, florestais, eletricistas e arquitetos. Aproximadamente 6 mil estão aptos a votar. Na última eleição do Crea-MT apenas 1,8 mil compareceu às urnas. A eleição está marcada para 4 de junho. O novo presidente terá mandato de três anos, mas só a partir de janeiro de 2009. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • josé da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Suzan têm sérios problemas de relacionamento com muita gente na sema. Para vocês terem uma idéia o presidente da amef, dr joaquim paiva, que também é da sema, vai apoiar o bassan. O Crea não precisa de divisionistas, precisa de pessoas que integram, que agregam. Nada contra a pessoa.

  • José Carlos Miercoles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Suzan,
    Cuidar do CREA é uma função difícil. O seu sussego vai acabar, dormir até tarde nem pensar. O crime de responsabilidade fiscal está ai para pegar os gestores. Sai fora em quanto é tempo. O seu perfil não é para esse tipo de atividade, não vai na onda dos colegas, pede pra sair em quanto é tempo.

  • Agnaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É logico que tem que ser contundente, porém ela se esquece do grupo a qual pertence, grupo esse que gerou denuncias no ministério publico, grupo esse que vinculou noticia contra o bassan na tv.
    Agora fica facil posar de boa moça!
    Se for pra continuar nessa politica de bater e se esconder é melhor continuarmos com o bassan!

  • lucas miranda rondon | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha, ser candidata mulher não basta, a responsabilidade é muito grande para quem deseja assumir o CREA. Conheço a Suzan, já trabalhei com ela, e por isso não voto nela. O Crea deve ser administrado com seriedade, e não de quem gosta de panelinha, fofoquinha e intrigas.

  • Darci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A renovação tem nome!

    A Suzan é bem intencionada, porém perde o foco!

    Mas, Mudança é necessária, urgente!

    O nosso CREA não chega aos pés do CREA MS por exemplo.

    Sou eng. Civil estudei os dois nomes e vejo que a mudança chama Allan Rocha, ele e Suzan poderiam se unir na minha opnião... Abraço a todos.

  • Adjane da Silva Prado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENS SUZAN LANNES, POR ESTAR NESTA DISPUTA ELEITORAL, E POR TER PREOCUPADO COM A APROXIMAÇÃO DOS PROFISSIONIS, ISSO É MUITO IMPORTANTE, VISTO QUE HOJE:

    TEMOS MAIS COMPROMISSOS, PORÉM MENOS TEMPO

    TEMOS MAIS CONHECIMENTO, PORÉM MENOS DISCERNIMENTOS

    MULTIPLICAMOS NOSSOS BENS, PORÉM REDUZIMOS NOSSOS VALORES HUMANOS

    CONQUISTAMOS OS ESPAÇOS EXTERIORES, PORÉM NÃO O INTERIOR

    POR TUDO ISSO , ACREDITO NA PROPOSITURA DA SUA CAMDIDATURA, SEI QUE É UM COMEÇO DE TRANSFORMAÇÃO NO NOSSO CONSELHO,

    QUE O GRANDE ARQUITETO DO UNIVERESO ABENÇOE SUA INTENÇÃO PARA ESSE IMPORTANTE CONSELHO.

  • Walter José Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Suzan, fiquei feliz em saber que você é candidata à presidência do CREA-MT.

    Conheço sua competência, seu trabalho e a sua personalidade. Creio que com a sua vitória o CREA-MT crescerá muito.

    Felicidade, conte com o meu voto e meu trabalho para que esse sonho se realize.

  • Pericles Serra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Ilma. Sra. Suzan,

    Pode contar com meu apoio e meu voto, por conhecer seu trabalho junto à SEMA-MT, e acredito no seu potencial.

    Péricles Serra

  • Junior Abeia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma canditada para o posto arrecadador oficial.
    O CREA-MT não faz aquilo que deveria, suas politcas são neutras, são incapazes de promover ou gerar o coletivo.
    As mudanças propostas são estórias locais, ora herdadas e modificadas ao sabor regional.

  • renato lins de vasconcelos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço a Suzan, nada tenho de pessoal contra ela, no entanto, é elitista e seu estilo não é de trabalhar muito, está envolvida com um grupinho ultrapassado, arcaico, centralizador que tenta sempre em dar as cartas no funcionalismo da sema. Estão sempre no poder, discrimina técnicos que não compõem com o grupinho, e fico preocupado com esse pessoal (representado pela suzan) chegar ao poder no CREA, temo pela estagnação, centralismo e perseguição. Não tenho candidato ainda, mas, conheço a suzan e seu grupo, e por isso, não voto nela em nenhuma hipótese.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS