Últimas

Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2008, 00h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VÁRZEA GRANDE

Em pré-campanha, Maksuês critica o coronelismo

  “Algumas figuras de Várzea Grande vivem aquela política paroquial. Vivem ainda na época do coronelismo, da rádio peão”. Foi o que disse na segunda (4) o deputado estadual Maksuês Leite (PP), pré-candidato a prefeito, em entrevista ao programa Cidadão Consumidor, da Cuiabana FM, apresentado por Onofre Junior. Foi um recado indireto ao ex-prefeito, ex-governador, ex-deputado federal e ex-senador Júlio Campos, um dos pré-candidatos do DEM à sucessão do prefeito Murilo Domingos (PR).

   Segundo Maksuês, os rumores nos bastidores de que havia uma negociata para recuar da disputa “é uma bobagem inventada”. “Minha história é de enfrentamentos. Quase fui prefeito em 2004. Em 2006 fui eleito deputado. Há um ano estou em primeira colocação nas pesquisas de opinião e vou ser eleito. Não tenho motivos para participar de baixarias e abandonar um projeto que me aponta em primeiro lugar”.

   Maksuês fez questão de tornar público o que, segundo ele, se comenta nos bastidores de que teria recebido proposta de alguns milhões para recuar do projeto político. Em seguida, chama a suposta negociação de bolsa de valores. “Conforme dados da bolsa de valores, minha pré-candidatura já está em quase R$ 15 milhões. Isso é uma grande bobagem, são falácias”. A suposta articulação teria acontecido entre o PP e o DEM. Garante que ninguém o procurou para fazer tal proposta indecorosa.

    Ao negar a negociata, disse que está disposto a angariar apoio dos pré-candidatos democratas descartados. “Não sei os cacos que escapam”, disse Maksuês sobre a disputa interna no DEM de Várzea Grande, envolvendo Júlio, Wallace Guimarães, Wilson Grafitte e Arilson Arruda.

    PAC

   Ainda na entrevista, o parlamentar e pré-candidato do PP voltou a dizer que não acredita que as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Várzea Grande reverterão em curto prazo a rejeição popular imposta hoje ao prefeito Murilo. Disse o mesmo em relação ao prefeito cuiabano Wilson Santos. “Murilo vai precisar de muita coragem de andar pela cidade. Ele e o Wilson querem iniciar obras do PAC em período de chuvas. Estão afoitos demais”. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (30)

  • Celso Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse rapaz continua uma icógnita. Como jornalista conseguiu estrangular a ética produzindo pautas cujo foco é sempre a defesa dos seus interesses, como deputado ainda não convenceu ninguém. Agora diz que quer ser prefeito. Só fala besteira nesse seu prgrama de TV que parece mais um circo. Sinceramente, não dá pra levar a sério!!!

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acredito que o Deputado Maksues Leite por sua vontade não tem intenção de desistir de sua candidatura a Prefeito de Várzea Grande. Porem, é sabido por todos que a sua eleição dele (Maksues) se deve ao Deputado José Riva que foi campeão (de compra) de voto e o levou pela sua legenda. Sem contar que o Deputado Riva é o lider de seu partido PP e, no tabuleiro da politica é ele (Riva) que dá a última jogada. Dessa forma, a vontade do Deputado Maksues depende do grau de comprometimento do Deputado José Riva com o ex-tudo, Sr. Júlio Campos. Se o grau de comprometimento for alto o Dep. Maksues desiste obedecendo as ordens do Rei (Riva) se for baixo ele (Maksues) será candidato. Mas, como a politica é dinâmica (para não dizer outra coisa) o Rei Riva pode apoiar os dois. Essa é a verdade. O resto é falácia.

  • D>Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    "Produto" da mesma empresa política varzeagrandense, o apresentador, falho de dicção, parece querer ser uma cria diferente dos seus criadores. Impossível, ele não representa o novo em VG, além de imaturo e que ganhou uma vaguinha como deputado porque esta caiu-lhe no colo. Ainda vai demorar para que VG veja algo de novo além da familiocracia dominante.

  • CesarOliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Ainda um ajudante de ordens.

    O Dep. Maksuês pensa que engana o povo com essa estória de combate ao coronelismo. Ele é fruto e é bancado pelo pior dos coronéis que surgiu na política de Mato Grosso nos últimos tempos, no caso o Deputado Riva.

    Maksuês pode ainda não ser um coronel, mas está treinando para isso. Por enquanto tem se revelado um bom ajudante de ordens do Deputado Riva.

    Esse negócio da sua aliança com Riva o dep. Maksuês vai ter que explicar ao povo e poderia começar já, usando o seu programa na TV, que deve custar muito caro ao povo de MT.

  • BECAOb | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    engraçado, a maiorias dos internautas usam nomes falso para nao saber quem é que esta deixando as mensagens, por ai vc ja pode tirar uma conclusao de quem é esse personagem, ei.. vc ai que cretica, mostre quem é vc, diga o seu nome certo, nao minta, ta com medo porque, vc nao precisa de politica para viver entao mostre quem é vc.

  • Alex Tolledo de Freitas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou fã do jornalista Maksues Leite...Ele é uma pessoa que não tem medo de falar a verdade...Valeu, Maksues...Siga em frente e acredite no seu potencial...."Enquanto a cachorrada ladra, a caravana passa", já diz o dito popular.

  • José Salgueiro Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou eleitor de Cuiabá, mas se votasse em VG, com ceterza, arriscaria o meu voto no senhor deputado estadual Maksuel Leite. Porque? Já sei tudo sobre o Júlio Campos! Pelo menos o dep. Maksuel podemos ainda sonhar com uma gestão inovadora. E o Júlio? Pensa que esquici da banana? Não!

  • Manoel Gonçalo de Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Maksues Leite não pode dar ouvido para esses "corneteiros" que só sabem criticar as pessoas...Esses criticos são os primeiros que cometem adultério, não pagam as escolas dos filhos, sonegam imposto de renda, burlam as leis de transito, ou seja, pintam e boradam e depois tentan limpar a "consciência" no teclado do computador disfarçados de internautas formadores de opinião. Sou Maksueis Leite para prefeito da minha amada Várzea Grande. Xô, Júlinho. Parabéns pela imparcialidade deste jornal da internet.

  • Geraldo Helcker | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O passado nunca mais. Votaria no doutor Walaci. Mas como ele foi fritado pelos Campos. Agora vou votar no deputado Maksuel Leite. Esse rapaz vai longe. Se enganam aqueles que acham que ele vai desistir. O Maksuel vai derrotar de uma só vez e Jaime, Júlio, Ari e toda a família Campos aqui em Várzea Grande.

  • Patric Soares de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para ser sincero, acho o Maksueis Leite um bom jornalista. Nunca vi exageros em seu programa de TV. Também nunca vi falar que esse político tenha se envolvido em maracutais. Porque não dar uma chance a um rapaz que está começando? Acho um preconceito julgar as pessoas apenas pela sua idade ou profissão. Cada um tem o direito de ir e vir. Já diz a nossa Constituição de 88. Obrigado.

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...