Últimas

Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2007, 18h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

REIVINDICAÇÃO

Em protesto, servidores do Judiciário param 3ª

    Mais de cinco mil servidores do Poder Judiciário do Estado vão paralisar as atividades a partir das 12h de terça (23). O fórum de Jaciara (a 148 km ao Sul da Capital) estará de portas fechadas já na segunda (22). A decisão saiu nesta sexta, durante uma assembléia-geral, explica o  presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sindjusmat), Rosenval Rodrigues dos Santos. "Estamos revoltados porque não participamos da reformulação do Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Salários (SDCS). Nosso objetivo é participar desse reenquadramento".

     Os servidores de Jaciara vão adiantar o protesto  pelo descontentamento com a medida tomada pelo juiz Júlio César Molina Monteiro. O magistrado baixou  uma portaria que determina a suspensão das licenças médicas e férias dos servidores, entre os dias 22 de outubro a 5 de novembro deste ano. O presidente reclama que o comitê gestor não opinou na elaboração do SDCS. "A lei determina que se tenha a participação dos servidores", argumenta. Segundo Rosenval, os sindicalistas não concordam com as normativas que já foram encaminhadas aos fóruns.     

     O sindicalista disse que procurou conversar com a Mesa Diretora do TJ, sob o desembargador Paulo Lessa, por várias vezes, mas não foi atendido. "Não podemos esperar mais, pois o prazo-limite para a entrega do SDCS termina no próximo dia 31". O sindicato decidirá os dias de paralisação, sendo que na quarta (24) os sindicalistas retomam as atividades, mas podem  paralisar novamente. A estratégia é não fixar as datas da paralisação, tudo para provocar surpresa a cada ato. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Walter.. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossa, pelo que sei O Juiz tem que fazer valer os direto no comprimento das leis.

    Já pensou se os médicos comessarem a faz julgamento em processo judicial! Cada um na sua esféra. Médico faz colsulta e da convalecência e juz da restabelecimento da leis do direito violados.

    um abraço a todo pessoal do judiciário

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...