Últimas

Sexta-Feira, 13 de Julho de 2007, 10h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Em reunião, Poção e Maluf acertam filiação no PP

Vereador Luiz Poção (sem partido) e o deputado e secretário Guilherme Maluf devem migrar para o PP

   O deputado licenciado Guilherme Maluf (PSDB), atual secretário de Saúde de Cuiabá, e o vereador Luiz Poção (sem partido), vão se filiar no próximo mês ao PP dos deputados Pedro Henry e José Riva. Ambos bateram o martelo numa reunião nesta quinta à noite, no diretório estadual da legenda progressista. O PP se articula para se tornar a maior bancada tanto na Assembléia Legislativa quanto na Câmara Municipal da Capital.

   No encontro desta quinta participaram, além de Poção e Maluf, os vereadores Marcus Fabrício e Lutero Ponce, que preside a Câmara Municipal, os deputados estaduais Riva, Airton Rondina, o Português, e Campos Neto, os federais Henry e Eliene Lima, o secretário estadual de Ciências e Tecnologia, Chico Daltro, e o ex-deputado estadual Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, além do ex-vereador Yuri Bastos Jorge.

    Os progressistas discutiram estratégias, visando as eleições municipais. Decidiram que serão audaciosas no sentido de consolidar candidaturas próprias em várias cidades-pólos. Maluf sinalizou que deve mesmo deixar o PSDB do prefeito Wilson Santos e migrar para o PP. Seu nome passa a ser opção dos progressistas para a disputa à Prefeitura de Cuiabá.

    Com Maluf, o PP se tornará dono da maior bancada na Assembléia, com cinco deputados. Hoje, já conta com Riva, Neto, Português e Maksuês Leite. Poção, que se elegeu vereador em 2004 pelo PMN, depois foi para o PSDB e agora está sem partido, também sinalizou que vai para o PP. Assim, a legenda passa a ter três vereadores pela Capital. Hoje são Fabrício e Lutero. O partido já "amarrou" a cooptação de mais dois, cujos nomes estão sendo preservados.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Régis Rodrigues Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que tenho à comentar à respeito desta notícia(ou boato)é que os Nobres Eleitos, tanto como vereadores e deputados não respeitam seus eleitores, que na grande maioria não são apenas eleitores deles, mas sim partidários, que não coadunam com quaisquer tipo de negociata que envolva a perda de cadeira do partido. Caso ocorram mudanças apenas para que os eleitos melhor se acomodem, sem importarem-se com seus eleitores, é bom que eles façam bom proveito deste curto espaço de tempo que ainda terão como vereadores e deputados, pois traidores dos partidos que lhes deram apoio quando necessitavam para se eleger dificilmente contarão com o mesmo apoio que tiveram, muito pelo contrário, serão combatidos com veêmencia nas próximas eleições, pois, traidores uma vez, traidores eternamente.
    É bom pensarem muito, Nobres Vereadores e Deputados, se a lei não lhes tira o mandato por traição aos partidos que os elegeram, os eleitores o farão.

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS