Últimas

Quarta-Feira, 07 de Outubro de 2009, 16h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA MUNICIPAL

Em sessão, anfitriões faltam e visitantes cometem gafe

   Após quase quatro horas de intensos debates, os vereadores de Cuiabá e Várzea Grande resolveram convocar o governador Blairo Maggi e os secretários de Saúde de Cuiabá e Várzea Grande, Luiz Soares e Jaqueline Guimarães, respectivamente, para uma audiência no próximo dia 19, pela manhã, na Câmara de Cuiabá. Durante o fórum metropolitano ocorreram cenas curiosas. O líder do PR, em Várzea Grande, vereador Charles Caetano, por exemplo, não foi alertado sobre o regimento interno da Câmara de Cuiabá que veta o uso de celulares no Legislativo. Acabou roubando a cena ao ser surpreendido falando ao telefone e, o pior, enquanto compunha a Mesa Diretora.

  Outra cena no mínimo inusitada, foi a aglomeração de vereadores dentro do Plenário, que só não ficou mais cheio devido ao grande índice de faltosos entre os vereadores de Cuiabá. Apenas 9 dos 19 compareceram. Destes, só 7 ficaram até o final. Os várzea-grandenses, por sua vez, compareceram em peso. Apenas Maninho de Barros (DEM) não foi ao encontro, porque se encontra no exterior. Assim, os anfitriões passaram vergonha e tiveram que reconhecer a “gafe”. “Gostaria de registrar a presença em massa dos vereadores de Várzea Grande e o fato de apenas 7 dos 19 vereadores cuiabanos estarem presentes”, disse Lúdio Cabral da tribuna.

  Praticamente todos os parlamentares aproveitaram o evento para criticar a ausência e a omissão dos secretários municipais, que apesar de terem sido convocados para a sessão metropolitana não compareceram à reunião. “Fizemos um convite expresso. Se esse é o tratamento dado aos vereadores, imagine os médicos como são tratados? Já solicitamos várias vezes a presença do secretário Luiz Soares aqui na Câmara, mas até hoje nada", criticou o republicano Francisco Vuolo, um dos idealizadores do evento.

   Vuolo e Lúdio cobram uma atitude do prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB). Na opinião deles, a primeira atitude a ser tomada é reajustar o salário dos médicos, que estão em greve há um quase um mês na Capital, sem previsão para retornar às atividades. Já os vereadores Antônio Fernandes e Roosivelt Coelho, da bancada tucana, jogaram a culpa do caos na saúde no governo estadual. “O descaso é tamanho que o governo do Estado nem ameaçou intervir nesse problema da saúde em Cuiabá e Várzea Grande”, criticou Fernandes, que também cobrou a presença do secretário Estadual de Saúde, Augustinho Moro, na sessão. Roosivelt foi mais longe e culpou até o presidente Lula.

   O presidente da Câmara Deucimar Silva (PP) pontuou que alguns médicos do Pronto Socorro também são responsáveis pelo mau atendimento. Lembrou que quando esteve de plantão na Sala do Vereador, no Pronto Socorro, era notória a falta de profissionais trabalhando. Ponderou que não são todos, mas que isso de fato acontece.

  Outra temática debatida foi a do transporte público. Vuolo sugeriu que o secretário de Trânsito e  Transportes de Cuiabá, Edivá Alves, se preocupe mais com projetos de mobilidade urbana devido à iminência da Copa de 2014. A próxima sessão metropolitana será na Câmara de Várzea Grande, a partir das 8h do dia 2 de dezembro próximo. Agora os vereadores de Cuiabá e Várzea Grande vão fazer uma carta de intenções com as principais sugestões e com as prioridades a serem tomadas. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • alinor alves do nascimento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTA SESÃO É IGUAL A AUDIENCIA PUBLICA NUNCA RESOLVEL NADA . GASTO DO DINHEIRO PUBLICO ATOA.

  • SOUSA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    RSRSRSRS..ESTES VEREADORES, INCOMPETENTES AO EXTREMO, NÃO RESPEITAM NEM A ELES MESMO. A MAOIRIA NÃO COMPARECEM POR QUE SABEM QUE ALÍ É UMA CASA SEM CREDIBILIDADE. ENTÃO POR QUE COBRAR QUE SECRETÁRIOS CONVOCADOS NÃO COMPARECEM, SE OS PRÓPRIOS VEREADORES FALTARAM. ORA! TENHAM VERGONHA NA CARA! QUEM SÃO VCS PRA COBRAR DE ALGUÉM? JÁ QUE CHEGARAM A COBRAR ATÉ DO LULA, PORQUE VCS NÃO ABREM MÃO DE PARTE DO REPASSE Á CÂMARA PRA AJUDAR Á SAÚDE? VCS GASTAM FORTUNAS COM DESPESAS PESSOAIS, COM UM MONTE DE PESSOAL DE GABINETE, COM SALÁRIOS ALTOS, VERBAS INDENIZATÓRIAS..E COISAS DESTE TIPO. É TANTO DINHEIRO QUE DARIA PRA MELHORAR AS CONDIÇÕES DO PRONTO SOCORRO. VCS DEVERIAM TER VERGONHA DE SÍ MESMOS.

  • DIOCLIDES MACEDO NETO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Votei no ludio e fique muito contente com meu voto.porque esse e de trabalho.serio e competente parabens vereador abraços.conte comigo sempre.

  • maria lucinda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TOME VERGONHA PREF. SANTOS, ISSO É UMA VERGONHA UMA CAPITAL, MEDICOS EM GREVE E A POPULAÇAO SENDO PREJUDICADA????????

  • Jean M. Van Den Haute | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    INTERVENÇÃO DA ASSUT-MT NO FÓRUM DA

    CÂMARA METROPOLITANA DE CUIABÁ

    SESSÃO DO DIA 07 DE OUTUBRO 2009

    ESCLARECIMENTOS TÉCNICOS E JURÍDICOS

    Como todas as grandes cidades brasileiras, a aglomeração cuiabana sofre um atraso socioeconômico e ambiental de mais de 40 anos em relação ás metrópoles do mundo desenvolvido.

    Para superar este anacronismo, esta falta de competitividade num mercado global extremamente exigente, tecnocratas federais, com avançada competência internacional, elaboraram a PNDU, Política Nacional de Desenvolvimento Urbano e o seu instrumento básico, o Estatuto da Cidade.

    Trata-se da aplicação de diretrizes, de comprovada eficiência, na criação do Plano Diretor resultado de uma ampla consulta popular obrigatória em cada município de mais de 20mil habitantes ou integrando um Aglomerado Urbano ou uma Região Metropolitana.

    O Plano Diretor permite a elaboração de Planos Setoriais Estratégicos que realmente atendem ás necessidades da população e devem ser tratados em conjunto quando o assunto é de interesse comum no contexto das citadas aglomerações conurbanas. Na Metrópole de Cuiabá, são considerados entre outros assuntos de interesse comum; transporte, saúde, educação, cultura, meio ambiente, habitação e urbanismo, agricultura e abastecimento, indústria, comércio, turismo e mineração.

    Nesta finalidade e, até com antecedência, foi criada a Lei Estadual Complementar n° 83 de 2001 que, pela omissão do Poder Executivo e a complacência do Poder Legislativo Estadual e Municipal, foi totalmente ignorada durante oito anos.

    A chegada da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 abram a esperança de ver o Brasil virar “primeiro mundo”, o que o país mais rico do planeta deveria ser há décadas. No entanto, o improviso continua mais firma do que nunca com, por exemplo, a privatização da Metrópole de Cuiabá, colocada nas mãos de um dono único através da criação da AGECOPA, entidade ilegal, inconstitucional e imoral, beneficiando-se de mais uma complacência da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, ignorando deliberadamente as prerrogativas das respectivas Câmaras Municipais e principalmente dos ConCidades, responsáveis únicos e legítimos da implementação e do acompanhamento dos Planos Diretores municipais. Aliás, não há ConCidade em Cuiabá que, portanto, não pode pleitear recursos públicos federais nem oferecer garantias para investidores privados.

    A constituição da Câmara Metropolitana é um grande passo, mas, não vai ajudar em nada sem o instrumento da aplicação escrupulosa dos Planos Diretores envolvidos, garantia da continuidade política necessária á criação de Parcerias Público-Privadas, capazes de trazer, por meio da adequada engenharia financeira, as infra-estruturas urbanas de grande porte permitindo transformar a obsoleta Capital Estadual numa “Capital de Prestígio Internacional”, numa “CIDADE GLOBAL” integrada nos sistemas da logística automatizada do mercado global, oferecendo oportunidades para todos os seus cidadãos.

    Infelizmente, este instrumento, a Lei Estadual Complementar n° 359 de Maio 2009, está equivocada até na interpretação da língua portuguesa o que abre o espaço para todas as controversas e, portanto, a Lei que cria a Região Metropolitana deve ser remanejada para realmente oferecer o suporte jurídico seguro que espera qualquer investidor público ou privado, nacional ou internacional, inclusivo o próprio Governo Federal.

    Deveria ser a preocupação prioritária da Câmara Metropolitana de Cuiabá que não pode hesitar em recorrer á competência internacional dos colaboradores da ASSUT-MT, profissionais com grande experiência no processo de desenvolvimento socioeconômico e ambiental de diversas Regiões Metropolitanas na Europa e trabalhando, há anos, na aplicação desta experiência ás especificidades Latino-americanas.

    Jean M. Van Den Haute
    Diretor Técnico e Representante da ASSUT-MT no
    SNDU, Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano.





    ASSUT-MT Associação dos Usuários de Transporte Coletivo do Estado de Mato Grosso

    Rua dos Nhambiquaras, 45 - Santa Helena - 78045-010 Cuiabá MT

    fone : 3621-7445 (à tarde) - 3685-2115 (Coordenadoria Técnica)

  • ANTONIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cOMEÇA PO ESSE vEREADORZINHO DO LÚDIO QUE DEVERIA ESTAR ATENDENDO,FAZENDO QUE ACABE A GREVE PORQUE ELE FAZ PARTE DO sINDIMED,NÃO ELE SÓ PENSA EM RECEBER SEM TRABALHAR,ELE É UM CARA DE PAU DE APARECER NA MÍDIA.VAI HONRAR SEU DIPLOMA VAGAL OU RASGA E JOGA NO LIXO QUE É MELHOR ,VOCÊ PENSA QUE NÃO SABEMOS QUE VOCÊ ESTÁ EM CMPANHA POLÍTICA VOCE VAI LEVAR FERRO EM 2010.o POVO DE MATO GROSSO SÃO INTELIGENTES.....

  • maga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa convocação para o Cabeção só vai funcionar se for na Ordem Judicial, duvido se cabeção vai nessa reunião ai. Esse ai só respeita se a situação mande ele lá para o Corpo de Bombeiros. Preso logico.

  • marcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não é só na copa que temos que pensar não,o transporte coletivo é uma vergonha,basta andar na linha do tijucal e osmar cabral,até parece que os motoristas estão carregando um monte de porcos,e não seres humanos,é porque esses politicos não andam nos onibus de Cuiabá,aqui esta precisando acontercer o que nas grandes metropoles acontece incendiar os onibus,quem sabe o lombriga desnutrida tome providencias.

  • D. Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E por que os vereadores de Cuiabá não compareceram ao encontro? São auto-suficientes em conhecimento e conseguem resolver os problemas estruturais do aglomerado por telepatia. Mas, basta falar em verba indenizatória que lá estão todos eles, gastando a rodo. Infelizmente, a máquina política é uma bandalheira e nós, os contribuintes é que seremos o lado mais frágil dessa sistemática, podre e carcomida. O otário do Ralf Leite é que excedeu-se em abusos e virou garoto-propaganda da imoralidade, uma espécie de boi-de-piranha para que a banda podre atravesse o rio da incompetência.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.