Últimas

Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2008, 10h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

RUMO A 2010

Em VG, Jaime tem 55% de aval para governador

  O nome do senador Jaime Campos (DEM) é o mais preferido para governador pelo eleitorado de Várzea Grande, onde ele já foi prefeito por três vezes. Se as eleições fossem hoje, o democrata teria 55% das intenções de voto no município, segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso.

   A pesquisa do instituto Mark foi realizada nos dias 6 e 7 deste mês, com 582 entrevistas em 46 bairros. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. A amostragem está registrada na 20ª Zona Eleitoral de Várzea Grande, sob protocolo 156/2008.

  Os pesquisadores fizeram a seguinte pergunta: "Em que o sr(a) votaria para governador do Estado se as eleições fossem hoje e os candidatos fossem estes?" Foram apresentadas duas simulações, um com seis virtuais concorrentes, uma incluindo o nome de Luiz Antonio Pagot (PR) e outra sem a participação do ex-secretário do governo Blairo Maggi e hoje diretor-geral do Dnit.

   Nas duas simulações, o nome de Jaime impõe uma ampla liderança. Chega a 55,2% na estimulada A. Com 8,8%, o nome do prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB) figura em segundo lugar na preferência dos várzea-grandenses. Em terceiro aparece a senadora Serys Marly (PT), que tem base eleitoral na Baixada Cuiabana. Seu nome é lembrado por 4%. Em 2006, Serys concorreu e foi derrotada ao Palácio Paiaguás.

   Pagot, um dos nomes preferidos pelo governador Blairo Maggi para o pleito de 2010, aparece apenas com 3,8% das intenções de voto. Os demais prováveis candidatos, como os deputados estaduais Otaviano Pivetta (PDT) e Percival Muniz (PPS) também figuram com percentuais insignificantes. O primeiro detém 1,5%, enquanto Muniz é citado por 0,5%. Se revelaram indecisos 18,6%.

   Num outro cenário - sem o nome de Luiz Pagot -, Jaime Campos também é o primeiro colocado entre os várzea-grandenses, com 55%, seguido por Santos (10%), Serys (4,6%), Pivetta (2,1%) e Muniz (0,5%).

    Rejeição

   O nome da petista Serys é o mais rejeitado pelo eleitorado de Várzea Grande tanto para uma eventual candidatura dela à reeleição (veja aqui) quanto à governadora em 2010. Perguntados sobre em quem não votariam de jeito nenhum para governador, 19,2% apontaram o nome de Serys. O segundo mais rejeitado é o prefeito rondonopolitano Adilton Sachetti, que também vive expectativa de, uma vez reeleito este ano, concorrer ao Paiaguás em 2010 pelo PR. Pivetta também tem 8,4% de rejeição.

   Jaime Campos (7,6%), Wilson Santos (7%) e Luiz Pagot (5,5%) surgem entre os rejeitados como virtuais candidatos a governador. Dos entrevistados, 28,5% não souberam responder, enquanto 10,1% optariam pelo voto em branco ou nulo. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Miranda Muniz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Romilson,
    Deixo aqui o meu protesto em relação ao instituto Marka pelo fato que o mesmo não ter incluído o nome da Professora Janete (PCdoB) nessa tal pesquisa para o Senado. Até parece que agiram de má fé, afinal, a Professora Janete foi candidata em 2006, alcançando cerca de 200 mil votos do Estado e sendo a segunda mais votada no município de Várzea Grande. Porque incluir nomes que nem mesmo manifestaram desejo em sair candidato ao Senado, como os deputados Carlos Abicallil e Wellinton e não inserir o nome da Professora Janete no rol de candidatos? Isso não é muito estranho? Com a palavra o Instituto Marka......

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gente! Que q é isso? Acho que temos outros nomes para governador, sem ser esse politico profissional chamado Jaime Campos, pois o mesmo já teve sua chance e não mostrou a que que veio. Me parece que vcs estão querendo deixar esse fulano mais rico do que ele já é. Vamos ver se conseguimos eleger alguem da classe produtiva.

  • Anderson Cajango | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não é de se espantar com essa pesquisa de intenção de votos que está absolutamente correta, haja vista que o Senador Jayme Campos possuí uma extensa folha de serviços prestados ao povo brasileiro e em especial ao Estado de Mato Grosso.

    Já governou nosso Estado nos anos de 1991 a 1995, tendo suas ações sempre pautadas no profissionalismo, transparência e trato ético com a coisa pública,sempre objetivando garantir os direitos dos cidadãos.

  • Luiz Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É por essa razão que os políticos não gostam de dar educação para o povo, pois o povo se mantendo ignorante, continua votando nos maus políticos. Isso mesmo Jaime, pode se candidatar, pois de otários o Mato Grosso tá cheio, e com certeza vc é eleito.

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.