Últimas

Sexta-Feira, 13 de Novembro de 2009, 09h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Em visita a PS, Muniz vê cárcere privado contra médicos


Em visita nesta 5ª, o presidente da CPI da Saúde Sérgio Ricardo e o relator Wallace Guimarães sorriem, dentro do Pronto-Socorro de Várzea Grande, enquanto o prefeito Murilo Domingos observa os pacientes

  A primeira inspeção feita nesta quinta (12) por membros da CPI da Saúde, assim como as primeiras reuniões do grupo, foi marcada por momentos tensos e de discussão entre os deputados. Dos cinco membros da Comissão, a única a não fazer visitas in loco no Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá e também de Várzea Grande foi Chica Nunes (DEM), que ocupa o posto de vice-presidente. Em Várzea Grande, o prefeito Murilo Domingos (PR), sua secretária de Saúde Jaqueline Guimarães e o diretor da Fusvag, Jorge Lafetá, acompanharam os deputados. Murilo detalhou as principais dificuldades. Ele reclamou, por exemplo, do fato de todos os pacientes do SUS de várias regiões do Estado estarem sendoo encaminhados para o PSVG. Reclamou ainda da demora na transferência daqueles que precisam de cirurgia para o Hospital Geral Universitário, na Capital.

  Já no HPSMC, os deputados foram recepcionados pelo secretário municipal de Saúde Luiz Soares, que teve a missão de mostrar a reforma na unidade que vem sendo feita. Ele amenizou a situação de caos no setor, ao considerar que apenas o setor de cirurgia passa por problemas. Soares apresentou relatório com números de exames, prestação de serviços odontológicos e atendimento médico em outras especialidades.

  Houve bate-boca entre o deputado Percival Muniz (PPS), uma funcionária do Pronto-Socorro, Soares e o relator da CPI Wallace Guimarães (PMDB). Os ânimos se exaltaram depois que a servidora confirmou que a administração manteve, por algumas vezes, cadeado no portão de entrada dos médicos, tudo para evitar abandono do plantão. “Então, as denúncias de que aqui existia cárcere privado são verídicas”, bradou Muniz, que logo foi contido por Wallace: “Não se deve prejulgar todas os casos, deputado! A porta de entrada do Pronto-Socorro estava aberta”, contrapôs Wallace. Em seguida, Soares entrou na discussão, junto com a servidora, tentando amenizar a situação. Por fim, a visita prosseguiu normalmente.

    No final, o presidente da CPI da Saúde, deputado Sérgio Ricardo (PR), declarou que a reforma no HPSMC não passa de mais um remendo e que é necessário construir um novo Pronto-Socorro em Cuiabá. Segundo ele, a construção ocorreu numa época em que a capital não apresentava tanta demanda na área da saúde pública. “É remendo em cima de remendo e essa reforma é só mais um remendo”. Nesta sexta (13), os parlamentares visitam as quatro policlínicas de Cuiabá. Ainda não se sabe quando os membros da CPI vão começar as oitivas, nem quais pessoas serão ouvidas. Eles têm a missão de descobrir porque as cidades de Cuiabá e Várzea Grande vivem um verdadeiro “caos” na saúde. (Patrícia Sanches)


Sérgio, Muniz, Wallace e Azambuja conversam com servidores do HPSMC, sob olhar do secretário Soares
Fotos: Jupirany Devillart

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • bocadamatilde | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Pereira. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fico feliz do Muniz estar nesta comissao. Sinceramente acredito no trabalho DELE. Espero que ele mantenha essa coragem que vem apresentando e nao se cale. Assim como o resto da caitituzada.

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CHORA, MATO GROSSO, CHORA! - Percival chora por que perdeu presidencia da CPI da Saúde. Só da Câmara Municipal de Cuiabá, foram bocado cerca de uns 20 milhões! Mas, quando a gente pensa que Assembléia Legislativa continua inerte diante do assalto aos cofres da própria Assembléia, quem chora somos nós! Lá se foram 400 milhões!!

  • luluca Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como Faz para investigar a saúde de um Município como de Vg que a Secretária é a esposa do Relator da CPI ????
    Meio Complicado...não vai dar certo...credibilidade Zero.....
    Abraços

  • Paulo Ambrósio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O grande fracasso na Gestão da Saúde Pública não esta somente na escassez de recursos e sim na falta de Gestor competente e menos ditador. O secretario de saúde de cuiabá esta levando a população cuiabana a morte prematura.

  • silvio arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bom dia:vejá esta acontecendo na saúde.agora que ois deputados que saõ campiaõ de albergues na capital,viram que a situaçaõ é gravissima.o que realmente nós contribuinte já esta calejado de saber.como que uma capital vai sediar uma copa do mundo.se falta uma estrutura de saúde para nóis matogrossence,pensi na copa cidadão do mundo inteiro que nossos médico tem esta preparado para altas coprexibilidade.como vai suporta éssa demanda,queremos saber dessa CPI.qual vai ser a solução de uma coisa que éra para onte.

  • joao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta CPI também vem para Rondonópolis?
    Já passou da hora de ver o que está acontecendo com a fabrica de remédios, com a hemodiálise, em fim com toda a saúde do município.

  • pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eles não sebem porque a saúde de Cuiabá e Várzea Grande está um caos? Eu sei, é só o todo poderoso governedor Brairo Magggi construir um hospital Estadual em Cuiabá e outros nas cidades polos, que resolve o problema. Viu, nobres deputados, tão simples! Vocês não sabem porque vivem em outro mundo.

  • DRA. ELENICE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ACHO QUE ESSES DEPUTADOS FORAM IMATUROS AO VISITAR O PSMC E AVISANDO O SECRETÁRIO LUIS SOARES QUE ELES ESTARIAM LÁ. OLHA PESSOAL, É LÓGICO QUE TEM MAIS COISAS PARA SEREM REVELADAS, MAS, COMO FAZE-LO COM O SECRETÁRIO AO LADO O TEMPO TODO???ERA FALAR E DEPOIS SER PUNIDA... VOCES DEPUTADOS TEM QUE VISITAR E NÃO AVISAR. PORQUE AI SIM, VOCES VÃO DESCOBRIR TANTA COISA PARA ESSA CPI, COISAS QUE VÃO CHOCAR..DENUNCIAS COM O CHEFE TE OLHANDO NÃO TEM COMO FAZE-LO. VOLTEM LÁ, MAS POR FAVOR NÃO AVISEM. O SECRETÁRIO LUIS SOARES NUNCA VAI LÁ. NO PSMC VOCES SOMENTE ENCONTRAM A EMFERMEIRA IRACEMA PAULINO, QUE LEVA PORRADA TODOS OS DIAS. ENTÃO....

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...