Últimas

Sexta-Feira, 21 de Agosto de 2009, 07h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INFRAESTRUTURA

Empreiteiros sob suspeita faturam governos e prefeituras

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Donos de construtoras e políticos Carlos Avalone, Jorge Pires e Anildo Lima Barros voltam à ativa após uma semana na cadeia e entram na briga por novas obras públicas, através das quais ficaram milionários

  Divergências partidárias e políticas parecem não abalar em nada a estreita ligação de políticos com empreiteiros, atividades que comumente se confundem. Donos de construtoras flagrados pela Polícia Federal em conversas comprometedoras, como o ex-deputado Carlos Avalone (PSDB), da Construtora Três Irmãos; a Concremax, de Jorge Pires de Miranda; e a Gemini, do ex-prefeito de Cuiabá Anildo Lima Barros, continuam disputando, com relativa assiduidade, os processos de licitação das obras do governo Blairo Maggi. Eles ficaram milionários tocando obras públicas.

   Em quase toda abertura de licitação, seja de prefeituras como as de Cuiabá e Várzea Grande, seja do governo do Estado, além de algumas da União, lá estão eles nas articulações. É o que aconteceu, por exemplo, na licitação na modalidade concorrência nº 008/2009 da secretaria estadual de Infraestrutura, comandada por Vilceu Marchetti. O certame visa escolher uma empresa de engenharia para obras de pavimentação na BR-242, no entroncamento com a MT-100, na divisa de Mato Grosso com Tocantins, até o entroncamento da BR-163, e ainda um subtrecho do entroncamento da BR-158 até o município de Querência.

   Dentre as 10 empresas habilitadas a participar da concorrência, nada menos que três são ligadas a empresários e, até mesmo, políticos presos na Operação Pacenas, da Polícia Federal, em 10 de agosto. Uma delas é a Três Irmãos, de propriedade dos irmãos Marcelo, Marcos e Carlos Avalone, ex-deputado estadual e ex-secretário de Comércio, Energia e Mineração no governo Dante de Oliveira (1995/2002). Marcelo e Carlos Avalone chegaram a ser presos sob acusação de envolvimento em fraudes nos processos de licitação das obras do PAC. Curiosamente, conseguiram ser liberados a partir da ação do irmão Marcelo, que é advogado e ingressou com recurso no TRF da 1ª Região. A Três Irmãos também venceu a licitação do Dnit, órgão comandado pelo republicano Luiz Antonio Pagot, para as obras na rodovia BR-070, no trecho de Cáceres até a fronteira com a Bolívia. São 84,2 km de extensão. Os empreiteiros ligados ao tucanato vão embolsar com a obra R$ 9,4 milhões.

   Outra construtora habilitada a participar do certame da Sinfra é a Geosolo, representada até há pouco tempo por Alexandre Schutze, ex- presidente do Sindicato das Empresas de Construção Pesada (Sincop), que também foi preso pela PF. Interceptações de conversas telefônicas entre Schutze e o ex-prefeito de Cuiabá, Anildo Lima Barros, dono da Gemini, apontam que as obras do lote 07 do PAC cuiabano seriam destinadas à empresa indicada pelo Sincop, no caso, o consórcio Geosolo/Lage/Lince, que tinha Schutze como representante da primeira firma.

    A Agrimat Engenharia, que tem como um dos quatro sócios Mário Cândia, ex-diretor do antigo Dermat (hoje Sinfra) no governo Júlio Campos, também está habilitada a disputar a licitação. Portanto, o seu vínculo com os Campos é antigo. A Agrimat doou, por exemplo, R$ 250 mil à campanha do democrata Júlio Campos à Prefeitura de Várzea Grande no ano passado. Também fatura com obras do governo Maggi a empreiteira Destesa Terra Construções Ltda, do pecuarista e ex-prefeito de Itiquira, Ondanir Bortolini (PR), o Nininho, pré-candidato a deputado estadual. Nininho também é dono da Tripolo Construção, que ganhou licitação para "abocanhar" nada menos que R$ 30 milhões na construção da rodovia estadual que liga Cuiabá a Nobres.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • roberto pereira phs (eu protesto) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aliba. não não mexe na elitação do estado, porque a coisa pode fede, e carniça desa poporção nieguen agrenta. mato grosso não esta preparaddo para obrigar tanto preso fidido a sim. (eu protesto) roberto pereira 92040133

  • Mario Cesar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com a palavra dr. juiz julier, nas obras do estado e federal esses nobres empresários foram investigados ????

    Muito estranho ........

    É prefeito wilson, vossa exelencia foi pego para Cristo.

  • Vadão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isto é apenas o começo. Quem viver, verá o que vem de escândalos de empreiteiras/DNIT. Com a palavra Dr. Pagot.

  • joão salermo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso não surpreende ninguém, na verdade demorou muito tempo para começar a aparecer essas falcatruas de licitações independente de modalidade. A coisa está tão escandalosa que a surpresa mesmo foi a demora da justiça e da policia federal para descobrir. Muito mais surpresa será se os fatos investigatórios se resumirem apenas as obras do PAC e esta meia duzia de empreiteiros. Basta observar quem são as empresas que mais pegam obras em determinados municipios. É bom observar também quem são os donos dos recursos, ou melhor, os autores das emendas ou os que se dizem interlocutores para liberação dos recusos. No dia em que as autoridades de nosso estado e a PF, MPF resolverem investigar isso, vamos ver que o caso dos sangue sugas é uma pequena gota diante do oceano de maracutaia que acontece nos processos licitatórios.

  • manoel da nobrega | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse pseudo deputado carlos avalone e um mala, imaginem o que ele fez qdo era secretario de dante , se fora da politica esta usando sua empresa para tirar dinheiro do pac, imaginem se ele assumir como deputado, vai ter imunidade e continuar com endo no pac (programa de aceleraçao a corrupçao), e ainda dizem que wilson santos e honesto, nao sabia de nada, seu procurador do municipio, homem de confiança, manipulava as licitaçoes, e o prefeito nao sabia de nada. eu acredito em saci perere, mula sem cabeça, minhocao do pari, papai noel e tbem em wilson santos. parabens ao rdnews e pf pela coragem. fui senao me deletam

  • José de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    será que essa empreiteira só tem irregularidade no Pac de Cuiabá, e as obras do Estado e muito estranho. Julier vamos investigar as obras do Estado e as doações para campanha.

  • Prof Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Primeiramente quero parabenizar a RDNEWS, por fazer jornalismo com transparencia.

    A princípio achei muito bom a ação da justiça federal por ter investigado a quadrilha do psdb na operação pacenas.

    Agora com essa matéria, a operação pacenas perdeu sua credibilidade.

    O Dr. Julier deve explicações a sociedade matogrossensse pelo fato dessa mesma quadrilha de empresários executarem obras do estado e da união e não são investigados.

    Eu quero acreditar que a opearação PACENAS não foi PERSEGUIÇÃO POLÍTICA.

    Parabéns Rdnews, pela matéria e pela imparcialidade.......

  • Zequinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso sim é ter a cara de pau e não respeitar o povo de MT. Tenho a certeza que vocês não conseguiram colocar suas empresas na obra do PAC. Vai trabalhar nos seus jardins Presão alta, dor de cabeça, começo de enfarte e remedio controlado, haaaaa, acabou ? ja não tem mais ? cuidado fique esperto com os PF....afinal suas capivaras estão estão crescendo.

  • cesar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    essa turma do nininho agora esta tudo em juscimeira chefe licitaçao contador financias etc etc ,fica de olho ministerio publico

  • Bernadete do | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo que estou vendo o trem da alegria vai continuar. Temos que cortar o mal pela raiz. Dr. Usiel presta atenção, o chefe da quadrilha saiu mas deixou ai dentro os seus olheiros. Renove sua equipe. mande embora esses amigos do Rosa que estão ocupando cargos comissionados. Eles estão ai ´so para levar e trazer ordens do ali baba. ABRA O OLHO, não se deixe enganar. eles são muito habilidosos com a palavras. O ex-procurador geral formou sua equipe quando foi para a prefeitura só com gente da sua confiança, que sabia dos seus rolos

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...