Últimas

Quarta-Feira, 11 de Fevereiro de 2009, 14h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA DE CUIABÁ

Empresa é acusada de dar calote em servidores


Documentos comprovam vínculos empregatícios das prestadoras de serviços Gildalice Azevedo e Rosineide Alves com a Uniserv, que tinha contrato com Câmara 

    Funcionários da União de Serviços e Comércio Ltda, a Uniserv, empresa supostamente "fantasma" que presta serviços tercerizados à Câmara de Cuiabá, alegam ser vítimas de "calote". Conforme as ex-funcionárias Gildalice Fátima Azevedo e Rosineide Alves de Souza, a empresa vem prestando serviços ao Legislativo desde a gestão Chica Nunes (PSDB), mas somente agora, após a posse de Deucimar Silva (PP), descobriram que trata-se de uma empresa fantasma.

   As funcionárias teriam procurado o Ministério do Trabalho para ter acesso aos benefícios, como Seguro-Desemprego e FGTS, entre outros. "O que eu faço com esses papéis que o contador da empresa me deu? Eles não têm validade. Não sei a quem recorrer para receber os 3 meses de salários atrasados e meus direitos", desabafa Rosineide.

   Ela conta que ao menos 12 pessoas continuam prestando serviços de limpeza à Câmara. A empresa supostamente "fantasma" está em nome de Leila Rondon Brito, mãe de Alexandre Rondon Brito, ex-assessor da deputada Chica Nunes. Brito trabalha hoje com o ex-vereador cuiabano Marcelo Ribeiro, prefeito de Barão de Melgaço e marido de Chica. "Não temos como provar, mas todos comentam que a empresa é de Chica Nunes", acusa Roseneide. Chica é acusada de envolvimento num esquema que desviou cerca de R$ 6 milhões do erário. Ela foi presidente da Câmara em 2005 e 2006.

   A Uniserv foi apontada pelo Tribunal de Contas em 2006 como empresa fantasma e voltou a ser destaque em 2008 quando apareceu nas contas do então presidente do Legislativo, vereador Lutero Ponce (PMDB). À época, as contas foram aprovadas mesmo tendo algumas irregularidades, entre as quais a existência de empresas fantasmas - saiba mais aqui.

   Na rua Oir Castilho, 728, no bairro Jardim Primavera, em Cuiabá, suposto endereço da empresa, não existe nada, reclamam Gildalice e Rosineide. "Fomos até lá e a Uniserv não fica lá. Tentamos entrar em contato com Alexandre, mas ele não nos atende mais. Até sumiu com a minha Carteira de Trabalho", denuncia.

  Segundo a funcionária, desde 2006, quando começou a trabalhar, vinha recebendo pouco mais que R$ 360 mensais. "Não tínhamos condições de trabalho e agora pelo visto vamos ficar sem nossos direitos". (Patrícia Sanches)

  • Clique aqui e leia o documento de dispensa das funcionárias assinado por Leila


Assinatura na Carteira de funcionária feita pela Uniserv

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Josiane Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Paulo Sérgio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É claro que essa empresa existe. Isso não deve ser discutido. O que é preciso perguntar é por que a empresa do assessor da deputada ganhou a licitação? O preço praticado é o preço do mercado? Com certeza foi super-faturado.O Ministério Público deve levantar essas informações.
    E mais, o nome do testa de ferro da deputada não é Alexandre e sim, Alessandro Brito.

  • D. Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Entre o caso de Ralf e essa rapinagem contra o erário, qual a diferença? A instituição está desmoralizada e fica ainda mais a cada maracutaia e a cada sujeira que aflora dos porões do poder. A questão é de Polícia, mesmo. E a Polícia Fazendária que não chega até esses meliantes oficializados. Os ocupantes de cargos eletivos deveraim dar satisfação ao Leão, com recadastramento a cada ano enquanto estiver no exercício do seu mandato. O contribuinte já não suporta mais esse esquema espúrio e ainda vem a desmoralização com as imoralidades fora da casa. Tá feia a coisa.

  • Natalia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSA DENUNCIAS SIM DEVEM SER APURADAS DE UMA FORMA BASTANTE RIGOROSA PELA CAMARA, EM VEZ DE FICAR PREOCUPADO COM VEREADOR QUE SAIU COM TRAVESTI, ENQUANTRO TRABALHADOR FICA SEM SALARIO 3 MESES. VAMOS LA TONINHO, DEUCIMAR VCS QUE GOSTAM DE ESTAR NA MIDIA A CUSTA DOS OUTROS AGORA EU QUERO VER INVESTIGAR ESSAS DENUNCIAS COLOCAR EM TODOS OS JORNAIS, PASSAR EM SEU PROGRAMA, INSTALAR CPI. CHEGA DE TENTAR DESVIAR A ATENÇÃO DA POPULAÇÃO PRO CASO RALF QUE NÃO ROBOU DINHEIRO PUBLICO E NEM TEVE A OPORTUNIDADE DE MOSTRAR SERVIÇO.

  • Rafaela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    RALF PEDE PARA OS VEREADORES APURAR ESSAS DENUNCIAS COM A MESMO VONTADE QUE ESTÃO APURANDO SE VC SAIU OU NÃO COM TRAVESTI. AI SIM A CAMARA VAI PRA FRENTE, ESSE TIPO DE DENUNCIA NÃO DA IBOPE PROS VEREADORES E MUITOS DEVEM TER O RABO SUJO POR ISSO DESVIAM A ATENÇÃO DA POPULAÇÃO PRA FOFOQUINHAS, PICUÍNHAS. QUEREM SABER SE O VEREADOR É GAY OU NÃO, GENTE O QUE ISSO VAI MUDAR NA VIDA DO CIDADÃO, TEM MÃE DE FAMILIA QUE FEZ FAXINA NA CAMARA E QUE ATÉ HOJE NÃO RECEBEU SEUS SALARIOS E OS VEREADORES PREOCUPADOS DE SABER SE RALF SAIU OU NÃI COM TRAVESTI, SE SAIU OU DEIXOU DE SAIR O PROBLEMA É DELE. DEIXA O HOMEN TRABALHAR.

  • Juan Daniel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso aí Natalia.. concordo em gênero, número e grau com a sua posição..

  • julio cesar santos de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • João Maia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Maria José | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Deucimar mais uma bomba!!!!! E o salário dos trabalhadores q trabalharam no mês de dezembro e não receberam....Quem será q tem culpa???? Prefeito Wilson Santos, Lutero Ponce ou Deucimar..... eu não quero saber quem tem Culpa, o q quero é receber..meu salário...Pois a camara muniipal tem compromissos e esses tem q ser assumidos ...os servidores não tem culpa do povo só eleger bandido....
    queremos receber!!!!!não roubamos , nem matamos.....

  • leandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Existem meios de procurar os direitos, como por exemplo pra quem não sabe o ministério do trabalho e justiça do trabalho, com certeza essas duas pessoas tem algum coisa presa com um dos vereadores que querem denigrir a imagem dessa legislatura... pra que impressa se há orgão que resguardam o direito do trabalhador, ELAS QUEREM MIDIA, so que teha cuidado quem ACUSA TEM QUE PROVAR...????

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.