Últimas

Quarta-Feira, 21 de Maio de 2008, 10h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CÁCERES

Empresário vê oposição unida e ataca os Henry


Francis Maris (PMDB) e Túlio Fontes (DEM) unem a oposição
Foto: Romilson Dourado

  O empresário Francis Maris Cruz (PMDB) disse que as oposições, inicialmente integradas por 14 partidos, vão se manter unidas na corrida à Prefeitura de Cáceres, apesar de algumas siglas do bloco já terem sido cooptadas pelo prefeito Ricardo Henry (PP), que está em pré-campanha à reeleição. Ele concedeu entrevista ao RDNews nesta terça à tarde, em Cuiabá, ao lado do concorrente Túlio Fontes (DEM), com quem passou a "afinar" o discurso.

   Francis "detonou" a gestão Henry, diz que sua pré-candidatura representa "o novo" e adianta que se não for escolhido pelo grupo dentro do critério da pesquisa sobre intenção de voto, pretende preparar terreno para disputar a deputado federal em 2010, já prevendo um confronto com o cacique Pedro Henry (PP), hoje único federal representante da Grande Cáceres.

   "A oposição está unida em Cáceres. Em junho do ano passado, fechamos um entendimento, segundo o qual o nome que melhor aparecer nas pesquisas será o candidato", diz Francis Maris, dono do Grupo Cometa, maior revendedor Honda do país. Em princípio, o blocão de opositores ao prefeito Ricardo se juntou em 14 partidos. Alguns, porém, já pularam fora, como o PPS. Entre os que se mantêm firmes estão o PMDB, DEM, PDT, PSDB, PSB, PRB, PT e PSL. "Acho que devemos ficar com 8 partidos", prevê Francis.

   O pré-candidato do PMDB destaca que o "importante é ter uma candidatura sólida e com respaldo da população". Francis admite que se a escolha fosse hoje, o ex-prefeito Túlio Fontes, derrotado à reeleição em 2004 pelo atual prefeito, seria escolhido como candidato, pois pontua melhor nas pesquisas de intenção de voto. Em seguida, observa que seu nome também começa a ganhar projeção e, sorrindo, emenda: "Hoje, o Túlio está melhor, mas nos próximos dias vou ultrapassar ele". Além de Francis e Fontes, está no páreo também o vereador de quinto mandato Wilson Kishi (PDT). Caso Francis venha a ser o candidato, Túlio ganha respaldo do grupo para concorrer a deputado estadual no próximo pleito. Nos bastidores, comenta-se hoje que o blocão tende a oficializar a candidatura de Túlio com Kishi de vice para "peitar" os Henry. Nesse caso, Francis concorreria a federal em 2010.

   Críticas

   Na avaliação do empresário e "prefeiturável" do PMDB, Cáceres vem perdendo força política e também no ranking da economia. Lembra que há 14 anos o município não elege um deputado estadual e lamenta também o fato de Cáceres, com 230 anos de fundação, ter deixado a condição de quarta economia, nos anos 80, para 18ª no ranking hoje.

  Francis culpa os Henry pelo que chama de caos administrativo e falta de reprensentatividade política da região. "Sem novas lideranças, nosso município vem perdendo muito, seja em novos investimentos privados, sejam em recursos públicos, em obras. O Pedro Henry não deixa surgir novas lideranças. Faz a política do quanto pior melhor. Isso é lamentável", ataca o empresário.

   Túlio Fontes reforça a tese de que a oposição está unida e também dispara sua metralhadora verbal contra os irmãos Henry. Disse que a atual gestão "é um desastre". "A cidade está abandonada e agora eles resolveram recuperar tudo, com pavimentação asfáltica casca de ovo, com perseguição e com o domínio da mídia local. Será que a cidade vai aceitar esse jogo!", diz, indignado, o pré-candidato do DEM, que foi eleito prefeito em 2000 como aliado dos Henry.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caceres, eta cidade enrrolada. Gente, a misegenação com os bolivianos deve ser a responsavel principal, na formação de uma sociedade tão dificel de ser compreendida.
    O prefeito atual é largamente ofendido por toda a sociedade cacerense, que o considera um elemento negativo.
    A oposição não se acerta, nem com a tradição: Tulio Fontes, nem com o progresso: Francis.
    Não estou vendo vontade em Tulio de largar nas mãos de Francis os destinos da urbe pantaneira, o que estou percebendo é que estão tentando enrrolar Francis, levando-o para uma composição que contará com seu apôio pessoal e economico mas sem sua presença fisica.
    Isto é próprio de Caceres, são mistificadores seus habitantes, por isso é que considero a melhor pessoa de Caceres, por sua independencia e coragem : Branca Garcia, esta sim, sempre mostrou como deveria ser os habitantes da cidade: claros em suas atitudes, falar alto e sem medo e não serem hipocritas.
    Meu conselho a Francis é que aborte sua candidatura, este povo continua à não te merecer.
    Enquanto tens um olhar de condor para o desenvolvimento e progresso desta currutela, eles só tem olham como o antigo habitante da região do cacho, ou seja pior que um Jaguapiru.
    Teu sempre amigo, Jacyara.

  • Flávio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enrolada deve ser esta jaciara.Esta pessoa se mostra extremamente preconceituosa e deixa claro que apóia estes políticos oportunistas.Jaciara faz o favor de pedir desculpas aos Bolivianos que não tem nada a ver com rolos destes politicos que vc apoia,Francamente.

  • WALTER DA SILVA PEDROSO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou de pleno acordo com as palavras de ambos os pre-candidatos, pois Cáceres precisa de gente com respaldo da população e Tulio fontes representa essa vontade.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhora Jacyara, não leve suas considerações políticas e pessoais para o lado homofóbico, pois isso, ao invés de contribuir para o debate culmina em causar paradoxos e atritos insensatos. Me diga aí: qual a culpa dos bolivianos no retrocesso em que se encontra a nossa querida Cáceres, retrógrada em seu desenvolvimento a partir do surgimento das inconfiáveis lideranças de Pedro e Ricardo Henry ? Qual a responsabilidade dos bolivianos nas lutas políticos-partidárias que se travam atualmente na cidade pantaneira? Quer dizer que,pelo fato de Cáceres possuir um vínculo social, econômico, político e laços de amizade com o povo boliviano, estes são culpados pelo seu retrocesso ou apatia desenvolvimentista ? Quer dizer que os bolivianos são uma sub-raça que, infiltrada nos genes cacerenses trouxeram o atraso para o município ? Pôxa vida, dona Jacyara, é uma pena que a senhora tenha se expressado dessa forma, e, como compensação vou lhe indicar uma fórmula utilizada pelos nossos políticos para se desdizerem daquilo que disseram anteriormente: diga que sua frase foi interpretada fora do contexto, não foi aquilo que a senhora quiz dizer, que a senhora nunca foi homofóbica e que, verdade, adota bolivianos.

  • Jusue | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o frances ja morô aqui em mirassol penso qui ele num sai candidato penso qui tem qui se diputado federal o prefeito henri num pode ganhar mas

  • helena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com muito entusiasmo, acompanho a reportagem em que apresentam a manutenção da aliança entre Túlio Fontes e Francis Cruz, pois entendo que essa decisão de sensatez e extrema expectativa pelos Cacerenses, fará com que em uma só cartada colocararemos um fim na carreira política de Ricardo Henry e Pedro Henry, duas figuras que fizeram do nosso município referência na mídia nacional como modelo de péssima administração sem planejamento e visão futurista e também nos diversos escandalos, como Sanguessuga, mensalão etc., quero aqui crer que a decisão de manter esta aliança fará surgir em nossa querida Cáceres um novo sentimento de auto-estima na população onde mostraremos o lado positivo desta terra seja na Educação com o fortalecimento da Unemat, na pecuária, no turismo organizado e uma saúde mais humana. Portanto, chegou a hora. Viva Cáceres!! é o fim da dinastia Henry.

  • Francisco Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço bem Cáceres, tenho um vinculo grande com essa acolhedora e simpatica cidade.
    Cáceres não merece passar por essa infeliz realidade. No cenário politico, têm-se a cancerigena liderança politica dos Henry. Pedro é um politico que está começando a sua decadencia. Nas eleiçoes de 2002 para 2006 teve a drástica diminuição de 50 mil votos. Não é mais hunanimidade politica na região oeste, existem vários prefeitos e lideranças municipais que repudiam as ações do dep. Pedro Henry. Envolvido em vários escandalos, quando tem um escandalo, pode-se apostar, Pedro tem grande chance de estar envolvido. Em Cáceres Ricardo Henry faz uma péssima administração, rodeados de incopetentes secretários e assessores da turma do holerite. Vai ter que suar muito pra reeleger. O que conta a favor da reeleição do prefeito Ricardo Henry, são os adversários.
    O ex-prefeito Tulio Fontes já teve sua chance, mostrou que é preguiçoso, e não tem vontade de trabalhar, tem seus problemas que sao prejudiciais e inconfessaveis.
    Quanto ao sr. Francis, creio que a candidatura dele é só balão de ensaio, pois na politica o passado conta muito. Mirassol DOeste que o diga.
    Finalizando, essa é o atual cenário politico de Cáceres. Sem opções. E Cáceres não merece isso.

  • Amanda Silva Amorim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A pricesinha do Paraguai tem que mudar de comando. Não podemos deixar que o continuismo deste metido em ser administrador dure por mais 4 anos. É só trampique. É duvidoso os atos de pessoas que o prefeito ricardo nomeou e dele próprio também. Ás vezes fico pensando comingo mesmo: porque a Justiça não investiga os atos suspeitos desse prefeito e alguns de seus secretariados? O MP de Cáceres tá quase parando. Melhor é fechar as portas até para justificar a inoperância do órgão.
    Comungo com a idéia de candidatura única da oposição.
    Resumo a situação assim:
    Túlio tem VOTO, tem CREDIBILIDADE e POUCO DINHEIRO.
    Francis tem DINHEIRO, tem CREDIBILIDADE e NÃO TEM VOTO.
    Kishi tem VOTO, tem CREDIBILIDADE e NÃO TEM DINHEIRO
    Ricardo tem muito DINHEIRO, tem IRMÃO DEPUTADO e NÃO TEM CREDIBILIDADE. TÁ GRANDE A SUA REJEIÇÃO.
    Numa análise fria, acho simpático uma chapa da oposição formada com Túlio Fontes para prefeito e o vereador Kishi como seu vice.
    Já numa análise calculista, a chapa fica sendo a mesma, pois Túlio teve quase 20 mil votos para deputado e wilson kishi teve quase 10 mil votos também para deputado, enquanto que o candidato apoiado pelo PH e o prefeito, que foi o duda barros, filho do ex-prefeito aloisio, nao conseguiu ter nem cinco mil votos em cáceres para o mesmo cargo dos dois.
    Para Francis da Cometa: é muito prematuro sua candidatura para enfrentar o poder econômico dos Henry, mesmo sendo o homem mais rico de cáceres. Penso com otimismo que Francis seria um excelênte deputado federal, estrutura própria para isso ele tem de sobra. Os dois candidatos, prefeito e viceprefeito tem que assumir compromisso com Francis em 2010.

  • Kennedy Duarte Monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, seu sitio na net é um ambiente que já virou rotina no dia-a-dia das pessoas ligadas à política. Parabens mesmo. Continue assim, sempre imparcial e democrático.
    Deixo uma idéia para contribuir com a causa política e Cáceres, tudo bem? Ao invés de vc colocar enquete perguntando quem deve ser o candidato da oposição em Cáceres?
    TALVEZ a enquete PODERIA SER ASSIM:
    Qual a melhor dobradinha (prefeito/vice) da oposição para enfrentar o atual prefeito?
    O Túlio/Kishi
    O Túlio/Francis
    O Francis/Túlio
    O Francis/Kishi
    O Kishi/Túlio
    O Kishi/Francis
    O Outro/Outro

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Respodendo à FLAVIO: Desculpe-me bolivianos.

    PAULO MATTOS: 01-Não adoto boliviano realmente.
    02- Não me referi a situação sexual de ninguem, e sim a formatação que resultou em um povo mais calmo, tranquilo, trabalhador.Concordas?

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.