Últimas

Terça-Feira, 13 de Maio de 2008, 15h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

LEGISLATIVO

Enelinda pede de novo afastamento de Lutero

Petista diz se sentir constrangida com escândalo, que acaba respingando em todos da Câmara; presidente vê "joguinho" político e eleitoreiro 

  A vereadora pela Capital Enelinda Scala (PT) apresentou nesta terça (13) um requerimento pedindo o afastamento do presidente da Câmara, Lutero Ponce (PMDB). Esta é a segunda vez neste ano que a petista tenta "derrubar" o presidente. Segundo ela, Lutero deve retornar ao cargo só depois que sua situação estiver regularizada perante à Justiça. "Peço o afastamento de Lutero para que ele tenha tempo para responder às acusações feitas à presidência", explica.

  Na avaliação de Enelinda, está mal resolvida a questão da auditoria feita por Lutero com vistas a averiguar supostas irregularidades no Legislativo sob a presidência da hoje deputada estadual Chica Nunes (PSDB). À época (2005-2006) Lutero era o primeiro-secretário da Mesa Diretora. "Até o próprio ex-conselheiro do TCE, Júlio Campos, que foi o relator das contas da Câmara, classificou de fajuta essa auditoria", lembra.

    Ela conta que o presidente já tentou justificar por várias vezes, porém, sempre com explicações infundadas. "Acho que chegamos no limite do constragimento desta Casa". A vereadora diz que se sente ofendida, pois a imprensa divulga acusações quanto ao mau uso do dinheiro público que atinge a todos os vereadores sem distinção.

  Ironia

   Em resposta às acusações de Enelinda, Lutero, que chegou atrasado à sessão desta terça e pegou pela metada o discurso da petista, disse, de forma irônica, que a vereadora está fazendo "joguinho" político e eleitoreiro. Ainda exigiu respeito da parlamentar. "Esse assunto já tem dois anos. Busca uma pauta nova para senhora (Enelinda) se destacar e parar com essa demagogia do seu partido", disse.

  O presidente enfatizou que, um ano e meio em que está à frente do Legislativo, vem sendo pautado pela transparência. "Posso dizer com toda a tranquilidade que tudo tem sido feito com transparência". (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lutéro mente quando afirma que sua gestão é transparente, ninguém conseguiu até hoje ter acesso as notas fiscais da gestão dele,uma vergonha para os vereadores. É bom lembrar que o TCE só reprovou as contas do exercício 2006 por pressão do MCCE e de parte da imprensa, no exercício de 2005 as irregularidades eram semelhantes as de 2006 e estranhamente o TCE aprovou, sendo que empresas são praticamente as mesmas que participram em 2006. Acreditamos que em breve a Delegacia Fazendária vai desvendar todas as maracutáias.

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...