Últimas

Domingo, 04 de Fevereiro de 2007, 06h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Enelinda volta a fazer barulho na Câmara

     A sanfoneira Enelinda Scala (PT), que foi uma pedra no sapato do ex-prefeito Roberto França, está de volta à vida pública, agora para fazer barulho na gestão do tucano Wilson Santos. Com a surpreendente vitória do então vereador Valtenir Pereira (PSB) a deputado federal, Enelinda reassume a cadeira na Câmara Municipal de Cuiabá. A petista tomou posse na quinta, junto com outros três (Deucimar Silva, Erlan Pereira e Edivá Alves), beneficiados com a eleição dos agora deputados estaduais Guilherme Maluf, Walter Rabello e Chica Nunes.

    O foco de Enelinda é a saúde. Durante a gestão França ela tentou, sem êxito, criar uma CPI para apurar supostas irregularidades na área. Foi uma das poucas vozes opositoras no legislativo cuiabano. Agora, dois anos depois, o seu retorno, após a decepcionante votação para deputada federal (2.239 votos) no ano passado, reforça o bloco de oposição. Enelinda se junta ao colega petista Lúdio Cabral, que vem 'batendo duro' na atual administração, e aos parlamentares Domingos Sávio e Mário Lúcio (ambos PMDB) e Luiz Poção (sem partido). Devido às articulações políticas para o próximo ano, os três começam a se distanciar do prefeito.

     Mesmo com a dança das cadeiras, Santos mantém apoio da maioria na Câmara. Dos 19 parlamentares,  11 são tidos como governistas. Além da petista Enelinda, retornaram à Câmara como titulares e, de imediato, voltaram a ocupar o primeiro escalão do prefeito os vereadores Levi de Andrade (PSDB) e Júlio Pinheiro (PDT), respectivamente, secretários do Meio Ambiente e Habitação. Levi assumiu a cadeira de Rabello, mas quem está no cargo hoje é o pastor Erlan Pereira da Silva (PMDB). Júlio também ganhou condição de titular da vaga, mas, como está no Executivo, o espaço é ocupado por Eronides Dias da Luz, o Nona (PDT). Deucimar Silva (PFL) volta a legislar no lugar de Maluf, assim como Edivá Alves (PSDB), na cadeira de Chica.

   Com essas mudanças, a composição das bancadas na Câmara de Cuiabá ficou a seguinte: PPS, PMDB e PFL (3 vereadores cada), e PSDB e PT (2). Quatro legendas detêm uma vaga: PP, PSB, PDT e PTB. Dois parlamentares estão sem partido: Poção (ex-PMN e ex-PSDB) e Lutero Ponce (ex-PP).

Quem são os 19 vereadores cuiabanos:

Lutero Ponce (sem partido) – presidente

Luiz Poção (sem partido)

Lueci Ramos (PFL)

Luiz Marinho (PFL)

Deucimar Silva (PFL)

Edivá Alves (PSDB)

Permínio Pinto (PSDB)

Mário Lúcio (PMDB)

Domingos Sávio (PMDB)

Erlan Pereira (PMDB)

Lúdio Cabral (PT)

Enelinda Scala (PT)

Ivan Evangelista (PPS)

Francisco Vuolo (PPS)

Chico 2000 (PPS)

Eronides da Luz, o Nona (PDT)

Éden Capistrano (PSB)

Clovito Hugueney (PTB)

Marcus Fabrício (PP)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.