Últimas

Terça-Feira, 27 de Novembro de 2007, 02h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INVESTIGAÇÃO

Entidade denuncia governador e 2 secretários

Moral pede que MP propõe ação civil pública contra Maggi, Terezinha e José Carlos Dias por propaganda com nítido caráter de promoção pessoal

   O diretor-administrativo do Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (Moral), Ademar Adams, denunciou no último dia 22 junto ao Ministério Público o governador Blairo Maggi e os secretários Terezinha Maggi (Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social) e José Carlos Dias (Comunicação). Acusa "o governo do Estado de promover campanhas publicitárias dos seus atos, usando imagens (fotos) e o nome de Maggi com nítido caráter de promoção pessoal".

    Na representação, a entidade observa que em 3 de maio deste ano, o governo pagou uma página inteira em todos os jornais da Capital para divulgar uma campanha denominada "Mato Grosso em Ação" com fotos do governador com figurões e no texto festejava sua viagem aos Estados Unidos. No texto estava bem ressaltado o nome de Blairo Maggi.

     "O assunto tratado era meio ambiente. Ora, é sabido e ressabido que o senhor Blairo Maggi com suas extensas lavouras de soja é um notório destruidor do meio ambiente. Mas, certamente procura com tais propagandas vincular seu nome como paladino da defesa do meio ambiente", acusa o Moral.

   Destaca ainda que em 7 de maio, repetiu-se a mesma página de publicidade em todos os jornais. "Desde então, todas as publicidades pagas pelo governo passaram a ressaltar o nome pessoal do governador." 

  O Moral pede que o MP venha a propor uma ação civil pública, com pedido de liminar para suspender toda e qualquer publicidade que tenha imagens, símbolos ou o nome do governador, sua esposa e de qualquer outro agente público. Ele incluiu na denúncia o nome do secretário José Carlos por este conduzir a pasta da Comunicação do Estado. Observa que a forma como o informe está sendo veiculado caracteriza promoção vedada pela Constituição, tanto nos jornais impressos quanto nas emissoras de rádio e de televisão.

   Quer saber também quais os contratos de publicidade e os empenhos do pagamento das "publicidades ilegais", para quantificar os gastos realizados pelo governo do Estado, com vistas à ação civil pública.

    Clique aqui e veja a íntegra da representação.             

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente não vai dar em nada senhor Ademar pois,no caso mais grave dos secretários que além do salário pago pelo povo ainda recebem das empresas AMAGGI,onde o governador Blairo Maggi veio a público,dizer que não via mal algum e que se fosse num país sério teria o seu mandato cassado por colocar a sua adminisração no mínimo sob suspeição os ilustres membros do MP nunca se manifestaram,não vai ser no seu justo pleito que os paladinos defensores da sociedade agora farão.

  • maria Edite | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Porque o Sr. Ademar Adans não denuncia também o nepotismo no TRT e também a promoção pessoal, que segunrdo dizem é enorme.
    Não cuida da própria casa ...

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de dizer à senhora Maria Edite que se ela souber de algum caso de nepotismo no TRT, ele deve me dizer o nome de quem são os beneficiários.
    Também pode denunciar na Ouvidoria do Tribunal, através do site www.trt23.gov.br.
    Pode ainda denunciar ao sindicato www.sindijufe.com.br.
    Se que me informar reservadamente, meu telefone é 8404-3180 e meu em-mail é www.ademar.adams@uol.com .br
    Adams com "m" de "Maria" .
    Agradeço a participação

  • O Vigilante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao Ademar Adams.
    Até que enfim a sociedade organizada começa a reagir contra os desmandos praticados por essa "turma da botina".
    Acorda, Mato Grosso!

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.