Últimas

Quarta-Feira, 08 de Abril de 2009, 09h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

SOLENIDADE

Entidades lembram ex-secretário; Pitaluga fica na bronca




Catorze anos após enchente destruir a ponte histórica, o governo inaugura nova obra, lançada na gestão João Carlos e agora sob Pitaluga, que observa o vice-governador Silval descerrar a placa, nesta 3ª
Fotos: Ednilson Aguiar

  O secretário de Estado de Cultura, Paulo Pitaluga, se viu numa saia-justa nesta terça (7), durante o ato de inauguração da ponte de ferro no distrito do Coxipó, com presença de dezenas de estudantes, de moradores da região e de autoridades, como do vice-governador Silval Barbosa, do secretário estadual de Infraestrutura Vilceu Marchetti e de vereadores. Enquanto Pitaluga cooptava para si o bônus da obra que restaurou a estrutura com arquitetura europeia construída ainda no século 19, representantes de entidades distribuíam aos presentes um panfleto escrito "Obrigado, João!".

   Foi uma homenagem de 12 entidades e instituições ao antecessor de Pitaluga, o escritor João Carlos Vicente Ferreira, que, assim que assumiu a pasta da Cultura, passou a se empenhar pela construção da ponte de ferro. Pitaluga não gostou da manifestação pró-João. Ambos enfrentam divergências. De velhos aliados, viram adversários. Em seu discurso, ele não mencionou o nome do ex-secretário e, de quebra, ainda mandou recado: "(...) tem gente gerando polêmica e que não tem nada a ver". Já o vice-governador destacou que João Carlos teve papel importante para a concretização da obra. O ex-deputado e ex-secretário-chefe da Casa Civil e de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, também destacou que João foi o idealizador da proposta. Foram distribuídos cerca de 300 panfletos. "É uma homenagem justa ao João Carlos pelo empenho ao projeto, assim como o governo Blairo Maggi de um modo geral", diz Márcio Costa, que já liderou gincanas alternativas em reivindicação à recuperação da ponte histórica.

  A construção, paralela à principal ponte sobre o rio Coxipó na Fernando Correa da Costa, teve início em março de 1896. Sua inauguração se deu um ano depois. Projetada pelo engenheiro Jacques Marckwalder, em estilo Eiffel, com 27 metros de comprimento e 3 metros de largura e de um só vão, a ponte constitui um elo entre o Norte do Estado e o resto do país para acesso de veículos em Cuiabá e na Amazônia. Foi tombada em 1984. Já em 1995 (11 anos depois), foi levada por uma enchente. O então secretário João Carlos, com aval do governador Blairo Maggi, lançou a obra de reconstrução da ponte.

   Mensagem

    O panfleto assinado por entidades, entre elas União Coxipoense de Associações (Ucam), Federação Mato-Grossense de Cururu e Siriri, Associação de Defesa da Bacia do Rio Coxipó (Aderco) e Associação Plantevida, diz reconhecer  "a importância da recuperação da ponte histórica do Coxipó, símbolo da comunidade coxipoense e do Patrimônio Histórico e Cultural de Mato Grosso". Em seguida, faz agradecimentos ao ex-secretário, inclusive com direito a uma fotografia. Destaca que "João Carlos foi o idealizador da restauração desta histórica ponte" - confira aqui a reprodução do documento. Além disso, as entidades programam para a próxima quarta (15), às 17h, um ato na mesma ponte em homenagem a João Carlos, desta vez com a presença do ex-secretário e apresentação de grupos de siriri, bandas de rasqueado e de outros cantores.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Selma Torquato Sant´ana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Claro que os artista vao homenagear o João Carlos. O Pitaluga diz para quem quizer ouvir que odeio Cururu, Siririr e preto. Tão com saudade do tratamento do outro. Se bem conheço o cumpridão, deve ter ficado tiririca. kkkkkkkkkk

  • Fatima Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Selma ,o pitaluga nao ficou só tiririca como ficou espumando de raiva e sengraceira, vc estava na inauguração?Se estava viu a cara dele, q saia justa hem? bem merecido.João Carlos tratava os artistas com requinte de valorização e adora a cultura cuiabana.Hum Hum

  • Guto Lourenço | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Impressionante como a indignação dos artistas ,dos funcionarios e do povo cuiabano em geral se aflora contra esse secretario de cultura o Pitaluga.Notaram que basta uma palavra referente a cultura que todos manifestam sua insatisfação contra esse senhor? Blairo teima em deixa-lo nessa secretaria fazendo besteiras.pior para blairo que perde muito prestigio e vota com isso . Todos ja sabem que esse secretario so é aceito pelas pessoas que vieram com ele e que ocupam cargo na sala dele.Pitaluga ,alguem da sua equipe l comentou certa vez que você renunciaria o cargo , esqueceu? nao o fez por quê? Ainda é tempo para aliviar os eleitores do Blairo.

  • Ribeiro da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou Artista e aproveito a oportunidade p/dizer a todos minha indignação com esse secretário...andou arrotando q ele foi pra Cultura p/moralizar..tudo mentira..continua sendo pior que o João Carlos..pelo menos o putro gostava e participava da cultura cuiabana..agora esse tal ai..Dâ me licença..pergunte quem recebeu apoio da cultura..somente os deles..poconé tem conselheiro na cultura..vejam qtos projetos são aprovados de lá..é nojento tudo isso... Fora Pitaluga...se vc continuar vai extragar a campanha do governador p/senador..eu não voto no Blairo nunca mais...este é meu protesto..

  • SERGIO ALCÂNTARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEVO ADMITIR QUE EM 2008 E 2009 O GOVERNADOR ESTÁ FAZENDO MAIS POR CUIABÁ QUE O WILSON SANTOS...

    INFELIZMENTE A PREFEITURA DE CUIABÁ AINDA NÃO COMEÇOU A TRABALHAR EM 2009, PARECE QUE O DINHEIRO DO CAIXA DA PMC SUMIU...SERÁ QUE O ANTÔNIO ROSA E O PREFEITO SABE ONDE FOI PARAR?

    HOJE, ANIVERSÁRIO DE UMA CIDADE ESBURACADA, TOMADA POR MATO, BAIRROS ABANDONADOS E OBRAS EMPACADAS...

    DESTE JEITO FICA DIFÍCIL PEDIR VOTO PARA O PREFEITO!!

    CADÊ A ETA TIJUCAL? DUPLICAÇÃO DA AV. DAS TORRES? RODOANEL?

  • Maria Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns João Carlos.
    Que saudaaaaaaaade.
    Eramos felizes e nao sabiamos.

  • Marcos Artista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os artistas cuiabanos ainda fizeram pouco.
    Salve Salve João Carlos.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A onde de realizações propiciada pela Governadoria, com o intuito de ofuscar as festividade do aniversário de Cuiabá, pela prefeitura municipal, é uma afronta aos principios simples da convivencia pacifica entre os poderes.
    Observo com preocupação a prepotencia da governadoria que incita fracos secretários, a tomarem atitudes belicosas contra a municipalidade.
    Em tese, foi assinado uma trégua entre os poderes, mas o que se vê e o desperdicio do dinheiro publico estadual, que alega inclusive, que não possui verbas para serviços de necessidade, mas para fazer a festa da promoções tipo: Pão e Vinho para os mais humildes, pode.
    Os envolvidos com o caso eleitoral de Rondonopolis, devem ficar atentos que muita sêde, ás vezes proporciona caos total.
    Este secretário que usa a frase: não é nada pessoal, eu gosto de você está cometendo um erro estratégico e irá tornar Wilson Santos em VITIMA e vitimizar o Prefeito é muita incompetencia.
    Fica aqui o meu protesto.

  • Nadia Alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PANFLETO tem um requinte de sabedoria e elegancia digno do João Carlos .Muito bem bolado e de tamanho merecimento.
    Obrigado Joao Carlos.

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho o gasto na feitura da ponte esperdiçado, pois o coxipo ainda precisa de muito mais coisa, do que uma ponte que na realidade é uma ponte nova que tentaram dar cara de velha: ora se tivessem preservado a antiga com os devidos cuidados sim seria uma reliquia. Agora o que fizeram foi uma armadilha para o povo que tentar passar á noite ser assaltado, vai ser o segundo morro da luz, ainda mais que vai servir de desvio para motoqueiros e ciclistas irresponsaveis, o que só vai gerar outros problemas insoluveis.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...