Últimas

Quinta-Feira, 09 de Abril de 2009, 16h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

INFRAESTRUTURA

Equipe de limpeza de córregos trabalha sem proteção

Josué de Souza, secretário municipal de Infraestrutura Servidores da secretaria de Infraestrutura da Capital escalados para trabalhar na limpeza de córregos, vias públicas e praças não dispõem sequer de equipamentos de proteção para evitar problemas de saúde e acidentes. Nesta quinta (9), por exemplo, quatro funcionários, trajando uniforme da prefeitura, estavam dentro do córrego da Prainha, no bairro Araés. Eles usavam apenas botas de borracha para o serviço de limpeza num local contendo cacos de vidro, ferros e outros objetos cortantes. A cena chamou atenção dos moradores da região, que temiam pelo risco à saúde desses funcionários. Segundo as normas de segurança, os itens necessários para este tipo de serviço não são apenas botas de borracha, mas também luvas, máscara e bonés. Essa "desproteção" aos homens que cuidam da limpeza em geral vem de muito tempo. O secretário de Infraestrutura, Josué de Souza, admite o risco que seus servidores estão correndo. Confessa também que o quadro de pessoal é insuficiente para atender a demanda. Hoje são 180.

  Questionado sobre quais providências pretende tomar para evitar que a equipe de limpeza fique tão exposta ao risco, Josué afirmou que vai contratar até o próximo mês 120 pessoas para reforçar as limpezas de córregos, praças e vias públicas. O salário é de R$ 465. O intrigante é que a Infraestrutura não demonstra preocupação com aquisição de equipamentos de proteção a esses funcionários. Como os funcionários não estavam usando todo os itens de proteção, conclui-se que a prefeitura não os cedeu.

   Josué afirma que a cena constatada nesta quinta no Araés não é a primeira que chega a seu conhecimento. "Vou averiguar o caso", limitou-se a dizer o secretário da gestão Wilson Santos. Segundo ele, os itens de segurança são cedidos pela prefeitura. Nesse caso, falta, então, uma fiscalização sobre o seu uso adequado. "O material é disponibilizado para cada funcionário e trocado quando necessário", diz. A carga horária de cada servidor é de oito horas. (Lisânia Ghisi)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Marcos Proença | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que incoerencia desses moradores, se estão preocupados mesmo c/ a seguranças desses trabalhadores, porque os mesmo jogam essas TRANQUEIRADAS nos corregos, TOMEM VERGONHA......

  • julio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Todas as matérias com esse secretário, sempre diz que vai averiguar, não acompanha nada, que que isso, vai pro campo. Não deve ser do PDT.

  • SERGIO ALCÂNTARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HÁ UM ANO VENHO ELOGIANDO O PREFEITO, PRINCIPALMENTE DURANTE AS ÚLTIMAS ELEIÇÕES, PORÉM FICA DIFÍCIL JUSTIFICAR A COLOCAÇÃO DE VÁRIOS SECRETÁRIOS INCOMPETENTES EM SECRETARIAS ESTRATÉGICAS, SÓ PARA CUMPRIR ACORDOS POLÍTICOS...TAL COMO ESTE QUE APARECE NA FOTO...TEM QUE SER ENGENHEIRO NA SEMINFE!!

    É TRISTE VER IDOSOS SENDO TRANSPORTADOS EM CAMINHÕES BASCULANTES VELHOS, COMO SE FOSSEM BICHOS...PROVAVELMENTE O CAMINHÃO PERTENCE A GENTE DA SEMINFE...

    FAZ TEMPO QUE NÃO VEJO CUIABÁ TÃO ABANDONADA...

    OS DAS´s DA PREFEITURA ESTÃO AGUARDANDO A PROMESSA DE AUMENTO DÍGNO, SERÁ QUE É VERDADE QUE O WS É PINÓQUIO?

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...