Últimas

Sábado, 02 de Maio de 2009, 10h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

LIGAÇÕES

Erros se repetem e comprometem 2º mandato de Murilo

   O prefeito Murilo Domingos (PR), que conseguiu uma espécie de milagre ao conquistar a reeleição no pleito do ano passado, continua "batendo cabeça". Erros antigos se repetem. Persistem, por exemplo, as denúncias de improbidade administrativa, além de escândalos envolvendo figuras políticas que sequer ocupam cargo na administração municipal, como o irmão do prefeito e ex-secretário de Finanças no primeiro mandato, Toninho Domingos. Também não foram extirpadas certas "ligações perigosas", como a da Casa Domingos, de propriedade dos irmãos Domingos, e a prefeitura. Denúncias de empresas fantasmas com participação em certames licitatórios do Paço Magalhães continuam rendendo dor de cabeça ao prefeitura republicano.

   Em 8 de abril, o Ministério Público Estadual (MPE) denunciou mais cinco pessoas no Tribunal de Justiça (TJ) por suposto envolvimento em transações irregulares envolvendo a prefeitura e a empresa João Só, Comercial e Distribuidora Ltda, apontada como "fantasma" e que teria sido criada para acobertar a transação entre a prefeitura e a Casa Domingos. Murilo e o irmão Toninho já haviam sido denunciados, mas o prefeito só passou a figurar como réu no processo judicial após o TJ negar, em março deste ano, recurso do republicano que, por sua vez, alegou falta de provas nas acusações e, com base nisso, solicitou que seu nome fosse excluído da ação civil pública - saiba mais aqui. Contudo, o relator do recurso, desembargador Márcio Vidal, apontou um relatório emitido por uma fiscal de tributos do Estado, referente ao período de janeiro de 1999 e julho de 2003, que demonstra a ausência de estoque na João Só, Comercial e Distribuidora Ltda, o que, segundo Vidal, comprova a tese de que a empresa só foi criada para acobertar transações entre o município e a Casa Domingos. 

   As denúncias foram feitas em julho de 2005, com base em investigações da Delegacia Fazendária, e apontaram a participação de Murilo, Toninho e mais quatro pessoas em fraude na licitação que supostamente beneficiou a empresa fantasma João Só. Pelo crime, os irmão Domingos podem ser condenados a mais de 16 anos de reclusão. Conforme o MPE, os denunciados se apropriaram de R$ 72,1 mil dos cofres públicos mediante simulação de transação comercial com a João Só, quando na realidade, segundo a procuradoria, os produtos foram vendidos à prefeitura pela Casa Domingos.

  As cinco pessoas denunciadas no início de abril são: Sirlene Alício Prates Filho, contadora que figura como sócia-proprietária da empresa João Só; Clarice Aparecida Santos, funcionária da Casa Domingos e Luciano Raci de Lima, primeiro dos irmãos Domingos e chefe do Serviço de Contas do Almoxarifado Central de Várzea Grande. Eles deverão responder por crimes previstos na Lei 8.666/93, que estabelece pena de dois a quatro anos por fraude em licitação mediante combinação, e ao artigo1º, inciso I, do decreto lei 201/67, que prevê pena de dois a 12 anos para gestores que se apropriam de bens ou rendas públicas em proveito próprio ou alheio. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Bruno Carbonato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A única finalidade do segundo mandato, para qualquer cargo político especialmente prefeito, é para que ocorra as improbidades, todo tipo de falcatruas.
    No caso específico de Várzea Grande existe uma explicação plausível: Murilo era e foi a melhor opção. E se fosse eleito o Júlio Campos? Hoje, a cidade sequer existiria.

  • Ramiro Dantas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou triste de ver tanta corrupcao em nossa V.Grande e nhenhuma providencia legal ocorrer por parte das autoridades competentes,como Ministério Publico,Juiz Criminal,Tribunal de Contas e Camara Municipal.Blairo Magg,mediante tudo isso,pe;o ao senhor governador que decrete Intervencao Estadual no municipio de V.Grande,para nos tirar deste caos e inferno que a adminsitracao Murilo Domingos.

  • RC | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    estranho seria se algo mudasse...

  • José Delgado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável saber que empresários que se envolvem na Administração Pública, tenham em sua maioria, seus nomes envolvidos em atos de desvios de conduta. Era de se esperar que os irmãos Domingos, juntos, não idealizariam boas ações para o Município. Parabéns ao M. P. E.
    E como comentei, esta semana, este orgão fiscalizador e o T. C. E, devem dar especial atenção às Licitação realizadas, principalmente, as relativas a Obras Públicas, preços, prazos e os vencedores dos Certames, certamente haverá questionamento em vários quesitos.
    Ainda há tempo.

  • Arnaldo de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nao tem jeito esta doenca ja foi deixada pelos Campos e se enrraizol pelos gestores que entra na adm da VG,igualzinho cancer maliguino,este Murilo e mesmo um gestor manipulado e centralizador achando que todo mundo e igual a ele,isso demonstra que sempre faz as coisas nas escuras,mesma coisa e jogador de cartas nao confia em ninguem ate seu parceiro e faso ok,ex temos de sobra,as ruas esta tomadas iluminacao nem se fala que Deus nos livre desse safra de politicos ruim e profissionais.

  • João Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Reamente existe coisas nessa prefeitura que precisamete ser esclarecidas.
    A secretaria de administração que tem como secretario um determinado senhor que atende pelo nome de Dr. Faustino é na realidade o senhor todo poderoso da prefeitura e testa de ferro dos senhores Antonio Domingos e do Dr. Pedro Elias.
    O Sr. Faustino licita, compra, paga quem ele quer, determina como vai ser os Editais de licitações, controla a folha de pagamento, paga adicionais e tira vantagens de servidores da forma que lhe convem, trata a administração pública como se fosse sua empresa, alias acho que a Câmara Municipal deveria auditar a folha de pagamento, principalmente os valores transferidos para o Banco Real
    Vou fazer uma perguntinha basica, porque até a presente data não foi encaminhado o Aplic, eu queria tanto poder entrar no portal do cidadão e ver quem recebe ali.
    Faustino, desculpe D. Faustino me fala onde anda os servidores João Francisco de Campos, Ivete Sguarezzi, Joaldo, Juarez Toledo Pizza, Luiz Celso, Marcia Campos, Dr. Arilson, Solange, Dr. Douglas Arruda, será que esse pessoal ta na folha, cade o Senador Jayme que tanto criticou e agora a sua familia é um bando de fantasma nessa prefeitura.
    E gemini empresa do Anildo Lima Barros, que por sinal extremamente ligada a Jayme Campos quanto serã que ela recebe no contrato que tem lá para locação de carros.
    Ia me esquecendo quanto recebe a Maria Lúcia de Barros, e casa da farmacia popular do centro acho que é tb do tio do faustino, quem será que vende carne para a merenda se não me engano é o irmão e pai do faustino.
    É realmente é uma vergonha senhor Dr. Faustino.
    Na proxima matéria vou contar um poquinho mais, e viva o MP e o Dr. Carlos Eduardo Silva

  • Luiz Canastro Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo amor de Deus tem um tal de Dito Loro que se acha o todo poderoso la na prefeitura mas nao se esqueca que seu dias estao contado vc nao se elege nem pra chefe de quarteirao,qundo vereador era uma otima pessoa agora esta tomado com poder podre que logo se acaba.dito volte as origens e se espelhe e ve que vc nao e estas pessoas que se mostra ser ok abraco.

  • morador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    aproveito a ocasião e cobrar do prefeito murilo domingos, o asfaltamento da rua joaquim martins pereira, bairro construmat uma das unica do bairro que não tem asfalto, depois vem o iptu e nada para os moradores.

  • João Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E por falar em IPTU ojá decediu que vai deixar Tião ainda não lançou pq sabe o presente de grego que vai ser dado para a população de Várzea Grande, ele já decidiu que deixará para o Murilo assinar.
    O IPTU terá nada mais que em alguns casos 500% de aumento.

    E Várzea Grande, Toninho Domingos, Pedro Elias e 0 todo podereso Dr. Faustno (El Grande).

    Juizo ....

  • moacir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e o tribunal do faz decontas pra que serve? e jucemat pra que serve? cabide de emprego? pq os orgão competentes sem ligação e com independencia de fiscalizar as empresas que prestam serviço a prefeituras não fiscalizam?
    dinheiro nosso, impostos,

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...