Últimas

Domingo, 31 de Maio de 2009, 09h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RUMO À COPA DO MUNDO

Escolha de Cuiabá é especulação, reage prefeito Trad

  Inconformado com as informações de bastidores de que Cuiabá teria sido escolhida como uma das 12 subsedes da Copa do Mundo de 2014 em detrimento de Campo Grande, o prefeito da capital sul-mato-grossense Nelson Trad Filho (PMDB) encaminhou um e-mail para a secretária do Comitê Organizador do Mundial, Joana Havelange, filha de Ricardo Teixeira e neta do ex-presidente da Fifa, João Havelange. Ele a questionou sobre a divulgação antecipada da lista das cidades que serão anunciadas neste domingo, às 14h30, pela Fifa. Em resposta, segundo garante o prefeito de Campo Grande, Joana afirmou que "tudo não passa de especulação".

  Nelson Trad disse ainda que não recebeu telefonema do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que estaria ligando para os prefeitos das cidades candidatas para agradecer a mobilização. “Estou com o celular na mão”, avisa o prefeito peemedebista. Apesar de enfatizar que tem esperança de que Campo Grande será escolhida para sediar a Copa, Nelsinho não se mostra mais tão empolgado como antes.

   Ele não "desmobilizou" os campo-grandenses. Vai aguardar o resultado oficial nos Altos da Afonso Pena, no centro de Campo Grande, onde é esperada uma grande torcida pela Copa na capital de MS. O prefeito disse que “a conversa de bastidor” é de que Campo Grande apresentou o melhor projeto de todas as candidatas, mas ponderou que não recebeu nenhuma informação da Fifa ou da CBF de quais foram as cidades escolhidas. Observou que a disputa não é com Cuiabá. “A Fifa disse que não tem nenhum critério de regionalização, nem mesmo Pantanal e Amazônia.

   “Eu não estou dentro da disputa para eliminar Cuiabá, mas para ter o melhor projeto”, disse Nelsinho, já mudando o foco do discurso. O prefeito e o governador André Puccinelli, que também é do PMDB, foram protagonistas de uma campanha dura, marcada por ataques, agressões e menosprezo contra a escolha de Cuiabá para sediar a Copa de 2014. Enfatizaram, em várias entrevistas, que a capital mato-grossense é uma das mais violentas do país e que é carente de infraestrutura e que, nesse caso, a favorita seria Campo Grande.

(Às 15h25) -  Quero saber onde errei, lamenta a derrota o prefeito de Campo Grande

  O prefeito campo-grandense Nelson Trad chorou com a notícia da exclusão de sua capital da lista das 12 que sediarão a Copa de 2014. A vaga ficou com Campo Grande. Ele lamentou a derrota. Em lágrimas, fez agradecimento à população, que foi à avenida Afonso Pena acompanhar, através de um telão, a divulgação das cidades-sedes. "Quero saber onde eu errei porque acredito que minha cidade é superior. Campo Grande deveria estar entre as escolhidas. Em todos os critérios apresentados Campo Grande era superior”, disse o prefeito.

   Nelsinho declarou ainda que está tomado por “um sentimento de vazio, de tristeza”. As capitais escolhidas foram Cuiabá, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Donizete Sena Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tchau tchau , campo grande a sede e de cuiaba. ha ha ha ha ha

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    JA RODOU! QUEM SABE DAQUI A UNS 50 ANOS. TENTE NOVAMENTE FILHO! NÃO TEM, É CUIABÁ, É MATO GROSSO!

  • Mariney Neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom... O choro é livre.

    Parabéns Cuiabá. Parabéns Mato Grosso!
    Vencemos pela nossa alegria, calor humano e pela competência de nossos governantes.

  • Alvaro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    -Caro prefeito, você errou com sua arrogância, denegrindo Mato Grosso e Cuiabá, isso já faz parte da história de vocês.
    Parabéns Mato Grosso, parabéns Cuiabá, parabéns Blairo Maggi.

  • Alexandre do Espírito Santo Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os nossos vizinhos são trabalhadores,honestos e competentes,agora só falta ter um pouco mais de humildade....

  • Maria Helena Luft | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    .....Errou e muitos com o xingamento e provocaçoes, nariz empinado e menosprezando nós cuiabanos de tchape e cruz, e agora não adianta chorar o leite derramado......chupa esta manga que de bourbon....e toma suco de caju ...

  • Adilson Pereira Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • José Eduardo Pessoa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Basta andar de Cuiabá 27 quilometros por rodovia asfaltada que está na porta do Pantanal, nossa querida Leverger, com suas praias , embelesando os Rio Cuiabá e sua pesca para dstrair seus visitantes. Temos nossas tradições de séculos. A copa é em junho de 2014. JUnho é o mes de Santo Antonio. Que venham os turistas prá cá comer o sarapatel, a Maria Izabel e a farofa de banana. Isso aqui tem de sobra. E Campo Grande ?? tem o quê? Eles queriam a divisão e tiveram. Graças À Deus Eles não fazem parte da Historia de Mato Grosso. Já eram. Que fiquem por lá comendo sardinha e arrotando caviar.

  • jose antonio dos santos medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nelsinho só cometeu um erro, confiou no André Puccineli.
    Pensou que o André como governador ia se empenhar no projeto.
    entretanto o André só fez bravatas, e de ultima hora contratou um marketeiro.
    Já o Wilson que era acusado de ser contra o governador, se não pode gastar com o projeto, contribuiu jogando de parceiro, esta de parabens, entao esta provado que nem sempre a unamidade traz um bom resultado.
    André e Trad foram derrotados, pelo trabalho e pela competencia, parabens Wilson, parabens Blairo e viva Cuiabá e viva Rondonópolis que agora lutara pra ser uma das sub sedes.

  • Pedro Getúlio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MS tem o povo mais frio e estranho que já conheci em toda minha vida!

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS